Avaliação bibliométrica dos benefícios e desafios para obtenção de indicação geográfica do mel no sul do estado de Rondônia / Bibliometric evaluation of the benefits and challenges for obtaining a geographical indication for honey in the south of Rondônia state

Raquel Nogueira de Moraes, Aurélio Ferreira Borges, Marcel Eméric Bizerra de Araújo, Marcos Aurélio Anequine de Macêdo, Edilberto Fernandes Syryczyk, Edmar da Costa Alves, Cléver Reis Stein Stein

Abstract


A Indicação Geográfica (IG) é direito de Propriedade Intelectual de uso coletivo. O prestígio do mel de abelhas de Vilhena-RO abriu oportunidades para a aquisição de sua IG. Rondônia ocupa a 8ª posição no ranking nacional, com faturamento de R$ 2,5 milhões/ano, realizado por 400 apicultores. A pesquisa será quanti-qualitativa, aplicada, descritiva e não experimental. Será desenvolvido e testado questionário que servirá de instrumento para a seleção de perguntas da entrevista semiestruturada. Os dados serão coletados junto a agricultores familiares do Território Rural Cone Sul-RO (TRCS) e do Território Rural Grande Cáceres-MT (TRGC). Pretende-se a produção dos produtos Artigo Tecnológico e aplicativo Podcast[1].


 


Keywords


Indicação Geográfica, Rondônia, Mel.

References


CARVALHO, Josué Pires de; AREVALO, Jorge Luis Sanchez; PASSADOR, João Luiz. Interfaces e mudanças no processo de institucionalização do café especial no Brasil. Gest. Prod., São Carlos, v. 27, n. 2, e4751, 2020. Disponível em . Acesso em 07 de maio de 2021. Epub em 03 de julho de 2020. https://doi.org/10.1590/0104-530x4751-20.

CARVALHO, Saulo Rodrigues. PODCAST COMO RECURSO PEDAGÓGICO NO ENSINO REMOTO. Revista Aproximação, v. 2, n. 5, 2020.

CORADINI, Neirimar Humberto Kochhan; BORGES, Aurélio Ferreira; DUTRA, Charles Emerick Medeiros. Tecnologia educacional podcast na educação profissional e tecnológica. Revista eletrônica científico ensino interdisciplinar, 2020, 6.16: 216-230.

DALLABRIDA, Valdir Roque; BAUKART, Kelly Samantha; GUINZANI, Walison. Signos distintivos territoriais e indicação geográfica: uma avaliação de experiências com a aplicação de instrumental metodológico. Interações (Campo Grande), v. 21, n. 1, p. 195-211, Mar. 2020. Available from . Access on 07 May 2021. Epub Feb 27, 2020. http://dx.doi.org/10.20435/inter.v21i1.2635.

DA SILVA FLORÊNCIO, Márcio Nannini et al. Análise do Potencial de Indicação Geográfica: o caso do Polo Moveleiro de Marco (CE). Cadernos de Prospecção, v. 14, n. 2, p. 664, 2021.

EMATER RO. Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia. (2019).

GÜNTHER, Harmut. Como elaborar um questionário. Brasília: UnB, 2003. Disponível em: http://www.ic.unicamp.br/~wainer/cursos/2s2006/epistemico/01Questionario.pdf. Acesso em: 21 abr. 2021.

HERNÁNDEZ-SAMPIERI, Roberto; TORRES, Christian Paulina Mendoza. Metodología de la Investigación. Cidade do México: McGraw-Hill Interamericana, 2018.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2016).

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2019).

LIKERT, Rensis. A technique for the measurement of attitudes. Archives of psychology, 140: 1-55,

Disponível em:

/>. Acesso em 3 setembro, 2021. doi: 10.1111/j.1540-5834.2010.00585.x.1932.

MATOS, Ligia Aparecida Inhan; ROVERE, Renata Lèbre La. Tipos de conhecimento regional protegidos pelas instituições na indicação de procedência Canastra (MG). Rev. Econ. Sociol. Rural, Brasília, v. 58, n. 2, e188623, 2020. Available from . Access on 07 May 2021. Epub June 24, 2020. https://doi.org/10.1590/1806-9479.2020.188623.

