Um método automatizado para realizar detecção e contagem do Pirarucu durante o manejo / An automated method to perform detection and counting of Pirarucu during management

Wanderlany Fialho de Abreu, Deam James Azevedo da Silva, Roberto Pereira do Nascimento do Nascimento, Rafael de Lima Rocha, Carlos Gustavo Resque dos Santos, Márcio José Moutinho da Ponte, Josivan Rodrigues dos Reis

Abstract


O pirarucu (Arapaima gigas) é considerado o maior peixe de escama de água doce da Amazônia e uma espécie importante economicamente para comunidades tradicionais, devido à ameaça de sobrepesca do estoque pesqueiro, o manejo do pirarucu é indispensável, pois contribui para multiplicação dos seus estoques. Além disso, é necessário informar ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) a existência de quantidade suficiente que autoriza captura. A contagem manual é um processo importante e constante para determinar o estoque, com isso, este artigo apresenta métodos para automatizar a detecção e contagem do pirarucu usando visão computacional. O artigo apresenta uma comparação entre a contagem manual e valores obtidos pelos métodos, considerando 1.129 imagens do vídeo. Os resultados mostraram em alguns casos 100% de acurácia. Concluindo, que o método de segmentação utilizando filtro mediana mostrou ser confiável e útil para estudos de monitoramento do pirarucu.


Keywords


pirarucu, detecção, contagem, visão computacional.

References


Backes, A. R.; Junior, J. J. de M. S. J. Introdução à Visão Computacional usando Matlab. Rio de Janeiro: Alta Books, 2016.

Castello, L. A method to count pirarucu: fishers, assessment and management. North American Journal of Fisheries Management, 2004. 24:379-389. http://dx.doi.org/10.1577/M02-024.1

Castello, L., Stewart, D. J., Arantes, C. O quê sabemos e precisamos fazer a respeito da conservação do pirarucu (Arapaima spp.) in book: Biologia, conservação e manejo participativo de pirarucus na Pan-Amazônia. (pp.17-32). Instituto de Desenvolvimento. Sustentável Mamirauá, Tefé, AM. Amaral, E.S. (ed.), 2013.

Gorkin, R. Adams.; Matthew, J B.; Aubin, Sam.; LI, W.; Davis, A. R. and Barthelemy, J. Sharkeye: Real-Time Autonomous Personal Shark Alerting via Aerial Surveillance. Drones 2020, 4, 18. https://doi.org/10.3390/drones4020018

Lima, G. L., Bravo, D. T., Araújo, S. A. de. Utilização de redes neurais convolucionais para a detecção de objetos em imagens aéreas adquiridas por drones. Brazilian Journal of Development, Curitiba. v. 6, n. 7, p. 50702-50713, jul. 2020. DOI:10.34117/bjdv6n7-646

Lins, E. A., Rodriguez, J. P. M., Scoloski, I. S., Pivato, J., Lima, M. B, Fernandes J.

M. C., Pereira, P. R. V. da S., Lau, D., Rieder, R. A method for counting and classifying aphids using computer vision. Computers and Electronics in Agriculture. Elsevier, v. 169, February 2020, 105200.

https://doi.org/10.1016/j.compag.2019.105200

Marinato, M. S.; Machado, J. R. S.; Abreu, W. F. ; Ponte, M. J. M. . Visão Computacional Aplicada ao Monitoramento Bovino: Uma Análise dos Biomas Nacionais. In: XII Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2019, Indaiatuba. Visão Computacional Aplicada ao Monitoramento Bovino: Uma Análise dos Biomas Nacionais. Ponta Grossa: Universidade Estadual de Ponta Grossa, 2019. v. VI. p. 163-171.

Murrieta, R. S. A mística do Pirarucu: pesca, ethos e paisagem em comunidades rurais no Baixo Amazonas. Horizontes Antropológicos, 2001. 16: 113-130.

Queiroz, H.L.; Sardinha, A. D. A preservação e o uso sustentado dos pirarucus em Mamirauá. In: QUEIROZ, H.L.; CRAMPTON, W. G. R. (Eds.) Estratégias para o manejo de recursos pesqueiros em Mamirauá. Brasília: Sociedade Civil Mamirauá/ Ministério de Ciência e Tecnologia /Conselho Nacional de Pesquisa, p. 108-141, 1999.

Queiroz, H.L. Natural history and conservation of pirarucu, Arapaima gigas at the Amazonian várzea: red grants in muddy water. Tese de Doutorado. University of St. Andrews, St. Andrews. 2000.

Rosa, K. R. de; Nornberg, J. L.; Silva, L. K. S. da; Kubota, E. H. Pirarucu: from its origins to comercial breeding/ Pirarucu: das origens ao melhoramento comercial. Brazilian Journal Develop., Curitiba, v.6, n2, p. 6586-6598, feb. 2020. DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n2-091

Silva, R. B; Gonçalves, A. C. T; Marinho J. Contagem e Censo Populacional de Pirarucu. Tefé, AM: IDSM, 2013.

Santos, G. M.; Santos, A. C. M. Sustentabilidade da pesca na Amazônia. Estudos Avançados, São Paulo, v.19, n. 54, p. 165-182, 2005.

Sousa, M. H. S.; Silva, J. P.; Silva, F. B.; Barbosa, N. C. Contagem de objetos utilizando técnicas de processamento digital de imagem: Morfologia Matemática. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 6, n. 8, aug. 2020. https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-232

Souza, C. R. C.; Santos, P. E. Probabilistic Logic Reasoning about Traffic Scenes.

R. Grob et al. (Eds.): TAROS 2011, LNAI 6856, pp. 219–230, 2011. c Springer- Verlag Berlin Heidelberg 2011. https://doi.org/10.1007/978-3-642-23232-9_20

Wazlawick, R. S. Metodologia de Pesquisa em Ciência da Computação. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n10-51

Refbacks

  • There are currently no refbacks.