Análise qualitativa de águas subterrâneas do sistema aquífero Urucuia no município de Bonito de Minas-MG / Qualitative analysis of groundwater from the Urucuia aquifer system in Bonito de Minas-MG

Jéssica Maria Guimarães de Assis, Charles Golberto Cassiano, Mariane Santos de Carvalho, Valdineia José da Silva Santos, Margarete Aparecida Pereira

Abstract


Os aquíferos constituem uma das principais fontes de água do território brasileiro. As análises qualitativas das águas subterrâneas justificam-se pela necessidade de evidenciar a importância da discussão a respeito do seu uso e monitoramento em território nacional. Diante disso, este artigo tem o propósito de investigar a potencialidade do uso da água subterrânea do aquífero Urucuia, para o abastecimento público do município de Bonito de Minas, mediante a compatibilização dos valores hidroquímicos disponibilizados pela Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais com seus limites estabelecidos na Consolidação GM/MS nº 2.914/2011 e Anexo XX, da Portaria de Consolidação GM/MS n°5/2017. Atestou-se, a partir disso, o atendimento de todos os parâmetros analisados com os padrões preconizados na Portaria, em prol da minimização de eventuais riscos à saúde pública.

 


Keywords


Potabilidade, hidrogeologia, reservas hídricas.

References


BRASIL. Congresso Nacional. Política Nacional de Recursos Hídricos, n° 9.433, de 8 de janeiro de 1997. Brasília, 1997. Disponível em: . Acesso em: 01 de jul. de 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Gabinete do Ministro. Portaria de Consolidação nº 5, de 03 de outubro de 2017. Anexo XX. Brasília, 2017. Disponível em: . Acesso em: 02 de jul. de 2021.

CPRM, Serviço geológico do Brasil. Aquífero Urucuia caracterização hidrológica com base em dados secundários. Belo Horizonte, 2019. p. 8.

CPRM. Serviço Geológico do Brasil. Projeto Rede Integrada de Monitoramento das Águas Subterrâneas. 2019. Disponível em: . Acesso em: 27 de jun. de 2021.

EMBRAPA. Empresa brasileira de pesquisa agropecuária. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. 5. ed. Brasília, 2018. p. 211.

GASPAR, M.T.P. Sistema aquífero Urucuia: Caracterização regional e propostas de gestão. 2006. 158 f. Tese n°76 (Doutorado em Geologia) – Instituto de Geociências, Universidade de Brasília, Brasília, p.1, 3, 4, 47. 2006.

NOSCHANG, P.G. Escassez hídrica no sistema jurídico internacional. 2015. 375f. Tese (Doutorado em Direito) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, p. 27. 2015.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico 2010. Disponível em: . Acesso em: 30 de jun. de 2021.

SISEMA. Infraestrutura de Dados Espaciais do Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Belo Horizonte: IDE-Sisema, 2021. Disponível em: . Acesso em: 04 de jul. de 2021.

SOUZA, M.E.T.A. Proposição de um índice de qualidade da água bruta afluente a estações convencionais de tratamento de água. 117f. Dissertação (Mestrado em Saneamento) – Departamento de Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, p.14, 2008.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n11-306