Atividades lúdicas no ensino de matemática: Intervenção pedagógica na E. E. Aleixo Rosa da Silva nos 4º e 5º anos / Play activities in mathematics teaching: Pedagogical intervention at E. E. Aleixo Rosa da Silva in 4th and 5th grades

Mylton Franklyn da Silva Reis, Márcia Emanoely da Silva, Ádryo Kleyton Pereira da Silva, Fábio Augusto Xavier, José Rildo Oliveira Dantas, Jéssica Ohana da Silva Mendonça, Dariosmar de Souza Duarte

Abstract


A concepção de criação da presente pesquisa surgiu a partir de uma problemática bastante discutida no campo de ensino atual: os déficits existentes no aprendizado dos conceitos matemáticos no ensino fundamental 1. Sabe-se que existem vários fatores para as dificuldades dos alunos que saem do 5° ano para o 6°, tendo em vista que a transição em si já é um agravante. Nesse contexto, pensou-se em maneiras e metodologias que visassem dinamizar o ensino da matemática ao campo lúdico, promulgando assim estratégias para que os alunos participem ativamente e construam seus conhecimentos de forma recreativa e prazerosa através de um momento de aprendizagem dentro e fora da sala de aula. Entretanto, o nosso maior objetivo é trabalhar os conceitos matemáticos para que o aluno compreenda e forme seu próprio pensamento crítico em relação ao conteúdo abordado. Para tal fim, o trabalho atua através de uma intervenção pedagógica na Escola Estadual Aleixo Rosa da Silva, localizada na cidade de Mossoró – RN. Como forma de respaldar teoricamente esta pesquisa, foram subsidiados pesquisadores como Tripp (2005), Maciel (2009), Silva (2013), Chás e Guérios (2008), Thiollent (2009), Kishimoto (1994), entre outros. A pesquisa, em fase de execução em campo, teve como primeira etapa a aplicação de uma avaliação diagnóstica para atestar a situação da aprendizagem dos alunos da turma em seguida uma realizar uma análise dos conteúdos que apresentam uma maior dificuldade. Por conseguinte, estão sendo realizadas as oficinas teóricas e práticas com jogos e circuitos matemáticos, culminando em uma gincana competitiva para explorar os conceitos matemáticos estudados durante as oficinas. Como forma de reunir as informações e promulgar a participação coletiva e individual do aluno no processo final de ensino-aprendizagem, será desenvolvido um diário de bordo que se constituirá em um livro de relatos, como uma proposta de associar o ensino interdisciplinar da matemática com a língua portuguesa.

 


Keywords


Ensino; Matemática; Déficits; Lúdico.

References


BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ciências Naturais. Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília, MEC/SEF, 1998.

BRASIL. Parâmetros curriculares nacionais: matemática. Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília, MEC/SEF, 1997.

CANAL, Denise C et al. O Ensino da Matemática nos Anos Iniciais numa Perspectiva Ludopedagógica. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE ENSINO DA MATEMÁTICA, 6., 2013. Anais... Canoas: ULBRA, 2013. p. 1-8.

CHAS, D. M. P., GUÉRIOS, E. C. Divertindo-se com a Matemática: A Construção de uma Metodologia Diferenciada. In: PARANÁ. Secretaria de Estado da Educação. Superintendência de Educação. O professor PDE e os desafios da escola pública paranaense, 2008. Curitiba: SEED/PR., 2011. v.1. (Cadernos PDE). Disponível em: . Acesso em 06/03/19. ISBN 978-85-8015-039-1.

KISHIMOTO, I. M. O jogo e a educação infantil. São Paulo: Pioneira, 1994.

MACIEL, M. V. A Importância do Ensino da Matemática na Formação do Cidadão. 2009. 37f. Trabalho de Conclusão de Curso – Pontifícia Universidade Católica, Rio Grande do Sul, 2009.

SILVA, J. L. S. da. Matemática Lúdica: Ensino Fundamental e Médio. Educação em Foco, Dois Vizinhos, v. 6, p. 26-36, 05/2013.

SOUSA, Giselle C. O Uso de Materiais Manipuláveis e Jogos no Ensino De Matemática. In: Encontro Nacional de Educação Matemática, 10., 2010. Anais... Salvador: SBEM, 2010. p. 1-11.

SOUSA, Sandra Maria Z. L.; OLIVEIRA, Romualdo P. Sistemas estaduais de avaliação: uso dos resultados, implicações e tendências. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 40, n. 141, p. 793-822, set./dez. 2010.

THIOLLENT, Michel. Metodologia da Pesquisa-ação. 17ª. ed. São Paulo: Cortez, 2009, 132p.

TRIPP, David. Pesquisa-ação: uma introdução metodológica. Educação & Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 3, p. 443-466, set./dez. 2005.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n10-125

Refbacks

  • There are currently no refbacks.