Desenvolvimento e aceitabilidade de bolo enriquecido com farinha da semente de abóbora sem glúten e lactose / Development and acceptability of cake enriched with gluten and lactose free pumpkin flour

Amanda Coelho Dias, Inaiara Silva Pinheiro, Keila Cristiane Batista Bezerra, Gilberto de Araújo Costa

Abstract


O estudo objetivou desenvolver um bolo isento de glúten e lactose para intolerantes enriquecido com farinha de semente de abóbora e óleo de côco. Trata-se de um estudo experimental, descritivo, quali-quantitativo realizado com base na Resolução 466/2012 sob o parecer CAAE 80542917.4.0000.5602. Realizado em uma Instituição de Ensino Superior, localizada em Teresina-PI. O preparo do bolo foi realizado no Laboratório de Técnica Dietética. Foi avaliado por aproximadamente 60 pessoas treinados de ambos os sexos entre 18 e 65 anos de idade. Para verificar a aceitabilidade empregou-se os testes escala hedônica, análise descritiva quantitativa, realizados em cabines individuais, no Laboratório de Análise Sensorial; as amostras foram servidas em bandejas, dentro de copinhos descartáveis brancos com uma amostra de 52g. Os macronutrientes presentes no bolo enriquecido com farinha da semente de abóbora e óleo de coco apresentaram 27,5g de carboidratos, 1,82g de proteínas, 4,77g de lipídeos e 0,51g de fibra, com total de 158,7 kcal.  O bolo é classificado como fonte de 41,05 mg de cálcio, 0.074 g de potássio, 22,45mg de fósforo e 8,75 mg de magnésio para cada porção distribuída, de acordo com as tabelas de composição de alimentos. Quanto ao atributo sabor o bolo apresentou percentual de 98% “agradável”. Os participantes consideraram a textura “macia” em 90,9%. Quando avaliada a intenção de compra do bolo, 94,5% o “comprariam”.  Diante das análises demonstrou-se que o bolo enriquecido com farinha da semente de abóbora e óleo de coco isento de glúten e lactose obteve uma boa aceitabilidade em relação aos atributos sensoriais avaliados.

 

 


Keywords


alimentos, intolerância a lactose, celíacos.

References


AMORIM, G .et al. Elaboração e avaliação sensorial de produtos (biscoito tipo cookie e tartalete de frango) produzidos a partir do aproveitamento da semente da abóbora (cucurbita maxima) .VII CONNEPI P,2012. Disponível em:. Acesso em: 20 mai. 2018.

GASPARIN, F. S. R, TELES, J.M., ARAÚJO, S. C. Alergia à proteína do leite de vaca versus intolerância à lactose: as diferenças e semelhanças.Revista Saúde e Pesquisa, v. 3, n. 1, p. 107-114, jan./abr. 2010. Disponível em: . Acesso em: 5 nov. 2017.

GIMENO, S.G.A. et al. Padrões de consumo de alimentos e fatores associados em adultos de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil: projeto OBEDIARP. Caderno de Saúde Pública, v.27, p.533-545, nov. 2011. Disponível em: . Acesso em: 4 nov. 2017.

GREEN, H.R.; LEBWOHL F.R, GREYWOODE J, A. CeliacDisease. JournalofAllergyandClinicalImmunology. Am J Gastroenterol; v.2 set. 2010. Disponível em: . Acesso em: 5 nov. 2017.

MOURA, F. A. et al. Biscoitos tipo “cookie” elaborados com diferentes frações de semente de abóbora (Curcubitamaxima). Alimentos e Nutrição, v.21, p.579-585, set. 2010. Disponível em: < http://serv-bib.fcfar.unesp.br/seer/index.php/alimentos/article/viewFile/1356/a11v21n4 Acesso em: 4 out. 2017.

SILVA, J. S. Barras de cereais elaboradas com farinha de sementes de abóbora. Dissertação (Mestrado em Agroquímica) - Universidade Federal de Lavras, Lavras: 2012. Disponível em: <88/1/DISSERTAÇÃO%20Barras%20de%20cereais%20elaboradas%20com%20farinha%20de%20sementes%20de%20abóbora.pdf >. Acesso em: 20 set. 2017.

SILVA; J. B.; SCHLABITZ, C.;SOUZA, C. F.V. Utilização tecnológica de semente de abóbora na elaboração de biscoitos fontes de fibra alimentar e sem adição de açúcar. Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial. v. 04, n. 01: p. 58-71, 2010. Disponível em: < https://periodicos.utfpr.edu.br/rbta/article/view/497>. Acesso em: 20 mai. 2018.

PEREZ, P. M.P.; GERMANI, R.Elaboração de biscoitos tipo salgado, com alto teor de fibra alimentar, utilizando farinha de berinjela (Solanum melongena, L.). Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, v.27, n.1, p. 186-192, jan.mar. 2007. Disponível em: . Acesso em: 20 mai. 2018.

PINTO, A.S.O. et al. Desenvolvimento de biscoitos tipo cookie utilizando farinha dos resíduos da abóbora (curcubita spp.) Em substituição parcial à farinha de trigo. XXV Congresso de Ciência e Tecnologia de alimentação: a árvore que sustenta a vida. Gramado, RS. 2016 P.1-7. Disponível em: . Acesso em: 08 mai. 2018.

BAZANELLI, A. P.;CUPPARI, L. Funções plenamente reconhecidas de nutrientes , São Paulo, Ilsi Brasil International Life SciencesInstitute do Brasil, v. 11, 2017. Disponível em:. Acesso em: 29 out. 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n10-058

Refbacks

  • There are currently no refbacks.