MAUÉS, Adriana Araújo. Ostra de Florianópolis: vantagens e desafios para obtenção de uma indicação geográfica. Dissertação (Mestrado Profnit) - Centro Sócio Econômico, Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, p. 89. 2020.

MOLINA, Marcela S. Las indicaciones de origen geográfico de vinos en la legislación argentina. Revista de la Facultad de Derecho, n. 49, 2020.

MOTA, Luciana Serra da Silva; SERUFFO, Heloísa Helena da Rocha; ROCHA, Carlos Alberto Machado da. Prospecção Tecnológica de Theobroma grandiflorum: mapeamento de tecnologias geradas a partir do Cupuaçu. Cadernos de Prospecção, v. 13, n. 3, p. 733, 2020.

MOTTA, Gustavo da Silva. Como Escrever um Bom Artigo Tecnológico? Rev. adm. contemp, v. 21, n. 5, p. 4-8, Oct. 2017. Available from . access on 07 May 2021. https://doi.org/10.1590/1982-7849rac2017170258.

OLIVEIRA, Diego Francisco de Mesquita; RODRIGUES, Thiago Machado. Análise Prospectiva do Caju: mapeamento tecnológico por meio de pedidos de patentes. Cadernos de Prospecção, v. 13, n. 3, p. 852, 2020.

PELLIN, Valdinho. Indicações Geográficas e desenvolvimento regional no Brasil: a atuação dos principais atores e suas metodologias de trabalho. Interações (Campo Grande), v. 20, n. 1, p. 63-78, 2019. Available from . access on 07 May 2021. Epub Apr 08, 2019. https://doi.org/10.20435/inter.v20i1.1792.

REZENDE, Alessandro Teixeira et al. Escala de Crenças Gerais Conspiratórias (ECGC): Desenvolvimento e Evidências Psicométricas. Avaliação Psicológica, v. 20, n. 2, p. 127-138, 2021.

SANTOS, Claudomiro Almeida; GAYOZO, Bruna Aparecida Azevedo. Podcast em salas virtuais. IntegraEaD, v. 2, n. 1, p. 9-9, 2020.

SANTOS, F. C. G. dos; KALID, R. de A. Technological prospecting: a study of technologies applied to cocoa processing and derivatives. Research, Society and Development, [S. l.], v. 9, n. 3, p. e56932354, 2020. DOI: 10.33448/rsd-v9i3.2354. Disponível em: https://www.rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/2354. Acesso em: 14 jun. 2021.

SANTOS, Priscila Carvalho et al. Adaptação transcultural e investigação psicométrica da Escala de Estresse na Alimentação de Salzburg (SSES) para uma amostra de adultos brasileiros. Cadernos de Saúde Pública, v. 37, p. e00025321, 2021.

SILVA, Emi; VASCONCELOS, Paulo. Indicações geográficas: análise do regime nacional e internacional. Dissertação. (Mestrado em Contabilidade e Administração do ISCA) - Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto. Porto, p. 77. 2021.

SURVEYMONKEY. Calculadora de tamanho de amostra. [2018]. Calculadora online. Disponível em: https://pt.surveymonkey.com/mp/sample-size-calculator. Acesso em: 19 abr. 2021.

VIANNA, L. F. de N., PANDOLFO, C., KROTH, L. T., Vieira, H. J.., DORTZBACH, D., GOULART JUNIOR, R., GERBER, R. M., KÖENE, T. T., VIEIRA, V. F., & de MELLO, M. A. (2021). Indicações Geográficas (IG) e outros signos distintivos: conceitos, aplicações e adequação aos produtos agropecuários em Santa Catarina. Documentos, (336). Recuperado de https://publicacoes.epagri.sc.gov.br/DOC/article/view/1145. 2021.

VOLPATO, Gilson. Ciência além da visibilidade: ciência, formação de cientistas e boas práticas. Botucatu: Best Writing, 2017. 210p.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n10-321

Refbacks

  • There are currently no refbacks.