Evasão escolar na EJA: estudo comparativo em uma escola da rede pública estadual de Pacatuba – CE / School evasion in EJA: a comparative study in a school of the Pacatuba state public network

Dionys Morais dos Santos

Abstract


O estudo visa a analisar de modo comparativo os índices de evasão escolar nas turmas de EJA Presencial e EJA com Qualificação Profissional em uma escola da rede pública estadual de Pacatuba – CE. A questão norteadora desta pesquisa buscou verificar se a oferta de EJA com Qualificação Profissional contribuiu para a redução dos índices de evasão escolar nessa modalidade de ensino. Do ponto de vista teórico, a pesquisa tentou definir com mais clareza o conceito de evasão e as características que a definem e a distinguem da noção de abandono escolar. Fundamentaram essa discussão os estudos de Reinert e Gonçalves (2010), Digiácomo (2015), Araújo, Lustosa e Castro (2016) e Silva Filho e Lima Araújo (2017). No que concerne à educação de jovens e adultos e a qualificação profissional, tivemos como referências autores como Moura (2006), Machado (2006), Souza e Alberto (2008) e Amado e Viana (2014). O percurso metodológico consistiu na revisão de literatura, na análise dos índices de evasão obtidos no ano de 2017 nas turmas selecionadas, na definição dos fatores internos e externos e na análise quali-quantitativa dos resultados coletados e do questionário aplicado ao gestor da escola estadual de Pacatuba, sujeito principal deste estudo. Os dados apresentados e os fatores intra e extraescolares apontados pelo diretor mostram que mesmo diante de melhorias nos índices de aprovação e evasão escolar, ainda é perceptível um elevado número de alunos que não concluem os estudos nessa modalidade.

 

 


Keywords


Educação de Jovens e Adultos. Evasão Escolar. Qualificação Profissional.

References


AMADO, L. A. S.; VIANA, S. S. PROEJA e PRONATEC: problematizando concepções de educação para EJA. Ideação, [S.l.], v. 16, n. 2, p. 121-141, dez. 2014. ISSN 1982-3010. Disponível em: http://e-revista.unioeste.br/index.php/ideacao/article/view/9743. Acesso em: 21 jan. 2019.

ARAUJO, A. S.; LUSTOSA, N. N. S.; CASTRO, N. N. Evasão escolar: um estudo da evolução do abandono escolar em uma escola da rede pública estadual em Macapá – AP. Revista Científica de Educação, Inhumas, v. 1, n. 1, p. 74-85, dez. 2016. Disponível em: https://seer.facmais.edu.br/rc/index.php/RCE/article/view/8. Acesso em: 11 dez. 2018.

BORGES, C. N. Escrita acadêmica: um fazer nas práticas linguísticas universitárias. Disponível em: http://www.ileel.ufu.br/anaisdosilel/pt/arquivos/silel2011/816.pdf. Acesso em: 10 jan. 2019.

CEARÁ. Secretaria da Educação do Estado do Ceará (SEDUC). EJA com Qualificação Profissional. 2017. Disponível em: http://www.seduc.ce.gov.br/index.php/desenvolvimento-da-escola/202-desenvolvimento-da-escola/diversidade-e-inclusao-educacional/jovens-e-adultos/12547-eja-qualificacao-profissional. Acesso em: 12 dez. 2018.

CRUZ, P.; MONTEIRO, L. (Org.). Anuário Brasileiro da Educação Básica. São Paulo: Moderna, 2018. 91 p.

DIGIÁCOMO, M. J. Evasão escolar: não basta comunicar e as mãos lavar. 2015. Disponível em: http://www.crianca.mppr.mp.br/pagina-825.html. Acesso em: 15 jan. 2019.

INSPER. Políticas Públicas para Redução do Abandono e Evasão Escolar de Jovens. Galeria de Estudos e Avaliação de Iniciativas Públicas – GESTA, 2017. Disponível em: http://gesta.org.br/tema/engajamento-escolar/#intro. Acesso em: 15 dez. 2018.

INSTITUTO UNIBANCO. Evasão ainda é um dos maiores desafios do Ensino Médio. Revista Aprendizagem em Foco, n. 37, nov. 2017. Disponível em: http://www.institutounibanco.org.br/aprendizagem-em-foco/37/. Acesso em: 14 dez. 2018.

MACHADO, L. PROEJA: O Significado Socioeconômico e o Desafio da Construção de um Currículo Inovador. In: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO/SEED. EJA: Formação Técnica Integrada ao Ensino Médio.TV Escola/Salto Para o Futuro: Brasília, 2006, p. 36-53. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/pdf2/boletim_salto16.pdf#page=24. Acesso em: 11 dez. 2018.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Programa de Integração da Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrada ao Ensino Médio na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos - PROEJA. Documento Base. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/pdf2/proeja_medio.pdf. Acesso em: 11 dez. 2018.

MOURA, D. H. EJA: Formação Técnica Integrada ao Ensino Médio – Proposta Pedagógica. In: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO/SEED. EJA: Formação Técnica Integrada ao Ensino Médio.TV Escola/Salto Para o Futuro: Brasília, 2006, p. 03-23. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/pdf2/boletim_salto16.pdf#page=24. Acesso em: 11 dez. 2018.

OLIVEIRA, S. de F. As vozes presentes no texto acadêmico e a explicitação da autoria. Pedagogia em Ação, v. 6, n. 1, 2014. Disponível em: http://periodicos.pucminas.br/index.php/pedagogiacao/article/view/9182/7673. Acesso em: 10 jan. 2019.

PRODANOV, C. C.; FREITAS, E. C. Metodologia do Trabalho Científico: Métodos e

Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. 2ª ed. [Recurso Eletrônico]. Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

REINERT, J. N.; GONÇALVES, W. J. Evasão Escolar: Percepção Curricular como Elemento Motivador no Ensino para os Cursos de Administração - Estudo de Caso. X Coloquio Internacional Sobre Gestión Universitaria en América del Sur. Mar del Plata, 2010.

SILVA FILHO, R. B.; LIMA ARAUJO, R. M. Evasão e abandono escolar na educação básica: fatores, causas e possíveis consequências. Educação Por Escrito, Porto Alegre, v. 8, n. 1, p. 35-48, jan./jun. 2017. Disponível em: http://revistaseletronicas.pucrs.br/revistapsico/ojs/index.php/porescrito/article/view/24527. Acesso em: 11 dez. 2018.

SOUZA, O. M. C. G.; ALBERTO, M. F. P. Trabalho Precoce e processo de escolarização de crianças e adolescentes. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 13, n. 4, p. 713-722, out/dez, 2008.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n10-131

Refbacks

  • There are currently no refbacks.