Distanciamento social e isolamento durante a pandemia de COVID-19: medidas de prevenção e fatores que impactaram na adesão/ Social distance and isolation during the COVID-19 novel: prevention measures and impact factors

Rafael Oliveira Moraes, Geovanna Azevedo Gonçalves, João Vitor Moura Poggian, Glavilly Kelly Rodrigues Rocha, Maria Luiza de Barba

Abstract


A primeira notificação do surto de doença respiratória relacionadas a uma nova variante de Coronavírus, denominada SARS-CoV-2, ocorreu em 31 de dezembro de 2019. Em 11 de março de 2020 a Organização Mundial da Saúde declarou a Covid-19 como uma pandemia, com rápida disseminação. Ainda sem informações plenas sobre a história natural, nem medidas de efetividade inquestionáveis para manejo clínico dos casos de infecção humana, com letalidade variando, restam muitas dúvidas sobre o curso natural da doença. Dentre as ações instituídas destacam-se as medidas de prevenção e mitigação da transmissão. Este estudo analisou os processos de mudança transcorridos na conjuntura da política de saúde nacional em decorrência da evolução da pandemia da Covid-19, abordando protocolos de distanciamento social e isolamento e medidas de prevenção. Trata-se de uma pesquisa documental exploratória, de abordagem qualitativa, por meio da análise de publicações científicas e reportagens publicadas em veículos de comunicação e mídia social, desde o início da pandemia. Foram analisadas por seu conteúdo 134 publicações dentre documentos científicos e reportagens, sendo extraídas as informações que compuseram os diferentes núcleos de sentido, destacando-se os ensinamentos e repercussões sociais, econômicas, psicológicas, físicas e no cotidiano. Pode-se perceber mudanças importantes na condução das políticas públicas de saúde durante o avanço da pandemia, com impactos significativos nas proposições de medidas de distanciamento social e protocolos de manejo clínico conforme novas publicações científicas foram disponibilizadas. Dada a importância e magnitude do tema estudado, sugere-se o aprofundamento das discussões e realizações de novas pesquisas. 


Keywords


COVID-19, Políticas de Saúde, Sistema Único de Saúde.

References


AQUINO, E. M. L. et al. Medidas de distanciamento social no controle da pandemia de COVID-19: potenciais impactos e desafios no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva [online]. 2020, v. 25, suppl 1, pp. 2423-2446. Disponível em: .

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1979.

BARRETO, I.C.H.C.; COSTA,V.; RAMOS, R.F.; OLIVEIRA, L.G.; MARTINS, N.R.A.V.; CAVALCANTE, F.V.; ANDRADE, L.O.M.; SANTOS, L.M.P. Colapso na Saúde em Manaus: o fardo de não aderir às medidas não farmacológicas de redução da transmissão da COVID-19. Fev de 2021. Disponível em: https://preprints.scielo.org/index.php/scielo/ preprint/ view/1862

BEECHING, N. J.; FLETCHER, T. E.; FOWLER, R. Coronavirus disease 2019 (COVID- 19) [Internet]. BMJ Best Practice, fev. 2020. Disponível em: .

BEZERRA, A.C.V. et al. Fatores associados ao comportamento da população durante o isolamento social na pandemia de COVID-19. Ciência & Saúde Coletiva [online]. v. 25, suppl 1, pp. 2411-2421. 2020. Disponível em: .

BOTERO, J.P. et al. Impact of the COVID-19 pandemic stay at home order and social isolation on physical activity levels and sedentary behavior in Brazilian adults. Einstein (São Paulo) [online]. 2021, v. 19 [Acessado 31 Agosto 2021] , eAE6156. Disponível em: .

BRASIL. Ministério da Saúde. Infecção humana pelo SARS-COV-2 (doença pelo Coronavirus-COVID19): versão 2. 2020a.

BRASIL. Ministério da Saúde. Critérios Protocolo de manejo clínico do novo Coronavírus (covid-19) na atenção primária à saúde. 1. ed. Brasília, 2020b.

BRASIL. Ministério da Saúde. Covid-19 - Estratégia de Gestão de Riscos: critérios de distanciamento social. Ed. Brasília, 2020c.

CÂMARA, S. F. et al. Vulnerabilidade socioeconômica à COVID-19 em municípios do Ceará. Revista de Administração Pública [online]. 2020, v. 54, n. 4, pp. 1037-1051. Disponível em: .

