Aspectos sociais, afetivos e cognitivos no jogo: implicações para a aprendizagem na educação básica na perspectiva da teoria piagetiana / Social, affective and cognitive aspects in game: implications to reflect upon the learning in the Elementary School: a study in the Piagetian theory

Ana Carolina Mexia Aleixo, Francismara Neves de Oliveira, Ana Cristina da Silva Amado, Guilherme Aparecido de Godoi, Sergio Luis Evangelista de Almeida

Abstract


Apoiado na epistemologia genética de Jean Piaget, o ensaio é fruto de estudo teórico que identificou na literatura, pesquisas que discutiram o jogo em sua relação com a aprendizagem e o desenvolvimento. Objetivou identificar aspectos sociais, afetivos e cognitivos que podem servir de base para o trabalho pedagógico do professor. Como problema de pesquisa levantou- se a seguinte questão: quais aspectos cognitivos, sociais e afetivos apresentados se relacionam com os processos de escolarização no Ensino Fundamental? Considerando que o conhecimento é construído por meio de processos que evidenciam crescente e gradativo aprimoramento, os aspectos cognitivos, sociais e afetivos, resultantes das interações entre o sujeito e o objeto e entre os pares, se integram no que é denominado estrutura de pensamento. O jogo se enquadra entre os instrumentos importantes à evolução do pensamento e às aprendizagens em todas as culturas e tempos históricos. Neste estudo destaca-se o jogo para o Ensino Fundamental reconhecendo seu valor pedagógico. Esse período da escolarização apresenta modificações estruturais importantes, pois os processos mentais se tornam lógicos, com ações reversíveis na resolução de problemas de conservação, seriação, classificação, inclusão e são base na formulação da compreensão dos conteúdos escolares. Destaca-se, ainda que resumidamente, alguns aspectos cognitivos, sociais e afetivos identificados nos estudos consultados, necessários a alunos em situações de aprendizagem. Conclusivamente, afirma-se que no referencial teórico piagetiano os jogos em seus diferentes tipos, compõem as estruturas de pensamento e favorecem construções que integram as dimensões sociais, cognitivas e afetivas, o que pode ser posto analogamente às situações de aprendizagem escolar que também não são puramente intelectuais, mas envolvem os afetos e a socialização entre pares e são considerados, portanto, instrumentos do trabalho pedagógico escolar.


Keywords


Desenvolvimento Social, afetivo e cognitivo; Aprendizagem; Jogo; Teoria piagetiana.

References


CARVALHO, Luciana Ramos Rodrigues de. OLIVEIRA, Francismara Neves de. Quando o jogo na escola é bem mais que jogo: possibilidades de intervenção pedagógica no jogo de regras Set Game set game. Rev. bras. Estud. pedagog. (online), Brasília, v. 95, n. 240, p. 431- 455, maio/ago. 2014.

CARVALHO, Luciana Ramos Rodrigues de. Oficinas com o jogo Set na sala de apoio à aprendizagem como espaço para pensar a resiliência. 2013. 186 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina. 2013.

DINIZ, E.; KOLLER, S. H. O afeto como um processo de desenvolvimento ecológico.

Educar, Curitiba, n. 36, p. 65-76, 2010. Editora UFPR, 2010.

GOMES, Katila Fernanda. O lúdico na escola: atividades lúdicas no cotidiano das escolas no ensino fundamental I no município de Araras. Rio Claro, 2009.

MACEDO, Lino de. Os jogos e sua importância na escola. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n.93, p. 5-10, 1995.

MACEDO, Lino de. A questão da inteligência: todos podem aprender? Em Marta Kohl de Oliveira, Denise Trento R. Souza e Teresa Cristina Rego (Orgs.). Psicologia, educação e as temáticas da vida contemporânea. São Paulo: Editora Moderna, 2002 (Capítulo 5).

MATUI, Jiron. Construtivismo: teoria construtivista sócio histórica aplicada ao ensino. São Paulo: Moderna, 1995.

OLIVEIRA, F. N. de. Um estudo das interdependências cognitivas e sociais em escolares de diferentes idades por meio do jogo xadrez simplificado. 2005. Tese (doutorado em Educação) – Unicamp, Campinas, 2005.

PETTY, Ana Lúcia Sícoli; SOUZA, Maria Thereza Costa Coelho de; MONTEIRO, Tamires Alves. Intervenção com jogos em processos de desenvolvimento e aprendizagem. Psicol. educ., São Paulo , n. 49, p. 31-39, dez. 2019.

PIAGET, Jean. A formação do símbolo na criança: imitação, jogo e sonho, imagem e representação (Cabral, A.; Oiticica, C.M., Trad.). 2a Ed. Rio de Janeiro: Zahar; Brasília: INL, 1975.

SARAVALI, Eliane. G. GUIMARÃES, Karina.P. Dificuldades de Aprendizagem e conhecimento: um olhar à luz da teoria piagetiana. Olhar de professor, Ponta Grossa, 10(2): 117.-139, 2007.

WADSWORTH, Barry J. Inteligência e Afetividade da Criança na Teoria de Piaget. São Paulo: Pioneira, 5ª ed. revista,1997,2ª tiragem,1999.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n10-305

Refbacks

  • There are currently no refbacks.