Colibacilose Aviária: Revisão de Literatura / Avian Colibacillosis: Literature Review

Karolyna Mattes Maiorki, Nelson Massaru Fukumoto

Abstract


A indústria avícola segue crescendo no Brasil e conforme ocorre o aumento da produção e do consumo da carne de frango, ocorre também o aumento da preocupação com saúde e bem-estar dos animais. A prevenção de doenças e controle de microrganismos são cuidados que devem crescer juntamente com a produção. Dentre diversos patógenos importantes na avicultura, a Escherichia coli é um dos principais, podendo atuar tanto como agente primário como secundário. Essa infecção causada pela APEC ocorre através da inalação de aerossóis que contém a bactéria, podendo ocasionar uma infecção leve, causando uma diarreia fétida, amarelada e pastosa, ou pode ocorrer de forma aguda, tendo uma rápida evolução, atingindo vários órgãos, causando colisepticemia, podendo levar a morte rapidamente. A perdas se devem tanto a condenações nos abatedouros, de carcaça e de vísceras, quanto a elevada mortalidade, custos com tratamento, diminuição da conversão alimentar e intensificação de doenças respiratórias causadas por outros agentes. Alguns fatores podem levar ao agravamento do quadro por comprometerem a reparação epitelial e deprimirem as defesas locais, sendo esses: estresse, poeira, concentração de gases, doenças intercorrentes respiratórias e imunossupressoras, que facilitam a instalação de agentes secundários como a Escherichia coli. Diversas amostras de E.coli de origem aviária, vem apresentando resistência múltipla aos antimicrobianos, devido a isso os probióticos, prebióticos e óleos essenciais vem se tornando boas alternativas, pois atuam no equilíbrio e restauração da microflora intestinal.


Keywords


Avicultura, Escherihia coli, APEC, colisepticemia.

References


ABPA. Associação Brasileira de Proteína Animal. Relatório anual 2021. Disponível em: . Acesso em: 25 mai. 2021.

ALMEIDA, A. M. S.; LEONÍDIO, A. R. A.; ANDRADE, M. A. Associação dos Quadros Anatomopatológicos de Colibacilose Aviaria com Genes de Virulência de Escherichia Coli. Veterinária em Foco, Canoas, v. 13, n. 2, p. 113-131, jan./jun. 2016.)

BACK, A. Manual de doenças de aves. Cascavel: Alberto Back, 2010. 311 p.

BARBIERI, Nicolle Lima. Resistência a antibióticos, prevalência dos fatores associados à virulência, tipagem filogenética e perfil filogenético de isolados de Escherichia coli patogênica aviária. 2010, 113 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010.

BARNES, H. J.; NOLAN, L. K.; VAILLANCOURT, J. Colibacillosis. In: SAIF, Y. M.; FADLY, A. M.; GLISSON, J. R; MCDOUGALD, L. R.; NOLAN, L. K.; SWAYNE, D. E. Diseases of poultry. 12.ed. Iowa: Iowa State University Press, p.691-738, 2008.

BORGES, Vívian Palmeira. Principais lesões macro e microscópicas em frangos de corte condenados por caquexia em abatedouro: contribuição ao diagnóstico. 2006. xv, 102 f. Dissertação (Mestrado em Medicina Veterinária) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2006.

CAMARGOS, Angelica. Colibacilose aviária: desafio constante. Agrocere Multimix, 27 ago. 2019. Disponível em: Acesso em 02 set. 2021.

CASAGRANDE, R. A., MACHADO, G., GUERRA, P. R., CASTRO, L. A., SPANAMBERG, A., SILVA, S. C., CARDOSO, M. R. I,. Caracterização anatomopatológica e bacteriológica em frangos de corte condenados totalmente por colibacilose sob Serviço de Inspeção Federal. Pesq. Vet. Bras., v. 37, n. 9, p. 949-957, set. 2017.

FERREIRA, A. J. P.; KNOBL, T. Colibacilose. IN: JUNIOR, A. B.; SILVA, E. N.;FÁBIO, J. D.; SESTI, L. ZUANAZE, M. A. Doença das aves. 2 ed. Campinas: Fundação APINCO. p.457-471, 2009.

FERREIRA, A. J. P., REVOLLEDO, L.; FERREIRA, C. S. A. Colibacilose. In: REVOLLEDO, L.; FERREIRA, A. J. P. Patologia aviária. Cap. 7. Barueri: Manole Ltda., 2009. p.67-74.

GOMES, D. S.; MARTINEZ, A. C. Colibacilose Aviária em Frangos de Corte: Revisão de Literatura. Revista de Ciência Veterinária e Saúde Pública, v. 4, p. 131-136, 26 maio 2017.

GUASTALLI, E. A. L.; SOARES, N. M. Colibacilose Aviária. Instituto Biológico: Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento de Bastos, 2011. (INSTITUTO BIOLÓGICO. Comunicado Técnico, 150).

LA RAGIONE, R. M. & WOODWARD, M. J. Virulence factors of Escherichia coli sero types associated with avian colissepticemia. Research in Veterinary Science, 73: 27-35, 2002.

LÚCIO, Nelson Ferreira. Colibacilose das aves. Nelson Ferreira Lucio Blogspot, 16 jul. 2016. Disponível em Acesso em 02 set. 2021.

POINTS, J. et al. Forensic issues in the analysis of trace nitrofuran veterinary residues in food of animal origin. Food Control, v.50, p.92-103, 2015.

RISTOW, Luiz Eduardo. Síndrome da Cabeça Inchada. TECSA Laboratórios (TECSA, Informativo Técnico, 2017). Disponível em: . Acesso em 14 set. 2021.

ROCHA, Sílvio Luís da Silveira. Classificação de escherichia coli patogênica aviária (apec) e de escherichia coli uropatogênica (upec) em grupos filogenéticos associados com a patogenicidade. 2017. 85f. Tese (Doutorado em Ciências Veterinárias) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.

ROCHA, Tatiane Martins. Genes de virulência em escherichia coli isolada de frangos de corte de criações industriais e alternativas. 2013. 85f. Tese (Doutorado em Ciência Animal) – Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2013.

RODRIGUES, W. O. P.; GARCIA, R. G.; NÄÄS, C. O. R. CALDARELLI, C. E. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, Centro Científico Conhecer - Goiânia, v.10, n.18; pp. 1666-1684, mai/jul., 2014.

SALLES, Gleidson. Os impactos causados pela colibacilose podem ser sentidos em toda a cadeia de produção. Zoetis 02 jun. 2020. Disponível em Acesso em 02 set. 2021.

SANTOS, Helton Fernandes dos; LOVATO, Maristela. Doenças das Aves. LEXINGTON: Kindle Direct Publishing, 2018.

SILVA, Phellipe Roges Marengo. Relatório do Estágio Curricular Supervisionado em Medicina Veterinária. 2016. 55f. Relatório de Estágio (Bacharel em Medicina Veterinária). Universidade Federal do Pampa, Uruguaiana, 2016.

SILVA, Ricardo Mendes da. Escherichia Coli em Aviários, Celulites e Fígados de Frango e suas consequências para a Avicultura. 2015. 107f. Tese (Doutorado em Biociência Animal) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2015.

VIDOTTO, M. C., NAVARRO, H. R. & GAZIRI, L. C. J. Adherence pili of pathogenic strains of avian Escherichia coli. Veterinary Microbiology, 59: 79-87, 1997.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n10-332

Refbacks

  • There are currently no refbacks.