Documentário e fazer docente: a experiência de “Trilhas”/ Documentary and doing teacher: the experience of “Trails”

Andrea Luisa Frazao Silva, Adriana Tobias Silva, Monica Rodrigues de Farias, Marcus Ramusyo de Almeida Brasil

Abstract


 Este artigo foi organizado a partir da experiência durante a disciplina Introdução ao Cinema e Vídeo, pelo Mestrado Profissional em Arte - PROFARTES-UFMA, com estudos que versaram sobre: o histórico do cinema, gêneros, sua gramática visual, e os equipamentos técnicos que são o suporte referente a feitura dessa linguagem. Oriundo desses estudos introdutórios, uma atividade de criação de um curta-metragem no gênero do documentário foi proposta como avaliação final. A partir de então, as questões geradoras que antecederam esse processo criativo até o resultado do trabalho, mereceram ser escritas em artigo que explicita esse relato de experiência. O planejamento do curta-metragem surge das experiências docentes de cinco professoras de Artes Visuais de escolas públicas do estado do Maranhão, e discentes da referida disciplina de mestrado, que roteirizam suas vivências e trajetos dentro e fora da sala de aula, e em contraponto a isso, mesclam também, questões relacionadas às políticas públicas presentes e ausentes,  referentes ao Ensino de Arte no Brasil, tramitando por temas como a MP 746 de 2016 e A Nova Reforma do Ensino Médio, o sucateamento das escolas de um lado, e as práticas artísticas realizadas pelos alunos do outro. A dinâmica visual do curta-metragem busca casar esses paradoxos visuais que se semiotizam na retina do espectador.  A proposta é experienciar a linguagem do audiovisual, colocando em prática saberes recém aprendidos e buscando tocar em questões pertinentes que perpassam o Ensino de Arte, porém, sem perder a fruição estética - poética, da linguagem artística do audiovisual.


Keywords


Experiências docentes, Ensino de Arte no Brasil, audiovisual.

References


AUMONT, Jaques Et Al. A estética do filme. São Paulo: Papirus, 1999.

LARROSA, Jorge. Tremores: escritos sobre experiência. Belo Horizonte: Autêntica, 2016.

NAPOLITANO, Marcos. Como usar o cinema em sala de aula. São Paulo, 2006.

NICHOLS, Bill. Introdução ao documentário. Campinas: Papirus Editora, 2007.

RAMOS, Fernão Pessoa. Mas afinal... O que é mesmo um documentário. São Paulo: SENAC/SP, 2008.

SANTOS, José Murilo Moraes dos. Trilhas: por onde trilham meus pés: depoimento (17/08/2017). Paço do Lumiar: áudio enviado por aplicativo WhatsApp. Entrevista concedida a Monica Rodrigues de Farias.

TEIXEIRA, Francisco Elinaldo. Cinemas "não-narrativos": Experimental e documentário - Passagens. São Paulo: Alameda, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n10-296

Refbacks

  • There are currently no refbacks.