Programa saúde na escola – ações de combate ao mosquito Aedes aegypti / Health in the school program - Aedes aegypti fighting actions

Taiana Gabriela Barbosa de Souza, Alex Martins Machado, Antonio Pancracio de Souza

Abstract


O A. aegypti adaptou-se muito bem ao clima brasileiro o que favorece sua disseminação por todo o território, algo que somado a falta de iniciativas efetivas contra a sua proliferação acaba propiciando a ocorrência de epidemias em praticamente todo o país. O que mostra a carência de novas iniciativas que possam melhorar tal panorama. Afinal, é preciso que a população tenha contato com o conhecimento científico de uma maneira palpável com a finalidade de que isto ajude em sua atuação sobre controle deste mosquito. Portanto, a iniciativa de desenvolver uma cartilha pedagógica durante o período de um ano por meio do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBIT) da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Esta que é intitulada “ Programa Saúde na Escola: Ações de combate ao mosquito Aedes aegypti” a fim de contemplar a Portaria Interministerial 1.055, de 25 de abril de 2017 que inclui ações de combate ao Aedes a. no Programa Saúde nas Escolas. O que ocorreu em quatro etapas: escolha do conteúdo, baseado na literatura científica; preparação dos assuntos a serem abordados com o público alvo; criação das ilustrações e formatação da cartilha. O trabalho resultou em uma cartilha concisa de 16 páginas que oferece textos base e indicações de dinâmicas e oficinas para a abordagem das temáticas selecionadas.

 

 


Keywords


Educação em saúde, Metodologia, Arboviroses.

References


ASSIS, S. S; PIMENTA, D. N; SCHALL, V. T. Conhecimentos e práticas educativas sobre dengue: a perspectiva de professores e profissionais de saúde. Ensaio, Belo Horizonte, v.15, n. 1, p. 131-153, jan./abr. 2013.

ASSUNÇÃO, M. L; AGUIAR, A. M. M; Perfil clínico-epidemiológico da dengue no município de Juscimeira . Rev Epidemiol Control Infect. Pág. 249-253. Out/Dez, 2014.

BRASIL, Ministério da Saúde. Bolhetim epidemiológico. V.48 n°5, 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. Ministério da Saúde. Portaria Interministerial MEC e MS - 1.055, de 25 de abril de 2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de vigilância em saúde. Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais. Adolescentes e jovens para a educação entre pares: metodologias. Saúde e prevenção nas escolas. Ministério da Saúde. Brasília, DF. v 3. 2011. 40 p.

CARVALHO, M. A. P; Construção compartilhada do conhecimento: análise da produção de material educativo. In: Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa. Departamento de Apoio à Gestão Participativa. Caderno de educação popular em saúde. Brasília; 2007. p. 91-101.

GARDNER, H; Inteligências múltiplas. A teoria na pratica. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995. Apud SARAIVA, L. B; OLIVEIRA, A. S; Recomendações para desenvolvimento de interface para estimulação das inteligencias multiplas em crianças de 3 a 5 anos. Blucher Design Proceedings. n 2, vol. 9. Out, 2016.

GOMES, A. C. de A;TAVARES, D. R. A. L; BEYRUTH, G. P; PALERMO, T. A. De C; SANTOS, C. M; Educação em Saúde Para Prevenção e Controle do Aedes Aegypti. Biológicas & Saúde, [S.l.], v. 7, n. 24, jul. 2017. ISSN 2236-8868.

LIMA-CAMARA, T. N. Arboviroses emergentes e novos desafios para a saúde pública no Brasil. Rev Saúde Pública, São Paulo, v. 50, Epub June 27, 2016.

MARQUES F. R. B.; Desenvolvimento infantil. Material didático. Campo Grande, MS: UFMS, 2017.

MORIN, E. Os sete saberes necessário à educação do futuro. São Paulo: Cortez; Brasília: UNESCO, 2000. Apud RIBEIRO, A. G; FILHO, H. V. A; ALVES, L. M. N; A tecnologia como intrumento facilitador da relação ensino aprendizagem de matemática. II Seminário Científico da FACIG e I Jornada de Iniciação Científica da FACIG. Nov 2016.

RODRIGUES, O. M. P. R; MELCHIORI, L. E; Aspectos do desenvolvimento na idade escolar e na adolescência. Acervo digital UNESP. Set 2014.pg. 1-5.

SANTOS, A. C. G; RAMOS, F. Z; Uso de uma sequência didática para apropriação de conhecimentos sobre a biologia e controle do Aedes aegypti. R. Labore Ens. Ci., Campo Grande, v.1, n. especial, 2016, pg. 112-125. ISSN 2526-785X




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n10-215.

Refbacks

  • There are currently no refbacks.