Estudo fitoquímico e avaliação da atividade antibacteriana dos extratos das folhas de Persea americana Mill / Phytochemical study and evaluation of the antibacterial activity of Persea americana Mill leaf extracts

Larissa Pâmela Santos Lima, Débora Mariana Dias Maia, Valéria Farias Andrade, Talita Antunes Guimarães, Flávio Júnior Barbosa Figueiredo, Luis Paulo Ribeiro Ruas, Thaisa de Almeida Pinheiro, Thales de Almeida Pinheiro

Abstract


A disseminação de micro-organismos resistentes acarreta um grave problema de saúde pública com impacto direto na economia e gestão de saúde, a resistência bacteriana. Esta problemática tem impulsionado a pesquisa de plantas medicinais como alternativa para a identificação de fármacos antimicrobianos. Frente a isso, o presente estudo teve por objetivo caracterizar o perfil fitoquímico e avaliar a atividade antimicrobiana dos extratos das folhas de Persea americana Mill. originário da cidade de São Francisco, Minas Gerais, Brasil. Para isso, foram realizadas técnicas de análise fitoquímica, a fim de identificar os metabolitos secundários presentes na planta. Para avaliar sua atividade antibacteriana frente aos isolados clínicos de Escherichia coli e Staphylococcus aureus, foi feita a técnica de difusão em disco utilizando um extrato aquoso e um etanólico das folhas de Persea americana Mill na concentração de 1%. Na triagem fitoquímica, foi possível identificar todos os metabolitos secundários pesquisados (taninos, flavonoides, saponinas e cumarinas). Quanto a difusão em disco, o extrato etanólico das folhas de Persea americana Mill não apresentou atividade antimicrobiana contra as bactérias testadas. Já o extrato aquoso indicou atividade antimicrobiana contra a Escherichia coli e Staphylococcus aureus. Diante dos resultados, conclui-se que o extrato aquoso das folhas de Persea americana Mill apresentou bioativos com capacidade de inibir o crescimento das duas bactérias testadas.


Keywords


Persea americana Mill. Atividade antimicrobiana. Metabólitos secundários. Resistência bacteriana.

References


Alegre UCP, Cericato GO, Mario DAN, Fabris V. Conhecimento de cirurgiões dentistas sobre antimicrobianos e resistência bacteriana. Jornal of Oral Ivestigations. 2019; 1 (8):18-33.

Carneiro LF, Khouri AG, Santos SO, Silveira AA, Costa AC, Souza APS. Atribuição do farmacêutico na comissão de controle de infecção hospitalar quanto ao uso de antimicrobianos. Revista Referência em Saúde – FESG. 2019; 3 (2):69-74.

Rodrigues TS, Santos AMR, Lima PC, Moura MEB, Goiano PDOL, Fontinele DRS. Resistência bacteriana à antibióticos na Unidade de Terapia Intensiva: revisão integrativa. Revista Prevenção de Infecção e Saúde. 2018; (4):7350-7366.

O’Neill J. Tackling Drug-Resistant Infections Globally: Final Report and Recommendations. The Review on Antimicrobial Resistance. 2016.

Cardoso PF, Scarpassa JÁ, Giordano LGP, Otaguiri ES, Ogatta SFY, Nakazato G, Perugini MRE, Moreira IC, Bôas GTV. Antibacterial activity of avocado extracts (Persea americana Mill.) against Streptococcus agalactiae. International Journal of Experimental Botany. 2016; (85):218-224.

Fumagali E, Gonçalves RAC, Machado MFPS, Vidoti GJ, Oliveira AJB. Produção de metabólitos secundários em cultura de células e tecidos de plantas: o exemplo dos gêneros Tabernaemontana e Aspidosperma. Revista Brasileira de Farmacognosia. 2008; 4 (18):627-641.

Carsoso JC, Oliveira MEBS, Cardoso FCI. Advances and challenges on the in vitro production of secondary metabolites from medicinal plants. Horticultura Brasileira. 2019; (37):124-132.

Rodrigues FA, Pimenta VSC, Braga KMS, Araújo EG. Obtenção de extratos de plantas do cerrado. Enciclopédia Biosfera, Centro Científico conhecer. 2016; 23 (13):870.

ANVISA. AGENCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. Farmacopeia Brasileira, volume 2. 6° Ed. Brasília, 2019.

Kendir G, Koroglu A. Evaluation of avocado (Persea americana Mill.) leaves in terms of public health. Marmara Pharmaceutical Journal. 2018; 3 (22):347-356.

Adeyemi OO, Okpo SO, Ogunti OO. Analgesic and antiinflammatory effects of the aqueous extract of leaves of Persea americana Mill (Lauraceae). Fitoterapia. 2002; (73):375-380.

Leite JJG, Brito EHS, Cordeiro RA, Brilhante RSN, Sidrim JJC, Bertini L.M, Morais SM, Rocha MFG. Chemical composition, toxicity and larvicidal and antifungal activities of Persea americana (avocado) seed extracts. Revista Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. 2009; 2 (42):110-113.

