Desenvolvimento inicial e produtividade de Ilex paraguariensis em sistema agroflorestal / Initial growth and productivity of Ilex paraguariensis in agroforestry system

Luiz Paulo Prestes de Medeiros Stiebler, Alexandre Siminski, Gilcimar Adriano Vogt, Karine Louise dos Santos

Abstract


O uso da erva-mate tem importância econômica e social na América do Sul, sendo um dos principais produtos florestais não madeireiros do Brasil, fazendo deste último, o maior produtor do mundo. Além disso, o cultivo dessa espécie em sistemas agroflorestais (SAFs) é uma alternativa para recuperação de áreas degradadas, especialmente de Áreas de Preservação Permanente (APP) e Reserva Legal (RL), gerando fonte de renda alternativa para pequenos agricultores. Nesse contexto, o presente trabalho tem como objetivo avaliar o crescimento de erva-mate em sistemas agroflorestais de base agroecológica em distintos níveis de cobertura de dossel, avaliando as plantas em resposta ao manejo de podas, discutindo a integração do uso software Manejo-Matte para acompanhamento do erval. A pesquisa foi desenvolvida no campus Curitibanos da Universidade Federal de Santa Catarina. A área é um sistema agroflorestal estruturado como parte da estratégia de manejo de recuperação de uma área degradada por plantio de Pinus (Pinus taeda), implantado no ano de 2012. A área é dividida em três blocos de 500 m² com erva-mate associada a outras espécies florestais nativas. Esses três blocos foram submetidos à avaliação de cobertura de dossel, realizada com um densiômetro convexo de Lemmon onde obteve-se a cobertura de 72,5%, 75,7% e 52,2% para bloco 1, 2 e 3 respectivamente. As plantas de erva-mate desde a implantação do SAF, não tinham sido manejadas quanto a poda, dessa forma no ano de 2019 realizou-se a poda de formação das plantas jovens e adultas onde obteve-se massa verde que foi contabilizada como dados de colheita, obtendo 660 kg ha-1 com uma densidade de 520 plantas ha-1 no bloco 1, 672kg ha-1 com uma densidade de 500 plantas ha-1 no bloco 2 e 462 kg ha-1 com uma densidade de 600 plantas ha-1 no bloco 3. Em 2021 procedeu-se a colheita dos indivíduos, obteve-se então 1.070 kg ha-1 com uma densidade de 680 plantas ha-1 no bloco 1, 1.226 kg ha-1 com uma densidade de 560 plantas ha-1 no bloco 2 e 1086 kg ha-1 com uma densidade de 620 plantas ha-1 no bloco 3. Referente às podas de formação essa prática mostrou-se fundamental tendo em vista que está diretamente relacionada a produtividade da erva-mate, como observado entre os anos de 2019 e 2021. O relatório gerado pelo software Manejo-Matte demonstrou que houve uma evolução significativa do erval posteriormente as práticas de poda. Conclui-se que há a necessidade de correção da densidade de plantas nas áreas de cultivo, sendo que constatou-se também que a prorrogação da poda de formação tem influência na produtividade, assim como na densidade de cobertura do dossel. O software Manejo-Matte pode ser considerado estratégico para acompanhamento do erval em sistemas agroflorestais, visando tanto a produtividade quanto a recuperação do sistema.


Keywords


PFNM, Densidade de cobertura, Produtividade, Poda.

References


ALCANTARA, Francisca Dayanne Oliveira et al. Análise microbiológica e avaliação dos indicadores de qualidade de solo sob diferentes sistemas de uso: um estudo de caso no cariri cearense. Revista Acta Kariri-Pesquisa e Desenvolvimento, v. 3, n. 1, 2021.

ALMEIDA, Leonardo Lemos et al. Nitrogênio e Carbono espaço-temporais dissolvidos na precipitação e lixiviado da serrapilheira em duas microbacias Amazônicas. Revista Ibero-Americana de Ciências Ambientais, v. 11, n. 7, p. 602-618, 2020.

BARBOSA, J. S.; SILVA, K. C. R.; CARDUCCI, C. E.; SANTOS, K. L.; KOHN, L. S.; FUCKS, J. S. Atributos Físico-hídricos de um Cambissolo Húmico Sob Sistema Agroflorestal no Planalto Catarinense. Floresta e Ambiente (Floram). v. 8087, pág. 9. 2017.

