Conhecimento médico no manejo terapêutico das interações medicamentosas / Medical knowledge in the therapeutic management of drug interactions

Isabela Galvão Alves de Lima, Marina Mongruel Mazurek, Rafael Bayouth Padial

Abstract


Os profissionais da saúde, médicos em particular, lidam com as interações medicamentosas a todo momento, podendo estas ocorrerem em variados grupos de pacientes. É importante que os prescritores conheçam além do mecanismo de ação de cada fármaco, levando em consideração sua influência sobre outros medicamentos, seus efeitos no organismo e possíveis variações de acordo com o processo de metabolização individual de cada paciente. Nesse estudo objetivou-se verificar o nível de conhecimento, preocupação e conduta por parte dos médicos e profissionais da saúde acerca dessas interações no dia a dia. Os dados serão coletados a partir de questionários online com perguntas diretas sobre o assunto, esperando-se assim, um certo grau de desconhecimento dos profissionais quanto às interações e o seu manejo. Após a coleta, os dados serão processados e divulgados por meio de gráficos, permitindo uma avaliação e alarme quanto a ocorrência de interações medicamentosas por parte dos profissionais também. Além disso, após o processamento também espera-se conscientizar os profissionais quanto aos riscos passíveis das interações e propor meios de checagem e manejo das mesmas para que se consiga prevenir a ocorrência de casos.


Keywords


Efeitos de Drogas; Médico; Interações de Medicamentos.

References


ANDRADE KVF, Souza AM. Prevalência de interações medicamentosas potenciais em indivíduos hipertensos acompanhados na estratégia de saúde da família. J Health Biol Sci. 2018 Out-Dez; 6(4):405-411.

BARBOSA, Kledson Lopes, Karina Crislane da Silva de Medeiros. Interação medicamentosa: Um agravo à saúde fragilizada. Rev. Aten. Saúde, São Caetano do Sul, v. 16, n. 58, p. 84-92, out./dez., 2018

BRASIL. Lei n° 5991, de 17 de dezembro de 1973.Dispõe sobre o Controle Sanitário do Comércio de Drogas, Medicamentos, Insumos Farmacêuticos e Correlatos, e dá outras Providências. Brasília: Diário Oficial da União, 1973. Disponível em: Acesso em 01 de julho de 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Gabinete do Ministro. Portaria nº 523, de 1 de Junho de 2018. Brasília, 2018.

BRUNE, Maria Fernanda Spegiorin Sala, Ellen Eliane Ferreira, Carlos Kusano Bucalen Ferrari. O Método Dáder na atenção farmacêutica em pacientes hipertensos no município de Pontal do Araguaia-MT, Brasil O Mundo da Saúde, São Paulo - 2014;38(4):402-409

COMITÊ DE CONSENSO. Tercer Consenso de Granada sobre Problemas Relacionados con Medicamentos (PRM) y Resultados Negativos Asociados a la Medicación (RNM). Ars Pharm., Granada, v.48, n.1, p.5-17, 2007.

CORRER, Cassyano Januário, Michel Fleith Otuki, Orenzio Soler. Assistência farmacêutica integrada ao processo de cuidado em saúde: gestão clínica do medicamento. Revista Pan-Amazônica de Saúde 2011; 2 (3): 41-49.

CFM. Código de ética médica . Conselho Federal de Medicina. Brasília-DF: CFM, 2021.

CRM - PR, Conselho Regional De Medicina Do Estado Do Paraná, 08 de ago. de 2021. Disponivel em: . Acesso em: 08 de ago. de 2021.

CUFF, Patricia A., et al. (ed.). Interprofessional education for collaboration: Learning how to improve health from interprofessional models across the continuum of education to practice: Workshop summary. 2013.

DÁDER, Maria José Faus, Carolina Castillo Aguirre, Liliana Uribe Botero, Pedro Amariles, liana Gómez Rojas, Mauricio Vélez Cadavid, BAJA, Talla. Guía de Actuación Farmacéutica en pacientes con. September 2014. DOI: 10.13140/2.1.1427.9680. Edition: 1; Publisher: Medicarte, Grupo de Investigación Promoción y Prevención Farmacéutica

DE MELLO, Uriel Oliveira Massula Carvalho. Utilização de medicamentos por pacientes atendidos em setor de cuidados continuados integrados. Trabalho de conclusão de residência. Campo Grande 2015.

NO BRASIL, Demografia Médica. coordenação, Mário Scheffer; equipe de pesquisa: Aureliano Biancarelli, Alex Cassenote. São Paulo: Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo: Conselho Federal de Medicina, 2011.

DOS PASSOS, Márcia Maria Barros. Interações medicamentosas em pacientes internados na clínica médica de um hospital de ensino e fatores Associados. Rev. Bras. Farm. 93(4): 450-456, 2012

ELLIOTT, Malcolm, Yisi Liu. The nine rights of medication administration: an overview. British Journal of Nursing, vol 19 n. 5, p. 300-305, 2010.

