A Importância das Medidas de Mitigação e Adaptação Frente às Mudanças Climáticas na Agropecuária Brasileira / The Importance of Mitigation and Adaptation Measures to Climate Change in Brazilian Agriculture

Danielle de Sousa Alves, Márcia Marília de Souza Silva, Julia Millena dos Santos Silva, Michele Vantini Checchio Skrapec, Diego Felipe dos Santos Silva, Diego Barbosa de Queiroz, Marcos Veríssimo de Oliveira Cardoso

Abstract


As mudanças climáticas apresentam-se como um iminente perigo que põe em risco os ecossistemas, a biodiversidade, as comunidades culturais, entre muitos outros aspectos, afetando o bem-estar humano e ambiental. A Agropecuária é um setor muito sensível a essas variações do clima com consequências imediatas perceptíveis como, por exemplo, o aumento da suscetibilidade de erosão em terras acarretando a perda de fertilidade de solos, o que coloca em questão a segurança alimentar global. No Brasil, a degradação de terras ocasionada por desmatamentos é uma das causas de maiores emissões de gases de efeito estufa (GEE) e é motivada principalmente pela expansão da fronteira agrícola e da pecuária. Portanto a premissa é de que tal setor contribua negativamente na emissão de GEE. Assim o objetivo deste estudo é verificar quais são as medidas de mitigação e adaptação frente às mudanças climáticas no setor Agropecuário. Foi realizado um estudo bibliográfico a fim de contextualizar a problemática, bem como evidenciar quais são as medidas indicadas pelo plano de Agricultura de Baixo Carbono (ABC) e pelo Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas (PBMC). Tal discussão é importante porquanto se preza por um desenvolvimento sustentável em prol do bem-estar de todos. Desse modo há necessidade de respostas e ações urgentes para essas iminentes eventualidades. Tais ações visam primordialmente a manutenção de um meio ambiente equilibrado e o enfrentamento das consequências já antecipadas.

 

 


Keywords


Variações Climáticas, Brasil, Agricultura, Pecuária, Impactos.

References


Angelotti, F., & Giongo, V. (2019). Ações de mitigação e adaptação frente às mudanças climáticas. In: R. F. de MELO, & T. V. VOLTOLINI (Eds.), Agricultura familiar dependente de chuva no Semiárido (pp. 445-467). Brasília, DF: Embrapa. Recuperado de http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1118535

Artaxo, P. (2014). Uma nova era geológica em nosso planeta: o antropoceno?. Revista USP, (103), 13-24. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i103p13-24

Balbino, L. C., Cordeiro, L. A. M., & Martínez, G. B. (2011). Contribuições dos sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta (iLPF) para uma agricultura de baixa emissão de carbono. Revista Brasileira de Geografia Física, 5, 1014-1026. Recuperado de https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/56929/1/iLPFadrianoAlbinoGladys.pdf

Blank, D. M. P. (2015). O contexto das mudanças climáticas e suas vítimas. Mercator, 14(2), 157-172. DOI: 10.4215/RM2015.1402. 0010

Brasil (2012). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Plano setorial de mitigação e de adaptação às mudanças climáticas para a consolidação de uma economia de baixa emissão de carbono na agricultura: plano ABC (Agricultura de Baixa Emissão de Carbono) / Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Ministério do Desenvolvimento Agrário, coordenação da Casa Civil da Presidência da República. – Brasília: MAPA/ACS.

Bettiol, W., Hamada, E., Angelotti, F., Auad, A. M., & Ghini, R. (Eds.). (2017). Aquecimento global e problemas fitossanitários. Brasília, DF: Embrapa. Recuperado de https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/165241/1/2017LV03.pdf

Domingues, E. P., Magalhães, A. S., & Ruiz, R. M. (2011). Cenários de Mudanças Climáticas e Agricultura no Brasil: Impactos Econômicos na Região Nordeste. Revista Econômica do Nordeste, 42(2), 229-246. Recuperado de https://www.bnb.gov.br/revista/index.php/ren/article/view/147/126

Goldemberg, J. (2000). Mudanças climáticas e desenvolvimento. Estudos Avançados, 14(39), 77-83. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/eav/article/view/9529

