Estimativas da exposição de ciclistas ao particulado inalável atmosférico em um trecho urbano da cidade de Fortaleza, Ceará / Effects of cyclists exposure to atmospheric inhalable particulate matter in an urban stretch of Fortaleza Ceará

Patrícia Freitas Brasil, Daniel Silveira Serra, Francisco Sales Ávila Cavalcante, Francisco Oricélio Brindeiro, Jéssica Rocha de Lima, Rinaldo dos Santos Araújo

Abstract


A cidade de Fortaleza possui uma malha cicloviária de 225,3 km a qual é amplamente utilizada pela população como equipamento de transporte e lazer. Neste contexto, este estudo visa avaliar os riscos causados pela exposição ao material particulado inalável de 10 µm (MP10) a ciclistas usuários de uma importante ciclovia na cidade de Fortaleza-Ceará. As coletas foram realizadas no turno da manhã, usando um contador mássico portátil para monitoramento das concentrações. Os resultados mostraram que as concentrações encontradas de MP10 estavam dentro dos limites legais recomendados pelo CONAMA e pela OMS, porém algumas estimativas da exposição (µg/min) apresentaram-se acima do calculado para estas legislações, principalmente nos dias de terça-feira e quarta-feira. Estes resultados mostram a relevância de estudos que avaliem a qualidade do ar e seus efeitos deletérios ao sistema respiratório a curto e longo prazo...


Keywords


Ciclovias. Particulado inalável. Saúde. Exposição.

References


ABRACICLO, – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Site: http://abraciclo.com.br/2018/1227-producao-de-bicicletas-cresce-25-7-em-setembro. Acessado em 20 de outubro de 2018.

APPARICIO, P. et al. Exposure to noise and air pollution by mode of transportation during rush hours in Montreal. Journal of Transport Geography, v. 70, p. 182-192, 2018.

BARBOSA, C. Ciclofaixa de fortaleza: saiba quais ruas e avenidas têm espaços exclusivos para ciclistas:[s.n], 2018. Disponível em: .Acesso em 28 out. 2018.

BICICLETAR. Bicicletar–Bicicletas compartilhadas de Fortaleza. [s.n.], 2017. Bicicletar. Disponível em: . Acesso em: 05 Abr. 2019.

BRASIL. Conselho Nacional do Meio Ambiente. Resolução Nº 491, de 19 de novembro de 2018. Estabelece padrões de qualidade do ar. Informativo Diário. William Freire Advogados Associados, de 21 nov. 2018.

DONS, E. et al. Personal exposure to black carbon in transport microenvironments Atmospheric Environment, v. 55, p. 392-398, 2012.

DONS, E. Wearable sensors for personal monitoring and estimation of inhaled traffic-related air pollution: evaluation of methods.Environmental Science & Technology. DOI: 10.1021/acs.est.6b05782. Web. 1-23. 2018.

DAIGLE. C. C. et al. Ultrafine particle deposition in humans during rest and exercise. Inhalation Toxicology, v. 15, p. 539–552, 2003.

DAPPER, S. N.; SPOHR, C.; ZANINI, R. R. Poluição do ar como fator de risco para a saúde: uma revisão sistemática no estado de São Paulo. Estudos Avançados, v. 30, n. 86, p. 83-97, 2016.

GAETE. C, M. La estratégia de amisterdam a 2020 para enfretar el crescimento de viajes en bicicleta. ArchDaily Brasil. Trad. Baratto, Romullo. Acessado 5. Abr. 2019. ISSN 0719-8906.

GREENWALD, R. et al. A Novel Method for quantifying the inhaled dose of air pollutants based on heart rate, breathing rate and forced vital capacity. Plos One, v, 18. 1- 14. 2016.

WHO. World Health Organization. Update of the WHO Global Air Quality Guidelines (AQGs), 2015.

RAMOS, C. A.; WOLTERBEEK, H. T.; ALMEIDA, S. M. Air pollutant exposure and inhaled dose during urban commuting: a comparison between cycling and motorized modes. Air Qual Atmos Health, v. 9, n. 8, p. 867-879, 2016

SOUSA, N. A. Determinação de material particulado em um corredor de trânsito e modelagem da deposição no sistema respiratório: estudo de caso em Fortaleza – Ce. 103 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Físicas Aplicadas, 2016). Universidade Estadual do Ceará. Fortaleza: UECE, 2016.

TAINIO, M. et al. Can air pollution negate the health benefits of cycling and walking?. Preventive Medicine, v. 87, p. 233–236, 2016.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Health topics Air pollution. Disponível em: Acessado em: 14 abr. 2019.

ZAKARIA, M. F. et al. Traffic-related air pollution (TRAP), air quality perception and respiratory health symptoms of active commuters in a university outdoor environment. Earth and Environmental Science, v. 228, p. 1-13, 2019

Zuurbier, M. et al. Minute ventilation of cyclists, car and bus passengers: an experimental study. Environmental Health, v. 8, n. 48, p. 1-10, 2009

U.S. EPA. Environmental Protection Agency. Exposure factors handbook: 2011 edition. National Center for Environmental Assessment, Washington, DC; EPA/600/R-09/052 F. Available from the National Technical Information Service, Springfield, VA. 2011. . Acesso em jul de 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n10-056

Refbacks

  • There are currently no refbacks.