Carne bovina brasileira: evolução da produção e desafios para exportação / Brazilian beef: production evolution and challenges for export

Beatriz Angelo Timoteo, Carlos Edauardo Vechiato dos Santos, Maria Eduarda Bueno Rodrigues, Nayara Pires Camargo, Hugo Henrique dos Santos

Abstract


O presente artigo aborda as múltiplas questões envolvendo o processo de exportação de carne bovina brasileira, bem como seus desafios e oportunidades. Com isso, o objetivo do trabalho é analisar os principais desafios para o processo de exportação da carne bovina brasileira, considerando múltiplos aspectos conflitantes e sua importância na economia brasileira. Para determinar respostas ao objetivo proposto, um estudo de campo foi realizado com especialistas do setor para determinar os níveis de concordância com determinados desafios imposto no processo de exportação. Com base nos resultados encontrados, os principais desafios apontados pelos especialistas do setor estão relacionados com as questões de infraestrutura logística e por questões envolvendo práticas sustentáveis. Além disso, destaca-se a importância do segmento para a economia brasileira e alta relevância para o Produto Interno Bruto (PIB). Por fim, percebe-se a oportunidade de ampliação das vendas da carne bovina brasileira no mercado internacional. Para isso, sugere-se a continuidade das ações que já estão sendo executadas com êxito.

 


Keywords


Logística De Exportação, Carne Bovina Brasileira, Mercado Internacional.

References


ABIEC, ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS EXPORTADORAS DE

CARNES. Disponível em . Acesso em 20 de março de 2021.

ABIEC. Exportações brasileiras de carne bovina fecham 2018 com recorde histórico. 2019.Disponívelem: Acesso em 20 de março de 2021.

ALENCAR, M.M. Critérios de seleção e a moderna pecuária bovina de corte brasileira. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO ANIMAL, 4., 2002, Campo

Grande. Anais... Campo Grande: Sociedade Brasileira de Zootecnia, 2002.

Balança Comercial 2020. Disponível em:

Acesso em 20 de março de 2021.

BARRAL, Welber (organizador). O Brasil e a OMC. 2° ed. (ano 2002), 6° tir./ Curitiba: Juruá, 2007.

BATALHA, M. O; (Org.), et al. Gestão Agroindustrial. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2001.

BORTOTO, Artur César; DIAS, Reinaldo; RODRIGUES. Comércio Exterior: teoria e gestão. São Paulo: Atlas 2004.

CARVALHO, Maria Auxiliadora; SILVA, Cesar Roberto Leite. Economia Internacional. 4. Ed. São Paulo: Saraiva, 2007.

DIAS, Reinaldo; CASSAR; Maurício; RODRIGUES, Waldemar. Comércio Exterior, Histórias, teorias e práticas – Campinas, SP: Editora Alínea, 2002.

FIORILLO, Celso Antônio Pacheco. Curso de Direito Ambiental Brasileiro. 11ª ed., São Paulo: Saraiva, 2010.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 5. Ed. São Paulo: Atlas S.A., 1999.

GIMENEZ, Carolina M. Identificação biométrica de bovinos utilizando imagens do espelho nasal. Universidade de São Paulo. Faculdade de Zootecnia e engenharia de alimentos. Pirassununga. Tese. Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos.

Universidade de São Paulo. Zootecnia. Concentração de Qualidade e Produtividade Animal. 2015.

MACHADO, Paulo Afonso Lemme. Direito Ambiental Brasileiro. 17ª ed., São Paulo: Malheiros Editores, 2009.

MDIC, MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO

EXTERIOR. Disponível em ?www.mdic.gov.br?. Acesso em 20 de março de 2021.

PEREIRA, Antônio Roberto. Inovações tecnológicas da gestão da informação no agronegócio. Unisalesiano, Lins, SP. 2009.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n10-183

Refbacks

  • There are currently no refbacks.