O desenvolvimento de uma alimentação adequada para crianças portadoras de TEA - transtorno do espectro autista / The development of proper food for children with ASD - autistic spectrum disorder

Maiza Nogueira Oliveira, Samia Lima dos Santos, Slane Frazão De Souza, José Carlos de Sales Ferreira, Rebeca Sakamoto Figueiredo

Abstract


As crianças com TEA apresentam repertório alimentar limitado e maior frequência de recusa alimentar quando comparados a crianças com desenvolvimento típico, indicando elevada seletividade alimentar. Como crianças autistas apresentam uma grande seletividade alimentar e são resistentes ao novo, uma das consequências pode ser o bloqueio de novas experiências alimentares, prejudicando a saúde devido a deficiências nutricionais diárias de macro e micronutrientes. Por isso, o objetivo desse estudo é apresentar sobre o desenvolvimento de uma alimentação adequada para crianças com autismo, sendo levado em consideração os comportamentos alimentares de crianças autistas, relacionando os aspectos nutricionais como consequência para saúde e desenvolvimento do portador. Sendo utilizado para o desenvolvimento o método de pesquisa qualitativa, com o uso de delineamento através da pesquisa bibliográfica com a utilização de Livros, Revistas, Diretrizes Sociedades Brasileiras, artigos nos bancos de pesquisas SciELO (Scientific Electronic Library Online), LILACS (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde). Com o desenvolvimento da pesquisa foi possível compreender que os distúrbios comportamentais apresentados por pessoas com Transtorno do espectro autista, podem ser amenizadas através de uma alimentação saudável e adequada. A intervenção adequada na alimentação desse tipo de paciente pode influenciar na saúde mental, tendo evidências sugestivas de que uma dieta livre de glúten e caseína pode melhorar os sintomas em alguns casos de condições do espectro autista.


Keywords


Transtorno do espectro autista; crianças; alimentação.

References


ALMEIDA, L. A. de. A influência da alimentação em crianças autistas. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduado em Nutrição) - União Metropolitana de Educação e Cultura.

ALPARO HERRERA, Indhira. Manifestaciones gastrointestinales de niños con espectro autista. Revista de la Sociedad Boliviana de Pediatría, v. 52, n. 3, p. 165-167, 2013.

ARAÚJO, D. R. de; NEVES, A. dos S. Análise do uso de Dietas Gluten Free e Casein Free em crianças com Transtorno do Espectro Autista. Cadernos UniFOA – Edição Especial do Curso de Nutrição, v. 6, nº 1, 2011.

BANDINI, L. G. et al. Food selectivity in children with autism spectrum disorders and typically developing children. The Journal of Pediatrics, v. 157, nº2, p. 259-64, 2010.

BARBOSA, G. M. A alimentação da criança com transtorno do espectro autista. Universidade de Brasília, 2017.

BARNHILL, K.; GUTIERREZ, A.; GHOSSAINY, M.; MAREDIYA, Z.; DEVLIN, M.; SACHDEV, P.; MARTI, N.; HEWITSON, L. Dietary status and nutrient intake of children with autism spectrum disorder: A case-control study. Research in Autism Spectrum Disorders, v. 50, p. 51-59, 2018.

BRAIBANTE, Mara Elisa Fortes; SULZBACH, Ana Cristina; STORGATTO, Greyce Arrua. A bioquímica do glúten através de oficinas temáticas. Ciência e Natura, v. 37, n. 3, p. 767-776, 2015.

BRASIL. SBP – SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA. Manual de Orientação. Departamento Científico de Pediatria do Desenvolvimento e Comportamento. Transtorno do Espectro do Autismo. Nº 05, abril de 2019.

BUIE, T. et al. Evaluation, diagnosis, and treatment of gastrointestinal disorders in individuals with ASDs: a consensus report. Pediatrics, v. 125, nº 1, p. 1-18, 2010.

CAETANO, M. V.; GURGEL, D. C. Perfil nutricional de crianças portadoras do Transtorno do Espectro Autista. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, v. 31, nº 1, p. 1-11, 2018.

CARVALHO, J. A. de; SANTOS, C. S. S.; CARVALHO, M. P. de; SOUZA, L. S. de. Nutrição e Autismo: Considerações sobre Alimentação do Autista. Revista Científica do ITPAC, v. 5, nº 1, 2012.

CEKICI, Hande; SANLIER, Nevin. Current nutritional approaches in managing autism spectrum disorder: A review. Nutritional neuroscience, v. 22, n. 3, p. 145-155, 2019.

