Investigação do sexo e idade através de mensurações em clavículas secas de adultos / Investigation of sex and age by measurements on adult dry clavicles

Francarlos de Oliveira Souza, Ygor Ribeiro de Medeiros, Iôgo Pereira Torres, Eva Pales Amorim Neta, Erasmo de Almeida Jr, Luís Carlos Cavalcante Galvão

Abstract


Introdução - A Medicina Legal e a Odontologia Legal têm grande importância no processo de identificação, principalmente quando os profissionais da área recebem para análise esqueleto completo ou ossos isolados. O objetivo deste estudo foi verificar o dimorfismo sexual e estimação da idade através de mensurações utilizando clavículas secas de adultos. Material e Métodos - Os autores estudaram uma amostra de 137 clavículas secas de adultos, sendo 68 do sexo masculino e 69 do feminino, que pertenceram a indivíduos com faixa etária entre 20 e 95 anos, com sexo e idade conhecidos com absoluta segurança. Os ossos pertencem ao acervo do Laboratório de Anatomia Humana  da Faculdade de Medicina da FAP-Araripina.  Para este estudo foram realizadas as seguintes medidas: peso da clavícula (pc) e comprimento total da clavícula (ctc). Resultados - De acordo com a análise estatística, houve índice de acerto de 85,8% por regressão logística e 76,63% pela análise de função discriminante. Através do teste t observou-se diferença significativa entre as médias e intervalos de confiança (p= < 0,0001). Utilizou-se também o método da regressão linear múltipla para a predição da idade, constatando que o modelo  foi significativo para este fim (p=0,0022). Conclusões – Os resultados permitiram uma análise quantitativa dos ossos estudados e seu comportamento em relação ao sexo  e idade com estabelecimento de metodologia estatística para avaliação futura.   

 


Keywords


Morfometria, Sexo, Idade, Clavícula.

References


AKHLAGHI, M; MORADI, B; HAJIBEYGI, M. Sex determination using anthropometric dimensions of the clavicle in Iranian population. J Forensic Leg Med; v.19, n. 7, p. 381-5, 2012.

ALCINA, M. et al. Dimorfismo sexual de la clavícula: un estudio basado en una amuestra actual española; v. 33: p. 30-43. 2012

FRANÇA, G.V. Medicina Legal. 5 ed., Guanabara Koogan, Rio de Janeiro, 1998.

FRANCESQUINI JUNIOR, L. et al. Identification of sex using cranial base measurements. J Forensic Odontostomatol., v. 25, n.1, p.7-11, 2007.

GALVÃO, L.C.C. Determinação do sexo através da curva frontal e apófise mastoide. 1998. Tese (Doutorado em Radiologia Odontológica) - Faculdade de Odontologia, Universidade de Campinas, São Paulo, Piracicaba, 1998.

KIMMERLE, E.H.; ROSS, A.; SLICE, D. Sexual dimorphism in America: geometric morphometric analysis of the craniofacial region. J Forensic Sci., v.53, n.1, p. 54-7,2008.

KRÁLÍK, M; URBANOVÁ, P; WAGENKNECHTOVÁ, M. Sex assessment using clavicle measurements: inter and intra-population comparisons. Forensic Sci Int., v. 234, n.181, p.1-15, 2014.

NASCIMENTO, E.A et al. Estimativa do sexo por meio de análises morfológicas e métricas da segunda vértebra cervical em esqueletos humanos. Brazilian Journal of Development. v. 7, n. 5, p. 48857-48876, 2021.

PAPAIOANNOU, V.A et al. Sexual dimorphism of the scapula and the clavicle in a contemporary Greek population: applications in forensic identification.Forensic Sci Int., v. 217, n.1-3, p.1-7, 2012

SILVA, C.R.X et al. Avaliação morfométrica de esternos pertencentes a esqueletos humanos brasileiros identificados. Brazilian Journal of Development. v. 7, n. 8, p.81040-81054, aug. 2021.

VEYRE-GOULET, S.A. et al. Recent human sexual dimorphism study using cephalometric plots on lateral teleradiography and discriminant function analysis. J Forensic Sci., v.53, n.4, p. 786-9, 2008.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n10-353

Refbacks

  • There are currently no refbacks.