CARDOSO, V.; NICOLETTI, L.; HAIACHI, M. Impactos da pandemia do COVID-19 e as possibilidades de atividades físicas e esportivas para pessoas com deficiência. Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde. 25. 1-5. 2020.

CARVALHO, S.; DOS SANTOS, A.B; SANTOS, I. A pandemia no cárcere: intervenções no superisolamento. Ciência & Saúde Coletiva. 25. 3493-3502. 2020. Disponível em: 10.1590/1413-81232020259.15682020.

CELUPPI, I.C. et al. Uma análise sobre o desenvolvimento de tecnologias digitais em saúde para o enfrentamento da COVID-19 no Brasil e no mundo. Cadernos de Saúde Pública [online]. 2021, v. 37, n. 3. Disponível em: .

COSTA, J.A. et al. Implicações Cardiovasculares em Pacientes Infectados com Covid-19 e a Importância do Isolamento Social para Reduzir a Disseminação da Doença. Arquivos Brasileiros de Cardiologia [online]. 2020, v. 114, n. 5, pp. 834-838. Disponível em: .

DA SILVA, A.R.A.; LEAL, I.; GONÇALVES, F.; SETTI, R.; TAVARES, M.; SOUZA, C.; NASCIMENTO, E.; CARVALHO, L.; TEIXEIRA, C. Influência do distanciamento social causado pela pandemia da covid-19 nos atendimentos de emergência e internações em pediatria. 10.1590/SciELOPreprints.364. 2020.

DE BARBA, M.L.; COSTA, R.M. Estratégias de educação permanente em saúde para o enfrentamento da Covid-19: um relato de experiência. International Journal of Development Research. Vol. 11, Issue, 05, pp. 47441-44, May, 2021.

DIAS, J.A.A.; DIAS, M.F.S.L.; OLIVEIRA, Z.M.; FREITAS, L.M.A.; FREITAS, M.C.A. Reflexões sobre distanciamento, isolamento social e quarentena como medidas preventivas da covid-19. Out. 2020. Disponível: https://pesquisa.bvsalud.org/controlecancer/resource/pt/biblio-1130024?src= similardocs.

DUCZMAL, L.H. et al. Vertical social distancing policy is ineffective to contain the COVID-19 pandemic. Cadernos de Saúde Pública [online]. v. 36, n. 5 [Accessed 31 August 2021] , e00084420. 2020. Available from: . Epub 18 May 2020. ISSN 1678-4464. https://doi.org/10.1590/0102-311X00084420.

FARO, A. et al. COVID-19 e saúde mental: a emergência do cuidado. Estudos de Psicologia (Campinas) [online]. 2020, v. 37. Disponível em: .

FERREIRA, S. Sobre a eficiência de barreiras sanitárias restritivas para conter o avanço da COVID-19: Uma modelagem matemática simples. 10.1590/SciELOPreprints.691. 2020.

GARCIA, L.P. et al. O potencial de propagação da COVID-19 e a tomada de decisão governamental: uma análise retrospectiva em Florianópolis, Brasil. Revista Brasileira de Epidemiologia [online]. 2020, v. 23. Disponível em: .

GARRIDO, R.; RODRIGUES, R. Restrição de contato social e saúde mental na pandemia: possíveis impactos das condicionantes sociais. 1-9. 2020. Disponível em:10.12662/2317-3325jhbs.v8i1.3325.p1-9.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas, 2008.

JÚNIOR, P.; PAIANO, R.; COSTA, A. Isolamento social: consequências físicas e mentais da inatividade física em crianças e adolescentes. Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde. 2020. Disponível em: 25. 1-2. 10.12820/rbafs.25e0115.

LIMA, A. COVID-19 – estratégias para o fim do “lockdown”. Maio de 2020a. Disponível em: https://www.saude.go.gov.br/files//conecta-sus/produtos-tecnicos/II%20-%202020/COVI D-19%20%20Estrat%C3%A9gias%20para%20o%20fim%20do%20lockdown%201.pdf

LIMA, K.C. de et al. Older adults living under social distancing: possibilities for tackling Covid-19. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia [online]. 2020b, v. 23, n. 02. Disponível em: .

