A relevância da pesquisa científica e produção acadêmica no ensino superior dos cursos de engenharia/ The relevance of scientific research and academic production in higher education engineering courses

Fabiano Battemarco da Silva Martins, Patricia Guedes Pimentel, Marcelo de Jesus Rodrigues da Nobrega

Abstract


O enfoque do presente artigo é a relevância de estudos científicos e pesquisas, assim como produções acadêmicas no ensino superior, mais precisamente nos cursos de engenharia. Debater essa questão educacional, tomando como referência o docente e a instituição de ensino superior, se torna necessária, uma vez que tal assunto é enxergado como indicador de qualidade na formação profissional. Em busca de atingir os objetivos propostos, foi realizada uma revisão bibliográfica sobre a pesquisa no meio acadêmico e seus desdobramentos. Além de definir conceitos relacionados à pesquisa, atrela sua prática ao estudo em sala de aula, e deixando clara a sua importância para o futuro profissional de engenharia. Por fim, é possível concluir que a pesquisa cientifica é uma prática que além de beneficiar a vida profissional do engenheiro, também agrega valores pessoais.


Keywords


Estudos Científicos. Ensino Superior. Formação Profissional

References


AGOSTINHO, M. Introdução à engenharia. 1ª ed. Rio de Janeiro: Lexikon, 2015.136 p.

BRASIL. Lei nº 9. 394 de 20 de dezembro de 1996. Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da União, 1996.

BRIDI, J. C. A., A pesquisa na formação do estudante universitário: a Iniciação Científica como espaço de possibilidades. 214 f. 2010. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade de Campinas, Campinas, 2010.

CNPq. Diretório dos Grupos de Pesquisa. v. 3, base de dados de 1997. Brasília, 1999.

DEMO, P. Metodologia científica em ciências sociais. 3. ed. rev. e atual. São Paulo, SP: Atlas, 1995.

DEMO, P. Educar pela pesquisa. 7ª ed. Campinas: Autores Associados, 2001.

DEMO, P. Pesquisa: princípio científico e educativo. 14ª ed. São Paulo: Cortez, 2011.

FRANCO, M. E. D. P. Comunidade de conhecimento, pesquisa e formação do professor do ensino superior. Apostila do Professor do ensino superior: identidade, docência e formação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, 2000.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática docente. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4ª ed. - São Paulo: Atlas, 2002.

INEP, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância. Brasília, DF: jun. 2015.

MICHAELIS. Moderno Dicionário da Língua Portuguesa. São Paulo, Companhia Melhoramentos, 2015.

MORIN, E. Os sete saberes necessários à educação do futuro. São Paulo, Cortez/Unesco, 2000.

OLISKOVICZ, K., PIVA, C. D. – As estratégias didáticas no ensino superior. Revista Educação – Anhanguera Educacional Ltda. v. 15, n. 19, 2012.

PIRES, R. C. M. Formação inicial do professor pesquisador através do programa PIBIC/CNPq: o que nos diz a prática profissional de egressos? Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 14, n. 2, jul. 2009.

REIS, L. G. dos; HORVATH, J. Uma análise sobre a produção acadêmica dos docentes das universidades estaduais paranaenses de 2008 a 2012. Revista GUAL, Florianópolis, v. 7, n. 3, p. 22-42, set. 2014.

ROSA, G. A. da; TREVISAN, A. L. Filosofia da tecnologia e educação: conservação ou crítica inovadora da modernidade? Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 21, n. 3, p. 719-737, nov. 2016.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. 23. ed. rev. e atual. São Paulo, SP: Cortez, 2007.

TEIXEIRA, Elizabeth. As três metodologias: acadêmica, da ciência e da pesquisa. 7. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.

VIEIRA, Alexandre Thomaz et al. Gestão educacional e tecnologia. 1. ed. São Paulo, SP: Avercamp, 2003.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n10-279

Refbacks

  • There are currently no refbacks.