BORGES, Rafael et al. Efeito da cobertura do dossel no desenvolvimento e produção de compostos secundários de Maytenus ilicifolia e Ilex paraguariensis em sistemas agroflorestais. Ciência Florestal, v. 29, n. 4, p. 1630-1643, 2019.

BASTOS, Marilia Camotti. Erva-mate: estado nutricional da planta e qualidade da bebida. 2013. Dissertação de Mestrado em Ciência do Solo. Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo, Universidade Federal do Paraná. Curitiba. (92 p.) Fevereiro, 2013

CARON, Braulio Otomar et al . Eficiência do uso da radiação solar por plantas llex paraguaiensis A. St. Hil. Cultivadas sob sombreamento e a pleno sol. Ciênc. Florest., Santa Maria , v. 24, n. 2, p. 257-265, Jun. 2014a.

CARON, Braulio Otomar et al. Biomassa e acúmulo de nutrientes em Ilex paraguariensis A. St. Hil. Ciência Florestal, Santa Maria v. 24, n. 2, p. 267-276, 2014b.

DASSIE, Carlos. Tereré e chimarrão carregam história, cultura e tradições. Globo Rural, 2016. Campo Grande, MS.

DUARTE, Edivânia Maria Gourete. Ciclagem de nutrientes por árvores em sistemas agroflorestais na Mata Atlântica. 2007. Tese (Doutorado em Solos e Nutrição de Plantas). Universidade Federal de Viçosa.

Empresa Brasileira De Pesquisas Agropecuárias [EMBRAPA]. 2010. Cultivo da Erva-Mate: Importância socioeconômica e ambiental.

Empresa Brasileira De Pesquisas Agropecuárias [EMBRAPA]. 2018. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos.

FOCHZATO, Carmen. Festa da Erva-Mate fortalece e impulsiona cadeia produtiva. Portal RBJ, 2018.

Food and Agriculture Organization of the United Nations [FAO]. 2018. Faostat.

GÖTSCH, Ernest. Importância dos SAF’S na recuperação de áreas degradadas. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SISTEMAS AGROFLORESTAIS, 4, 2002, Ilhéus, Anais [...] Ilhéus: CEPLAC/UESC, 2002.

GOULART, Ives Clayton Gomes Reis; PENTEADO Joel Junior Ferreira. Erva 20: sistema de produção para erva-mate. Brasília, DF: Embrapa, 2019.152 p.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística [IBGE]. 2018a. Produção da Extração Vegetal e Silvicultura – SIDRA/PESV.

IRMÃO, Marcelo da Silva; SANTOS, Karine Louise dos. Efeito da composição vegetal nos serviços ambientais oferecidos por sistemas agroflorestais Effect of vegetable composition in environmental services offered in agroforestry systems. Brazilian Journal of Development, v. 7, n. 6, p. 63362-63382, 2021.

LUEDELING, Eike. et al. Carbon sequestration potential of agroforestry systems in Africa. In: CARBON SEQUESTRATION POTENTIAL OF AGROFORESTRY SYSTEMS. Springer, Dordrecht, 2011. p. 61-83.

MARQUES, A. C.; DENARDIN, V. F. ; REIS, M. S. . As paisagens dos ervais no Planalto Norte Catarinense e a conservação dos remanescentes florestais. Revista Agriculturas (Impresso), v. 11, p. 32-36, 2014.

MARQUES, A. C.; REIS, M. S. ; DENARDIN, V. F. . Yerba Mate Landscapes: Forest use and Socio-environmental Conservation*. AMBIENTE & SOCIEDADE (ONLINE), v. 22, p. 001-022, 2019. https://doi.org/10.1590/1809-4422asoc201702822vu2019L3AO

MARTINS, Tatiana Parreiras; RANIERI, Victor Eduardo Lima. Sistemas agroflorestais como alternativa para as reservas legais. Ambient. soc., São Paulo , v. 17, n. 3, p. 79-96, Set. 2014 .

MAZUCHOWSKI, Jorge Zbigniew; SILVA, Eduardo Teixeira da. ; MACCARI JUNIOR, A. . Effect of light and nitrogen on the growth of Ilex paraguariensis St. Hil . Rev. Árvore, Viçosa , v. 31, n. 4, p. 619-627, Ago. 2007 .