LINS-FILHO P.L. et al. O impacto da vulnerabilidade socioeconômica nos resultados do COVID-19 e no distanciamento social no Brasil. Agosto de 2020. Scielo Preprints.Disponível em: https://doi.org/10.1590/SciELOPreprints.1126.

MAGALHÃES R.A.; GARCIA J.M.M. Efeitos Psicológicos do Isolamento Social no Brasil durante a pandemia de COVID-19. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento – Article, 2021.

MALTA, D. C. et al. A pandemia da COVID-19 e as mudanças no estilo de vida dos brasileiros adultos: um estudo transversal. Epidemiologia e Serviços de Saúde [online]. 2020, v. 29, n. 4. Disponível em: .

MALTA, D.C. et al. Distanciamento social, sentimento de tristeza e estilos de vida da população brasileira durante a pandemia de Covid-19. Saúde em Debate [online]. 2021. v. 44, n. spe4, pp. 177-190. Disponível em: .

MCINTOSH, K. Novel Coronavirus (2019-nCov). UpToDate. 2020. Disponível em: .

MEDINA, R.M.; VALVERDE, L.J. COVID-19: Quarentena e impacto psicológico na população. Maio de 2020. Disponível em: https://preprints.scielo.org/index.php/scielo/ preprint/view/452.

MINAYO, M.C.S.(org.). Pesquisa Social. Teoria, método e criatividade. 18ed. Petrópolis: Vozes, 2001.

MORAES, R. Covid-19 e medidas legais de distanciamento social: tipologia de políticas estaduais e análise do período de 13 a 26 de abril de 2020. Online. 2020a. Disponível em: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/10076

MORAES, R. Covid-19 e medidas legais de distanciamento social: isolamento social, descentralização e análise do período de 11 a 24 de maio de 2020. Online. 2020b. Disponível em: https://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=35624 &Itemid=1

MORAES, R. Covid-19 e medidas legais de distanciamento social: isolamento social, gravidade da epidemia e análise do período de 25 de maio a 7 de junho de 2020 (boletim 5). 2020c. Disponível em: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/10073

MORAES, R. Medidas legais de incentivo ao distanciamento social: comparação das políticas de governos estaduais e prefeituras das capitais no Brasil. 2020d. Disponível em: https://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=35462&Itemid=4

MORAES, R. NT DINTE 31 - A Segunda Onda da Pandemia (Mas Não do Distanciamento Físico): Covid-19 E Políticas de Distanciamento Social dos Governos Estaduais no Brasil. Notas Técnicas. 1-18. 10.38116/ntdinte31. 2021.

NATIVIDADE, M.S. et al. Distanciamento social e condições de vida na pandemia COVID-19 em Salvador-Bahia, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva [online]. 2020, v. 25, n. 9, pp. 3385-3392. Disponível em: .

OLIVEIRA, A.C.; LUCAS, T.C.; IQUIAPAZA, R.A. What has the covid-19 pandemic taught us about adopting preventive measures?. Texto & Contexto - Enfermagem [online]. 2020, v. 29, e20200106. Disponível em: .

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. UNICEF. UNESCO. Considerações para medidas de saúde pública relacionadas à escola no contexto da Covid-19: Anexo às considerações sobre o ajuste da saúde pública e medidas sociais no contexto da Covid-19. Set de 2020. Disponível em: https://www.unicef.org/brazil/relatorios/consideracoes-para-medidas-de-saude-publica-relacionadas-a-escola-no-contexto-da-covid-19

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE. Folha informativa – COVID-19 (doença causada pelo novo coronavírus). 2020a. Disponível em: .

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE-OPAS. Considerações para eventos com aglomeração de pessoas no contexto da doença causada pelo novo Coronavírus (COVID-19). Anexo: Considerações sobre o ajuste de medidas de saúde pública e sociais no contexto da doença causada pelo novo Coronavírus (COVID-19) 14 de maio. 2020b. Disponível em: https://iris.paho.org/handle/10665.2/52455

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE-OPAS. Considerações para quarentena dos contatos de casos de COVID-19. Orientação provisória, 19 de agosto. 2020c. Disponível em: https://iris.paho.org/handle/10665.2/52616

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE-OPAS. COVID-19: Diretora da OPAS pede ‘extrema cautela’ na transição para medidas de distanciamento social mais flexível. 2020d. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/lis-LISBR1.1-47240

RAFAEL, R.M.R. et al. Epidemiologia, políticas públicas e pandemia de Covid-19: o que esperar no Brasil?. Revista Enfermagem UERJ, [S.l.], v. 28, p. e49570, abr. 2020. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/enfermagemuerj/article/view/49570/33134>. 2020.

