Propriedades ópticas e colorimetria de fibras obtidas por electrospinning descritas pelo sistema Ciel-a*b* / Optical properties and colorimetry of electrospinning fibers described by the Ciel-a*b* system

Luana Góes Soares da Silva, Annelise Kopp Alves

Abstract


Para que as impressões visuais sejam percebidas pelos nossos olhos, várias informações são recebidas e emitidas ao cérebro. As células oculares responsáveis pelo recebimento destas informações são os cones e os bastonetes. Os cones são responsáveis pela nossa visão colorida, já os bastonetes são os responsáveis por nossa visão noturna, que se dá através de milhões de moléculas de um pigmento sensível à luz chamado rodopsina. Este último, presente em cada bastonete. A colorimetria também é utilizada na avaliação da eficiência de sistemas que incluem cores, aplicando modelos matemáticos para explicar quantitativamente a capacidade do olho humano de perceber as variações de cor. Sua utilização não é muito disseminada em relação aos outros parâmetros mais específicos de análise, possivelmente em virtude de ser uma metodologia complicada e por fazer uso de softwares específicos. A cor é determinada pela disposição espectral de radiação emitida, transmitida ou refletida. A composição da luz é observada através do efeito da cor no objeto, por comprimentos de onda e pela maneira que o objeto altera a luz que irradia sobre ele. Essas alterações podem ser demonstradas por curvas de transmitância ou de reflectância espectral. Materiais cerâmicos que absorvem no espectro visível, resultam numa mudança perceptível de cor que, são chamados "centros de cores". Exemplos como: Al2O3, TiO2 e WO3, manifestam uma variedade de cores, resultantes das transições eletrônicas que ocorrem na rede cristalina destes materiais. Neste trabalho, analisamos a percepção visual das diferentes cores, quando da mistura de percursores de tungstênio com o TiO2. As fibras de TiO2, TiO2/WO3 e de TiO2/Na2WO4.2H2O foram obtidas por electrospinning e, caracterizadas por difração de raios X (DRX), microscopia eletrônica de varredura (MEV) e testes colorimétricos. Os resultados apontam que as propriedades ópticas foram influenciadas pela temperatura de calcinação e intensificaram a absorção de luz.


Keywords


Electrospinning, Sistema CIELa*b*, Colorimetria, Luminosidade.

References


LINCOLN, da Cunha Lopes. Controle metrológico da cor aplicado à estamparia digital de materiais têxteis, estado do Rio de Janeiro, Brasil. 2009. Dissertação (Mestrado em Metrologia para a Qualidade e Inovação) – PUCRJ, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, 2009.

CRISTIANO, Bertolini. Sistema para medição de cores utilizando espectrofotômetro, estado de Santa Catarina, Brasil, 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Centro de Ciências Exatas e Naturais Curso de Ciência da Computação – Bacharelado) - FURB, Universidade Regional de Blumenau, 2010.

CALLISTER JÚNIOR, W. D. Ciência e engenharia de materiais: uma introdução. 5. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2002.

TIANO, P. C. M. Cor e colorimetria: minicursos CRQ-IV, estado de São Paulo, Brasil. 2009.

https://www.deltacolorbrasil.com/espectrofotometroXcolorimetro.html

MING CHIANG, Y., DUNBAR BIRNIEIII, P., DAVID KINGERY, W. Physical ceramics: principles for ceramic Science and engineering. 2. ed. New York: John Wiley & Sons, 1997.

VON BEZOLD, J. F. W. Ueber das gesetz der farbenmischung und die physiologischen grundfarben. Annalen der Physik, v. 226, p. 221-247, 1873.

CAMPOS, F. A.; AGUIAR, A. C. R.; ANDRADE, R. D A.; MEDEIROS, V. S.; BRANQUINHO, A. C.; SILVA, F. C. B.; CHAVES, A. R. Degradação fotocatalítica de atrazina na presença de catalisadores nanoparticulados. Química Nova, v.40, p. 36-41, 2017.

PLESKOVA, S. N.; GOLUBEVA, I. S.; VEREVKIN, Y. K. Bactericidal activity of titanium dioxide ultraviolet-induced films. Materials Science and Engineering, v. 59, p. 807–817, 2016.

SANGEETA, A.; DEBASISH, S. High efficient electrochromic WO3 nanofibers. Electrochimica Acta, v. 138, p. 115–123, 2014.

EMANUELLE, Ferreira Thomazini. Síntese e caracterização de óxidos termocrômicos para aplicação em dispositivos optoeletrônicos, estado do Paraná, Brasil. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso de Engenharia de Materiais-Departamento Acadêmico de Engenharia de Materiais) – UTFPR, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2015.

SHIM, H. S.; KIM, W. J.; SUNG, Y. E.; KIM, W. B. Electrochromic properties of tungsten oxide nanowires fabricated by electrospinning method. Solar Energy Materials and Solar Cells, v. 93, p. 2062-2068, 2009.

NGUYEN, T. A.; JUN, T. S.; RASHID, M.; KIM, Y. S. Synthesis of mesoporous tungsten oxide nanofibers using the electrospinning method. Materials Letters, v. 65, p. 2823–2825, 2011.

SOARES, L. G.; ALVES, A. K. Analysis of colorimetry using the CIE-L*a*b* system and the photocatalytic activity of photochromic films. Journal Materials Research Bulletin, v. 105, p. 318-321, 2018.

SOARES, L. G. in Anais 64º Congresso Brasileiro de Cerâmica, São Paulo, 2020, Vol. 1, 561-570.

SOARES, L. G. in Anais 64º Congresso Brasileiro de Cerâmica, São Paulo, 2020, Vol. 1, 571-581.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n8-305

Refbacks

  • There are currently no refbacks.