Cultura organizacional em instituições públicas brasileiras: umarevisão sistemática da literatura / Organizational culture in Brazilian public institutions: a systematic literature review

Renata Santana Nepomuceno, Tábata Fernandes Pereira, Emerson José de Paiva, Henrique Duarte Carvalho

Abstract


As instituições públicas brasileiras de ensino superior, tem passado por inúmeras mudanças decorrentes de toda sua expansão, avanço da tecnologia, e novas metodologias de ensino e de trabalho impostas por legislações e órgãos reguladores, além de mudança nas gestões. Toda esta evolução traz o questionamento quanto a se a cultura dessas organizações tem acompanhado este movimento e qual a sua interferência, seja benéfica ou não, nas ações e rotina destas instituições, visando o atingimento de seus objetivos estratégicos. Identificar a cultura organizacional, através de seus colaboradores e gestores, torna-se imprescindível para conhecer melhor estas organizações, seus objetivos, valores, visão e missão. Este trabalho busca através de uma revisão sistemática de literatura, identificar trabalhos já realizados com este objetivo, e identificar quais semelhanças e diferenças foram encontradas nestes estudos. Como resultados, foi verificado que a influência e poder da cultura organizacional foram abordados e constatados em todos os artigos, em áreas diversas e sob distintos enfoques, e que embora o tema venha sendo discutido nos últimos anos, ainda necessita de uma maior atenção por parte das organizações.

 

 


Keywords


Cultura organizacional, instituições públicas, Brasil.

References


CAMERON, K. S., QUINN, R. E. Diagnosing and changing organizational culture – Based on the competing values framework. San Francisco, CA: Jossey-Bass. 2006.

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

COLETA, José Augusto Dela; COLETA, Marilia Ferreira Dela. Cultura organizacional e avaliação de instituições de educação superior: semelhanças e diferenças. Psico-USF, v. 12, n. 2, p. 227–237, 2007.

COSTA, Jurandir Andrade et al. Cultura organizacional em instituições militares de ensino. HOLOS, [S.l.], v. 1, p. 169-187, mar. 2013. ISSN 1807-1600. doi: https://doi.org/10.15628/holos.2013.1047.

DANJOUR, Miler Franco; OLIVEIRA, Patrícia Whebber S. De; AÑEZ, Miguel Eduardo Moreno. Relação Entre Cultura Organizacional E Estratégias. Holos, v. 1, p. 210, 2014.

DENYER, D.; TRANFIELD, D. Producing a systematic review. In D. A. Buchanan & A. Bryman (Eds.), The Sage handbook of organizational research methods. [S.l: s.n.], 2009. p. 671–689.

GAMA, Merabe Carvalho Ferreira Da; MATTOS, Carlos André Corrêa De; AGUIAR, Ana Larissa Costa. A Cultura organizacional e o direito à informação. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação. [S.l: s.n.], 2019.

GONÇALVES, Bruno Henrique; DA SILVA, Fellipe Augusto Lins; DE OLIVEIRA, João Paulo Leonardo. Qualidade e equilibrio entre vida pessoal e profissional: Um estudo de caso, sobre o ambiente organizacional moderno. Brazilian Journal of Development, v.7, n.10, p. 96032-96047, 2021.

HARTNELL, C. A., Ou, A. Y., & KINICKI, A. Organizacional culture and organizational effectiveness: A meta-analytic investigation of the competing values framework’s theorical suppositions. Journal of Applied Psychology, 96(4), 677-694. 2011. http://dx.doi.org/10.1037/a0021987

KAI, Flávia Obara; LOURENÇO, Mariane Lemos; FERNANDES, Camilla. The organizational culture in the aging process of educational work. Administração: Ensino e Pesquisa, v. 21, n. 3, 385–424, 2020.

LEVY, Yair; ELLIS, Timothy J. A systems approach to conduct an effective literature review in support of information systems research. Informing Science, v. 9, n. May 2014, p. 119 181–211, 2006.

MILES, R. E; SNOW, C. C. Organizational strategy, structure, and process. Stanford. Stanford Business Books, 2003.

PAZ, Maria das G; MENDES, Torres da; BEZERRA, Ana M. Estilos de funcionamento organizacional. In: SIQUEIRA, Mirlene Maria Matias (Org.). Medidas do comportamento organizacional: ferramenta de diagnóstico e de gestão. Porto Alegre: Artmed, 2008.

PAZ, M.G.T.; FERNANDES, S.R.P.; CARNEIRO, L.L.; MELO, E.A.A. Bem-estar pessoal nas organizações e qualidade de vida organizacional: o papel mediador da cultura organizacional. RAM. Revista de Administração Mackenzie, v. 21, n. 1, 2020. DOI: https://doi.org/10.1590/1678-6971/eramd200122.

SCHÜNKE, Lídia Käfer; GIONGO, Carmem Regina. Atravessamentos políticos: A cultura organizacional e o sofrimento moral no serviço público. Revista Psicologia: Organizações e Trabalho, v. 18, n. 3, p. 449–456, 2018.

SILVA, L. P.; CASTRO, M. A. R.; DOS-SANTOS, M. G. Influência da Cultura Organizacional Mediada pelo Assédio Moral na Satisfação no Trabalho. Revista de Administração Contemporânea, v. 22, n. 2, p. 249-270, 2018.

TEIXEIRA DA SILVA, André Maurício; LOURENÇO, Mariane Lemos. O poder disciplinar enquanto dimensão da cultura organizacional: um estudo multicasos em instituições de ensino superior privadas. Administração: Ensino e Pesquisa, v. 19, n. 1, p. 99–134, 2018.

UNGARI, Diego; RODRIGUES, Ana. A influência da cultura organizacional no desenvolvimento dos vínculos do indivíduo com a organização. Revista Eletrônica de Estratégia & Negócios. 13. 168. 10.19177/reen.v13e22020168-196, 2020.

XIAO, Yu; WATSON, Maria. Guidance on Conducting a Systematic Literature Review. Journal of Planning Education and Research, v. 39, n. 1, p. 93–112, 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n11-271

Refbacks

  • There are currently no refbacks.