GOMES, ATL, Assis IMS, Silva MF, Costa IKF, Feijão AR, Santos VEP. Erros na administração de medicamentos: evidências e Implicações na segurança do paciente. Cogitare Enferm. 2016 Jul/set; [citado em 29 de abril de 2019]; 21(3):01-11. Disponível em: http://revistas. ufpr.br/cogitare/article/view/44472/pdf

LEÃO, Danyllo Fábio Lessa. Cristiano Soares de Moura. Danielle Souto de Medeiros. Avaliação de interações medicamentosas potenciais em prescrições da atenção primária de Vitória da Conquista (BA), Brasil. Ciênc. saúde coletiva 19 (01) Jan 2014

MAZZOLA, Priscila Gava . Aline Teotonio Rodrigues. Aline Aparecida da Cruz. Mécia de Marialva. Silvia Granja. Simone Cristina Moda Battaglini. Antônio Luis Eiras Falcão. Patricia Moriel. Perfil e manejo de interações medicamentosas potenciais teóricas em prescrições de UTI. R. Bras. Farm. Hosp. Serv. Saúde São Paulo v.2 n.2 15-19 mai./ago 2011

NETO, Luciane Maria Ribeiro; Valter Luiz da Costa Jr.; Walber Toma; Marisa Aparecida Crozara. PREVALÊNCIA EM PRESCRIÇÕES AMBULATORIAIS PARA IDOSOS DE POTENCIAS INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS E MEDICAMENTOS POTENCIALMENTE INAPROPRIADOS. Unisanta Health Science, v. 2, n. 1, p. 19-34, 2018.

OLIVEIRA, Ana Paula Cavalcante de et al. Desafios para assegurar a disponibilidade e acessibilidade à assistência médica no Sistema Único de Saúde. Ciência & Saúde Coletiva [online]. 2017, v. 22, n. 4

RADOSEVIC, N.; GANTUMUR, M.; VLAHOVIC-PALCEVSKI, V. Potentially inappropriate prescribing to hospitalize patients. Pharmacoepidemiology and Drug Safety,.v. 17, n. 7, p. 733-737, 2008.

SANTOS, H. , P. IGLÉSIAS, F. FERNÁNDEZ-LLIMÓS, M. J. FAUS, L. M. RODRIGUES, Panel de Consenso. Segundo Consenso de Granada sobre Problemas Relacionados con Medicamentos. Ars Pharmaceutica 2002

SECOLI, S. R. . Polifarmácia: interações e reações adversas no uso de medicamentos por idosos. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília 2010 jan-fev; 63(1): 136-40

SCHEFFER, M., CASSENOTE, A.; GUERRA, A.; GUILLOUX, A. G. A.; BRANDÃO, A. P. D.; MIOTTO, B.A.; ALMEIDA, C. J.; GOMES, J. O.; MIOTTO, R. A.. Demografia médica no Brasil 2020. São Paulo: FMUSP, CFM, 2020.

SCHEFFER, Mário, et al. Demografia médica no Brasil 2018. 2018.

SCHEFFER, Mario. Demografia médica no Brasil. v. 1. Dados gerais e descrições de desigualdades. In: Demografia médica no Brasil. v. 1. Dados gerais e descrições de desigualdades. 2013. p. 118-118.

SILVA, N. M. O.; CARVALHO, R. P.; BERNARDES, A. C. A.; MORIEL, P.; MAZZOLA, P. G.; FRANCHINI, C. C.. Avaliação de potenciais interações medicamentosas em prescrições de pacientes internadas em hospital público universitário especializado em saúde da mulher, em Campinas-SP. Revista de Ciências Farmacêuticas Básicas e Aplicadas. V. 31. N. 2 P. 171-176. Junho, 2010

SILVA, P. Farmacologia. Oitava edição. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2010 (p.172)

SOUZA, Ana Paula De. A prevalência de interações medicamentosas em idosos institucionalizados e fatores associados. 2019. 73 f.Dissertação (Mestrado em Envelhecimento Humano) - Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, RS, 2019.

VIEIRA, Liliana Batista; 2012, Interações Medicamentosas Potenciais em Pacientes de Unidades de Terapia Intensiva. Rev Ciênc Farm Básica Apl., 2012;33(3):401-408

VIEIRA, Swheelen de Paula et al. A graduação em medicina no Brasil ante os desafios da formação para a Atenção Primária à Saúde. Saúde em Debate [online]. 2018, v. 42, n. spe1 [Acessado 21 Setembro 2021] , pp. 189-207. Disponível em: .

YUNES. Luciana P. Principais Interações Medicamentosas Em Pacientes Da Uti-Adulto De Um Hospital Privado De Minas Gerais. R. Bras. Farm. Hosp. Serv. Saúde São Paulo v.2 n.3 23-26 set./dez. 2011




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n10-218

Refbacks

  • There are currently no refbacks.