Castro RD, Freires IA, Ferreira DAH, Jovito VC, Paulo MQ. Atividade antibacteriana in vitro de produtos naturais sobre Lactobacillus casei. International Journal of Dentistry. 2010; 2 (9):74-77.

Silva AB, Melo NFM, Nogueira JR, Martins LNC, Riveros ACG. Perfil fitoquímico e suscetibilidade antibacteriana da Lafoensia pacari Saint-Hilaire (LYTHRACEAE) e Persea americana Mill (LAURACEAE) do cerrado brasileiro. Enciclopédia Biosfera, Centro Científico conhecer. 2016; 24 (13):1276-1283.

Souza CG, Moura AKB, Silva JNP, Soares KO, Silva JVC, Vasconcelos PC. Fatores anti-nutricionais de importância na nutrição animal: composição e função dos compostos secundários. Pubvet. 2019; 5 (13):1-19.

Angelo PM, Jorge N. Compostos fenólicos em alimentos – Uma breve revisão. Revista do Instituto Adolfo Lutz (Impr.). 2007; 1 (66):1-9.

Simões CMO, Schenkel EP, Gosmann G, Mello JCP, Mentz LA, Petrovick PR. Farmacognosia: da planta ao medicamento. Editora da UFRGS. 2010; 6.

Sociedade Brasileira de Farmacognosia (2009). Drogas com Flavonoides e Antocianos. Drogas com Taninos. Drogas com Saponinas. Identificação de Cumarinas. Disponível em: http://www.sbfgnosia.org.br/Ensino/index.html. Acesso em: 15 de mai. 2020.

NCCLS. Performance Standards for Antimicrobial Disk Susceptibility Tests; Approved Standard- Eighth Edition. NCCLS document M2-A8 [ISBN 1-56238-485-6]. NCCLS, 940 West Valley Road, Suite 1400, Wayne, Pennsylvania 19087-1898 USA, 2003.

Azevêdo TKB, Paes JB, Leandro C, Santana GM. Teor de Taninos Condensados Presente na Casca de Jurema-Preta (Mimosa tenuiflora) em Função das Fenofases. Florest Ambient. 2017; (24).

Santiago MCPA, Anjos MR, Jeseus MSC, Souza MLM, Pacheco S, Bizzo HR. Análise e caracterização de taninos condensados por cromatrografia líquida. Brazilian Journal of Development. 2020; 8 (6):61446-61462.

Pereira NLF, Aquino PEA, Silva MR, Nascimento EM, Grangeiro ARS, Oliveira CDM, Tintino SR, Figueiredo FG, Veras HNH, Menezes IRA. Efeito antibacteriano e anti-inflamatório tópico do extrato metanólico de Chenopodium ambrosioides L. Revista Fitos. 2015; 2 (9):73-159.

Fernandes BF, Gonçalves HR, Guimarães MR, Alves AA, Bieski IGC. Estudo Etnofarmacológico das plantas medicinais com presença de saponinas e sua importância medicinal. Revista de Saúde da AJES. 2019; 9 (5).

Silva WA, Mousinho KC, Bandeira MAM, Costa MAS, Sobreira RCB, Silva TMS. Perfil fitoquímico e avaliação toxicológica Cronton heliotropiifolius à Artemia salina Leach. Brazilian Journal of health review. 2020; 4 (3):10580-10590.

Sobota JF, Pinho MG, Oliveira VB. Perfil físico-quimico e atividade antioxidante do cálice da espécie Hibiscus sabdariffa L. a partir do extrato aquoso e alcoólico obtidos por infusão e decocto. Revista Fitos. 2016; 10 (1):1-93.

Moreno AH, Possebon L, Sant’Ana M. Efeito inibitório do extrato alcoólico de Persea americana (Mill.) sobre diferentes bactérias causadoras de infecções gastrintestinais. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada. 2017; 1 (38).

Tiwari P, Kumar B, Kaur M, Kaur G, Kaur H. Phytochemical screening and extraction: a review. Intern Pharm Science. 2011; 1 (1):98-106.

Silva AD, KL, Pagno AR, Piana M. Atividade antimicrobiana de flavonoides: uma revisão de literatura Revista Interdisciplinar em Ciências da Saúde e Biológicas. 2020; 4 (1):51-65.

Goes TZF, Gonçalves APP, Cunha PNA, Vieira GD, Nicolete R, Hernánedez AEF, Teles CBG. Prospecção Fitoquímica e antimicrobiana dos extratos de Lantana Camara L. e Lantana Trifolia L.. Revista Saber Científico. 2016; 1 (5):1–11.

Gonçalves APP, Vieira GD, Cunha PNA, Kissler TVL, Hernánedez AEF, Teles CBG. Phytochemical characterization and antimicrobial activity of Solanum subinerme (Solanaceae) extracts. Rev. Bras. Pesq. Saúde. 2016; 18 (2):8-16.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n10-230

Refbacks

  • There are currently no refbacks.