ROCHA, A.L.S; DITTZ, E.S. As repercussões no cotidiano de mães de bebês internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal no isolamento social devido à COVID-19. O material é parte de pesquisa, aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital Sofia Feldman (parecer nº. 4.057.433). Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional [online]. v. 29. 2021.

SANTOS, M.F.; RODRIGUES, J. COVID-19 e Repercussões Psicológicas Durante a Quarentena e o Isolamento Social: uma revisão integrativa. Nursing (Säo Paulo) ; 23(265): 4095-4100, jun.2020. Disponível em: 10.36489/nursing.2020v23i265p4095-4100. 2020.

SHEN, C. et al. Treatment of 5 Critically Ill Patients With COVID-19 With Convalescent Plasma. JAMA, v. 323, n. 16, p. 1582-89, mar. 2020. Disponível em: doi:10.100/jama.2020.4783.

SIEGLE, C.B.H. et al. Influences of Family And Household Characteristics On Children’s Level Of Physical Activity During Social Distancing Due To Covid-19 In Brazil. Revista Paulista de Pediatria [online]. v. 39. 2021.

SILVA, C.E.M. da et al. Influência das condições de bem-estar domiciliar na prática do isolamento social durante a Pandemia da Covid-19. Journal of Health & Biological Sciences, v. 8, n. 1, p. 1-7, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2317-3076jhbs.v8i1.3410.p1-7.2020. Disponível em: https://periodicos.unichristus.edu.br/jhbs/article/view/3410.

SILVA, F. C. da et al. Social isolation and the speed of covid-19 cases: measures to prevent transmission. Revista Gaúcha de Enfermagem [online]. v. 42, n. spe, e20200238. 2021. Disponível em: .

TOMAZELLI, J.L.; ROCHA, R.P. Isolamento Social e Distanciamento entre Políticas Públicas e Demandas Sociais. Scielo Preprints. Mai de 2020. Disponível em: .

VALENTI, Vitor E. et al . Medidas de distanciamento social podem ter reduzido as mortes estimadas relacionadas à COVID-19 no Brasil. J. Hum. Growth Dev., São Paulo , v. 30, n. 2, p. 164-169, ago. 2020. Disponível em .

VIEIRA, G.C.; SILVA, L.J.E.S.; MAGALHÃES, R. Buscas na internet sobre medidas de enfrentamento à COVID-19 no Brasil: descrição de pesquisas realizadas nos primeiros 100 dias de 2020. Epidemiologia e Serviços de Saúde [online]. 2020a, v. 29, n. 3. Disponível em: .

VIEIRA, P.R, GARCIA, L.P., MACIEL, E.L.N. Isolamento social e o aumento da violência doméstica: o que isso nos revela?. Revista Brasileira de Epidemiologia [online]. 2020b, v. 23. Disponível em: .

VOLPATTO, D.; RESENDE, A.C.; DOS ANJOS, L.; SILVA, J.; DIAS, C.; ALMEIDA, R.; MALTA, S. Avaliação de estratégias de relaxamento do distanciamento social para o Brasil e estado do Rio de Janeiro. 2020. Disponível em: 10.1590/SciELOPreprints.595.

ZIMMERMANN, I. et al. Demanda por leitos de UTI pela COVID-19 no Distrito Federal, Brasil: uma análise do impacto das medidas de distanciamento social com simulações de Monte Carlo. SciELO Preprints, 2020. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle /10482/37954

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Director-General's remarks at the media briefing on 2019-nCoV on 11 February 2020. Feb. 11, 2020a. Disponível em: , Acesso em: 02 jun. 2020.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Novel coronavirus situation report - 2. Jan. 22, 2020b. Disponível em: , Acesso em: 20 mai. 2020.

ZHOU, P. et al. A pneumonia outbreak associated with a new coronavirus of probable bat origin. Nature, v. 579, n. 7798, p. 270-73, fev. 2020. Disponível em:




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n11-097