MEDRADO, Moacir Jose Sales et al. Recuperação de ervais degradados. Embrapa Florestas-Comunicado Técnico (INFOTECA-E), 2002. 6p.

MEDRADO, Moacir Jose Sales.; LOURENÇO, Rivial Salvador.; RODIGHERI, Honorino Roque; DEDECEK, Renato Antonio; PHILIPOVSKI, João Felipe; CORREA, Gabriel. Implantação de ervais. Colombo: Embrapa Florestas, 2000a. 26 p.

MEDRADO, Moacir José Sales, et al. Sistemas de poda de formação e produtividade da erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil.) no Município de Áurea, RS. Colombo: Embrapa Florestas, 2000b. 3 p.

MUGNOL, Babiana. Com recomendação de não compartilhar a cuia, consumo de erva-mate cresce 20% no RS. Click RBS - Gaúcha Zh. 2020.

OLIVEIRA, Andrea. Fróes. Galuci. Testes estatísticos para comparação de médias. Revista Eletrônica Nutritime, v. 5, n. 6, p. 777-788, 2008.

PALMA, Viviane Helena. et al. Avaliação da eficiência de sistemas agroflorestais por meio de análises financeiras. BIOFIX Scientific Journal, v. 5, n. 2, p. 203-213, 2020.

PIRES, Damaris Aparecida de Cassia Krul et al. A Erva-Mate no Planalto Norte Catarinense: os compostos bioativos como variável na determinação das especificidades necessárias ao reconhecimento como Indicação Geográfica. DRd-Desenvolvimento Regional em debate, v. 6, n. 2, p. 207-227, 2016.

RACHWAL, Marcos Fernando Gluck. et al. Influência da luminosidade sobre os teores de macronutrientes e tanino em folhas de Erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil.) In: II CONGRESSO SUL-AMERICANO DA ERVA-MATE, 2.; REUNIÃO TÉCNICA DO CONE SUL SOBRE A CULTURA DA ERVA-MATE, 2, 2000, Encantado. Resumos, Encantado, 2000. p. 225.

RAMOS, Roberto Luis Olinto. et al. Instituto brasileiro de geografia e estatística-IBGE. Prod. agric. munic., Rio de Janeiro, v. 43, 2016.

RODIGHERI, Honorino Roque; MOSELE, Sergio Henrique. Importância econômica e renda da erva-mate cultivada. Embrapa Florestas-Artigo em periódico indexado (ALICE), 2000. p.39-44.

ROSSA, Überson Boaretto. et al. Influência da luminosidade e fertilizantes nos teores de metilxantinas e compostos fenólicos em folhas de erva-mate. Ciência Florestal, v. 27, n. 4, p. 1365-1374, 2017

SAHA, Ritesh. et al. Can agroforestry be a resource conservation tool to maintain soil health in the fragile ecosystem of north-east India?. Outlook on agriculture, v. 39, n. 3, p. 191-196, 2010.

SILVA, Cristiane Figueira et al. Arbuscular mycorrhizal fungal communities and soil organic matter in pasture and analog agroforestry systems. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v. 16, n. 2, p. 1-7, 2021.

SMITH, Mark Stafford.; MBOW, Cheikh. Editorial overview: Sustainability challenges: Agroforestry from the past into the future. Current Opinion in Environmental Sustainability, v. 6, p. 134-137, 2014.

SIMINSKI, Alexandre.; SANTOS, Karine Louise; WENDT, Juliano Gil Nunes. Rescuing agroforestry as strategy for agriculture in Southern Brazil. Journal of Forestry Research, p. 739-746, 2016.

VERMEULEN, Sonja.; CAMPBELL, Bruce Morgan; INGRAM, John. Climate change and food systems. Annual review of environment and resources, v. 37, p. 195-222, 2012.

VIEIRA, Ana Rita Rodrigues et al. Influência do microclima de um sistema agroflorestal na cultura da erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil). Revista Brasileira de Agrometeorologia, v. 11, n. 1, p. 91-97, 2003.

WERNECK, F., et al . Uso de esferodensiômetro e fotos digitais para estimar abertura de dossel: um teste metodológico. 2004.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n10-217

Refbacks

  • There are currently no refbacks.