CUNIBERTI, Martha; MIR, Leticia; JUÁREZ, INTA Marcos. Relación gluten/proteína en trigo. Trigo actualización, p. 23-33, 2012.

CURTIN, C. et al. Food Selectivity, Mealtime Behavior Problems, Spousal Stress, and Family Food Choices in Children with and without Autism Spectrum Disorder. J. Autism Dev. Disord, v. 45, nº 10, p. 3308-3315, 2015.

DÁU, A. L. B. T. Feira FAPERJ de Ciência, Tecnologia & Inovação. A Investigação de Sinais Precoces de Risco de Autismo em Bebês com Irmãos Autistas, 2013.

DIAS, S. Asperger e sua síndrome em 1944 e na atualidade. Revista Latino americana Psicopatologia. Fund., São Paulo, v. 18, nº 2, p. 307-313, 2015.

FERREIRA, N. V. R. Estado nutricional de crianças com transtorno do espectro autista. 2016. 155 f. Dissertação (Mestre em Saúde da Criança e do Adolescente) - Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescente, setor de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Paraná.

FOLGADO, S. B. A Comunicação e a Interação na Criança Autista: Um Estudo de Caso. 2013. 295 f. Dissertação (Mestre em Educação Especial) - Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco.

FREIRE, C. M. B. Comunicação e interação social da criança com perturbação do espectro do autismo. Lisboa, 2012. Dissertação (Mestrado) – Escola Superior de Educação Almeida Garrett, Departamento de Ciências da Educação.

GARCIA, J. B. S.; CARDOSO, M. G. de M.; DOS-SANTOS, M. C. Opioides e o sistema imunológico: relevância clínica. Revista Brasileira de Anestesiologia, v. 62, nº5, Campinas, 2012.

GARCIA, P. M.; MOSQUERA, C. F. F. Causas neurológicas do Autismo. O Mosaico – Revista de Pesquisa em Artes da Faculdade de Artes do Paraná, nº 5, p. 106-122, 2011.

GELISK, Izabela et al. AlimentAção no trAnstorno do espectro Autístico. Revista Brasileira de Saúde Funcional, v. 1, n. 2, p. 5, 2016.

GOMES et al. Nutrição e Autismo: reflexões sobre a alimentação do autista. XX Encontro Latino Americano de Iniciação Científica, XVI Encontro Latino Americano de Pós-Graduação e VI Encontro de Iniciação à Docência – Universidade do Vale do Paraíba. 2016.

GOODARZI, Mahmood; HEMAYATTALAB, Rasool. Bone mineral density accrual in students with autism spectrum disorders: effects of calcium intake and physical training. Research in Autism Spectrum Disorders, v. 6, n. 2, p. 690-695, 2012.

HYMAN, S.L; STEWART, P. A.; SCHMIDT, B.; CAIN, U.; LEMCKE, N.; FOLEY, J. T. Nutrient intake from food in children with Autism. Pediatrics. 2012.

KALUZNA-CZAPLINSKA, J.; SOCHA, E.; RYNKOWSKI, J. B vitamin supplementation reduces excretion of urinary dicarboxylic acids in autistic children. Nutr. Res. 2011, 31, 497–502.

LACH, G. et al. Envolvimento da flora intestinal na modulação de doenças psiquiátricas. VITTALLE – Revista de Ciências da Saúde, v. 29, nº 1, p. 64-82, 2017.

LYALL, Kristen; SCHMIDT, Rebecca J.; HERTZ-PICCIOTTO, Irva. Maternal lifestyle and environmental risk factors for autism spectrum disorders. International journal of epidemiology, v. 43, n. 2, p. 443-464, 2014.

MAES, M; KUBERA, M.; LEUNIS, J-C.; BERK, M. Increased IgA and IgM responses against gut commensals in chronic depression: Further evidence for increased bacterial translocation or leaky gut. J Affect Disord, v. 141, nº 1, p. 55–62, 2012.

MARCELINO, C. Autismo Esperança pela Nutrição. História de Vida, Lutas, Conquista e muitos Ensinamentos. M. Books do Brasil Editora Ltda. São Paulo, 2010.

MARI-BAUSET, Salvador et al. Evidence of the gluten-free and casein-free diet in autism spectrum disorders: a systematic review. Journal of child neurology, v. 29, n. 12, p. 1718-1727, 2014.

MARTINS, A. D. F.; GÓES, M. C. R. de. Um estudo sobre o brincar de crianças autistas na perspectiva histórico-cultural. Psicologia Escolar e Educacional, v. 17, nº1, Maringá, 2013.