IPCC (2019). Summary for Policymakers. In: Climate Change and Land: an IPCC special report on climate change, desertification, land degradation, sustainable land management, food security, and greenhouse gas fluxes in terrestrial ecosystems [P.R. Shukla, J. Skea, E. Calvo Buendia, V. Masson-Delmotte, H.- O. Pörtner, D. C. Roberts, P. Zhai, R. Slade, S. Connors, R. van Diemen, M. Ferrat, E. Haughey, S. Luz, S. Neogi, M. Pathak, J. Petzold, J. Portugal Pereira, P. Vyas, E. Huntley, K. Kissick, M. Belkacemi, J. Malley, (eds.)]. In press.

Letcher, T. M. (2021). Climate Change: observed impacts on planet Earth (3a. ed.). Amsterdam, NL: Elsevier.

Lima, M. A. de. (2002). Agropecuária brasileira e as Mudanças Climáticas Globais: caracterização do problema, oportunidades e desafios. Caderno de Ciência e Tecnologia, 19(3), 451-472. DOI: http://dx.doi.org/10.35977/0104-1096.cct2002.v19.8816

Marconi, M. de A., & Lakatos, E. M. (2003). Fundamentos de metodologia científica (5a. ed.). São Paulo: Atlas.

Nobre, C. A. (2001). Mudanças climáticas globais: possíveis impactos nos ecossistemas dopaís. Parcerias Estratégicas, 6(12), 239-258. Recuperado de http://seer.cgee.org.br/index.php/parcerias_estrategicas/article/view/186

Nobre, C. A., Sampaio, G., & Salazar, L. (2007). Mudanças climáticas e Amazônia. Ciência e Cultura, 59(3), 22-27. Recuperado de http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0009-67252007000300012&lng=en&tlng=pt

Nobre, C. A. (2008). Mudanças climáticas e o Brasil – Contextualização. Parcerias estratégicas, (27), 7-17. Recuperado de http://seer.cgee.org.br/index.php/parcerias_estrategicas/article/view/326

Oliveira, T. S., Nogueira, R. da S., Teixeira, A. dos S., Campanha, M. M., Romero, R. E. (2009). Distribuição espacial do índice de manejo de carbono em Luvissolos sob sistemas agrícolas tradicionais e agroflorestais no Município de Sobral-CE. Revista Brasileira de Agroecologia, 4(2), 589-592. Recuperado de https://www.embrapa.br/busca-de-publicacoes/-/publicacao/857001/distribuicao-espacial-do-indice-de-manejo-do-carbono-em-luvissolos-sob-sistemas-agricolas-tradicionais-e-agroflorestais-no-municipio-de-sobral-ce

Obermaier, M., & Rosa, L. p. (2013). Mudança climática e adaptação no Brasil: uma análise crítica. Estudos Avançados, 27(78), 155-176. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-40142013000200011

PBMC (2014a). Impactos, vulnerabilidades e adaptação às mudanças climáticas. Contribuição do Grupo de Trabalho 2 do Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas ao Primeiro Relatório da Avaliação Nacional sobre Mudanças Climáticas [Assad, E.D., Magalhães, A. R. (eds.)]. COPPE. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

PBMC (2014b). Mitigação das mudanças climáticas. Contribuição do Grupo de Trabalho 3 do Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas ao Primeiro Relatório da Avaliação Nacional sobre Mudanças Climáticas [Bustamante, M. M. C., Rovere E.L.L, (eds.)]. COPPE. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Soares, T. C., & Cunha, D. A. da. (2019). Emissões de gases de efeito estufa e eficiência ambiental no Brasil. Nova Economia, 29(2), 429-458. Recuperado de https://revistas.face.ufmg.br/index.php/novaeconomia/article/view/3795

Zimmer, A. H., Macedo, M. C. M., Kichel, A. N., & Almeida, R. G. de. (2012). Degradação, recuperação e renovação de pastagens. Campo Grande, MS: Embrapa Gado de Corte. Recuperado de https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/77431/1/DOC189.pdf




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n11-460