A gestão democrática e os conselhos escolares / Democratic management and school advice

Gislaine Buraki, Isaura Monica Souza Zanardini

Abstract


A Reforma do Aparelho do Estado (1995) apresenta as regulamentações para a eficiência e eficácia do Estado, sendo propalada com os pressupostos do liberalismo. A Reforma apresenta alterações no conceito de governabilidade do Estado e no âmbito educacional, observamos a ressignificação dos conceitos de descentralização, autonomia e participação, os quais estão em construção desde a promulgação da Constituição Federal de 1988, sob o princípio de gestão democrática. Assim, temos o processo de discussão do Estado governante e eficaz e a abertura para a gestão compartilhada, tecendo no âmbito educacional regulamentações para a implantação de órgãos colegiados, entre estes, o Conselho Escolar. Com base nessa investigação, a partir de pesquisa bibliográfica, temos o propósito de apresentar a alteração da administração escolar para a gestão compartilhada, a partir da Reforma do Estado (1995) e as contradições existentes referentes a gestão democrática e ao Conselho Escolar.


Keywords


Reforma do Aparelho do Estado; Gestão democrática; Conselho Escolar.

References


ALONSO, Myrtes. O Papel do Diretor na Administração Escolar. São Paulo: DIFEL, 1981.

BRASIL, Ministério da Administração Federal e Reforma do Estado – MARE. Plano Diretor da Reforma do Aparelho do Estado. Brasília, novembro de 1995.

BRASIL, Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB Nº 9.394. 20 de dezembro de 1996.

BRASIL. Conselhos escolares: democratização da escola e construção da cidadania. Brasília, MEC SEB, 2004.

BRASIL. Constituição da República Federativa Brasileira, 1988.

BRASIL. Ministério da Educação. Decreto nº 6.094, de 24 de abril de 2007. Dispõe sobre a implementação do Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação.

Brasil. Plano Nacional de Educação (2001-2011). Lei Federal nº 10.172, de 9 de janeiro de 2001. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10172.htm. Acesso em 18 jan. 16.

FÉLIX, Maria de Fátima Costa. Administração Escolar: um problema educativo ou empresarial? São Paulo: Cortez, Autores Associados, 1989.

PARO, Vitor Henrique. Gestão democrática da escola pública. São Paulo: Ática, 2003.

PEREIRA, Luiz Carlos Bresser. Da administração pública burocrática à gerencial. In: Luiz Carlos Bresser, e SPINK, Peter (org.). Reforma do Estado e administração pública gerencial. Rio de Janeiro: FGV, 1999.

PETRAS, James. Os fundamentos do Neoliberalismo. In: OURIQUES, Nildo Domingos; RAMPINELLI, Waldir José. No fio da navalha: crítica das reformas neoliberais de FHC. São Paulo: Xamã, 1997, p. 15-38.

SAVIANI, Dermeval. O Plano de Desenvolvimento da Educação: análise do Projeto do MEC. Educ. Soc., Campinas, vol. 28, n. 100 - Especial, p. 1231-1255, out. 2007. Disponível em: http://www.cedes.unicamp.br. Acesso em 05 set. 16.

VIRIATO, Edaguimar Orquizas. In: LIMA, Antonio Bosco de (org.). Estado, politicas educacionais e gestão compartilhada. São Paulo: Xamã, 2004.

WERLE, Flávia Obino Corrêa. Conselhos Escolares: implicações na gestão da Escola Básica. Rio de Janeiro: DPeA, 2003.

ZANARDINI, Isaura Monica de Souza. A gestão compartilhada implementada no Estado do Paraná e as orientações do Banco Mundial (1995-2000). (Dissertação de Mestrado). UEM, 2001.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n10-262

Refbacks

  • There are currently no refbacks.