MOURA, G. M. A.; NASCIMENTO, A. P. A.; RAMOS, M. S. C. O conhecimento de estudantes da área da saúde a respeito do tema: glúten e caseína na alimentação do autista. 2012.

NEUMEYER, A. M. et al. Nutrition and Bone Density in Boys with Autism Spectrum Disorder. Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics, v. 118, nº 5, p. 865-877, 2018.

OLIVEIRA, A. L. T. D. de; PEDROSA, C.; MARTINS, M. L. Intervenção Nutricional no Autismo. Trabalho de conclusão de Curso, 2012. Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto.

OLIVEIRA, Jackson Silva et al. Valor nutricional da planta, padrões de fermentação e qualidade da silagem de triticale em seis idades de corte. Ciência e Agrotecnologia, v. 34, n. 3, p. 765-772, 2010.

PENNESI, Christine M.; KLEIN, Laura Cousino. Effectiveness of the gluten-free, casein-free diet for children diagnosed with autism spectrum disorder: based on parental report. Nutritional neuroscience, v. 15, n. 2, p. 85-91, 2012.

PRAÇA, É. T. P. de O. Uma reflexão acerca da inclusão de aluno autista no ensino regular. 2011. 140 f. Dissertação (Mestre em Educação Matemática) – Universidade Federal de Juiz de Fora, Instituto de Ciências Exatas.

RUTTER, M. L. Progress in understanding autism: 2007–2010. Journal of Autism and Developmental Disorders, v. 41, p. 395–404, 2011.

SILVA, J. F. da S. Suplementação de micronutrientes no Transtorno do Espectro Autista: Revisão. III Conbracis. 2018.

SILVA, N. I. Relações entre hábito alimentar e síndrome do espectro autista. Dissertação. Universidade de São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz Queiroz", 2011.

SIVAMARUTHI, Bhagavathi Sundaram et al. Probiotics in human mental health and diseases-A mini-review. Tropical Journal of Pharmaceutical Research, v. 18, n. 5, 2019.

SOLÉ, D et al. Consenso Brasileiro sobre Alergia Alimentar: 2018 - Parte 1 - Etiopatogenia, clínica e diagnóstico. Documento conjunto elaborado pela Sociedade Brasileira de Pediatria e Associação Brasileira de Alergia e Imunologia. Arq Asma Alerg Imunol, v. 2, n° 1, 2018.

SUAREZ, Michelle A.; NELSON, Nickola W.; CURTIS, Amy B. Longitudinal follow-up of factors associated with food selectivity in children with autism spectrum disorders. Autism, v. 18, n. 8, p. 924-932, 2014.

SULLIVAN, Elinor L.; NOUSEN, Elizabeth K.; CHAMLOU, Katherine A. Maternal high fat diet consumption during the perinatal period programs offspring behavior. Physiology & behavior, v. 123, p. 236-242, 2014.

TAS, Ayten Aylin et al. Dietary strategies in autism spectrum disorder (ASD). Progress in Nutrition, v. 20, n. 4, p. 554-562, 2018.

VAZ, Carolina Suemi Yabiku et al. Dieta sem glúten e sem case no Transtorno do Espectro Autista. CuidArte, Enferm , p. 92-98, 2015.

VITOLO, M. R. Nutrição da gestação ao envelhecimento. Rio de Janeiro: Editora Rubio; 2012.

WANG, Lv et al. Gastrointestinal microbiota and metabolite biomarkers in children with autism spectrum disorders. Biomarkers in medicine, v. 8, n. 3, p. 331-344, 2014.

WOICIECHOSKI, Camila Gabriela. Importância da retirada do glúten e da caseína na dieta de crianças portadoras do transtorno do espectro autista. 2013. 44 f. Monografia (Graduação em Nutricão) – faculdade da ciências da educação e saúde, Brasília.

YANG, Yongshou; TIAN, Jinhu; YANG, Bo. Targeting gut microbiome: A novel and potential therapy for autism. Life sciences, v. 194, p. 111-119, 2018.

ZANON, R. B.; BACKES, B.; BOSA, C. A. Identificação dos Primeiros Sintomas do Autismo pelos Pais. Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 30, nº1, p. 25-33. 2014.

ZUCHETTO, A. T.; MIRANDA, T. B. Estado nutricional de crianças e adolescentes, EFDeportes. com. Revista digital, Ano, v. 16, 2011.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n11-234

Refbacks

  • There are currently no refbacks.