O método pilates e a flexibilidade em idosos: revisão de literatura / Pilates method and flexibility in elderly: literature review

Cíntia Maria Silva Coimbra, Maria das Graças Rocha Coimbra

Abstract


 

O método Pilates, criado pelo alemão Joseph Hubertus Pilates, em 1923, visa fortalecer e alongar o corpo de maneira global. Pode ser praticado por pessoas de qualquer idade, sendo comumente recomendado à população idosa uma vez que contribui para aquisição de força, equilíbrio e flexibilidade. Ter um bom nível de ?exibilidade é de fundamental importância especialmente na terceira idade onde os movimentos apresentam grandes restrições, impossibilitando a realização de atividades simples, como sentar, agachar, levantar. Este trabalho realizou uma revisão de literatura nas bases de dados eletrônicas tais como o Google academic, PubMed, Bireme e Physiotherapy Evidense Database (PEDro), com a intenção de verificar os benefícios do Método Pilates na flexibilidade de idosos. Foram incluídos artigos e outras publicações acadêmicas, compreendendo o período de 1999 a 2019. Os descritores utilizados foram: Pilates, Idosos e flexibilidade, nos idiomas português, inglês e espanhol. Nossa busca resultou em 263 literaturas encontradas, das quais 19 coincidem especificamente com os descritores as quais foram ordenadas em uma tabela com um fichamento, composto pelos seguintes itens: ano de publicação, autor principal (referência bibliográfica), objetivo do estudo, metodologia resultados e conclusões. A prática do Pilates, seja em solo ou aparelhos, é extremamente válida para idosos, promovendo melhora em vários aspectos de saúde, seja no equilíbrio, postura, mobilidade e flexibilidade, sendo imprescindível para autonomia e saúde do idoso.

 

 


Keywords


pilates, idosos, flexibilidade

References


ABDALLA, P.P; Carvalho, A. dos S.; Ramos, N.C.; Venturini, A.C.R.; Alves, T.C.; Santos, A. P. dos; Borges, F.G. & Machado, D.R.L. Como Escolher um Teste de Flexibilidade? Revista CPAQV – Centro de Pesquisas Avançadas em Qualidade de Vida. Vol.9; Nº. 2; p.2; 2017.

ALEXANDRINO, E.G.; Marçal, D.F. da S.; Charal, C.M.S. & Braghini, F. Flexibilidade na terceira idade: uma revisão de literatura. Lecturas: Educación Física y Deportes. Buenos Aires, Vol. 23, Núm. 241, Jun. 2018.

ARAÚJO, C.G.S. Flexiteste: um método completo para avaliar a flexibilidade. São Paulo, ed. Manole, 264p. 2008.

BERTOLI, J. Efeitos do treinamento com o método pilates de solo sobre variáveis neuromusculares e funcionais em mulheres idosas. Dissertação de mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Educação Física da Universidade Federal de Santa Catarina como requisito final para obtenção do título de Mestre em Educação Física. Florianópolis- SC, 2016, 139p.

BUENO, M.B.T. & Neves, F.B. Efeitos do Método Pilates em Idosos: Revisão de literatura. Revista Saúde e Desenvolvimento Humano. Canoas, junho 7(2): 99-105, 2019.

CARVALHO, C. B. de O., Dias, A. L. M., Caldas, L. R. dos R., & Carneiro-Júnior, M. A. O método Pilates e sua influência na capacidade funcional do idoso: uma revisão sistemática. Revista Kairós ? Gerontologia, 20 (3), 223-235. São Paulo (SP), Brasil. 2017.

CORRÊA, D A. Método Pilates e seus Benefícios na Terceira Idade com Grupo de Idosos: Um Relato De Experiência. Maceió: V congresso internacional do envelhecimento humano. 2017.

COSTA, L.M.R.da; Schulz, A.; Haas, A.N. & Loss, J. Os Efeitos do Método Pilates Aplicado à População Idosa: Uma Revisão Integrativa. Rev. BRas. GeRiatR. GeRontol., Rio de Janeiro: 19 (4) : 695-702. 2016.

DANTAS, E.H.M. Flexibilidade, alongamento e flexionamento. Rio de Janeiro: Shape. 1989.

ENGERS, P.B.; Rombaldi, A.J.; Portella, E.G. & Silva, M.C.da. Efeitos da prática do método Pilates em idosos: uma revisão sistemática. Revista Brasileira Reumatologia; . 25(4) :352–365, 2016.

EYIGOR, S., Karapolat, H., Yesil, H., Uslu, R., & Durmaz, B. Effects of pilates exercises on functional capacity, flexibility, fatigue, depression and quality of life in female breast cancer patients: a randomized controlled study. European journal of physical and rehabilitation medicine, 46 4, 481-7, 2010.

FARIA, V.A.M. & Oliveira, A.M.B. de. Yogilates: Condicionamento Físico, Força e Flexibilidade Em Idosas Sedentárias. São José dos Campos-SP: X Encontro Latino Americano de Iniciação Científica VI Encontro Latino Americano de Pós-graduação Universidade do Vale do Paraíba, 2006.

FIGUEIREDO, T. M. & Damázio, L. C. M. Intervenção do Método Pilates em Idosos no Brasil: Uma Revisão Sistemática Rev. Aten. Saúde, São Caetano do Sul, v. 16, n. 57, p. 87-97, jul./set., 2018.

FOURIE, M.; Gildenhuys, G.M.; Shaw, I., Shaw, B.S,.; Toriola, A.L. & Goon,

D.T. Effects of a mat pilates program on flexibility in elderly

women. Medicina dello Sport , December; 66 (4): 545-53, 2013.

FLORES, A.P.J.; Furlanetto, T.S.; Schmit, E.F.D.; Souza, C.; Wagner Neto, E.F.; Candotti, C.T. & Loss, J. Efeitos de 30 sessões 02 de mat Pilates sobre a flexibilidade, a força de membros inferiores e a qualidade de vida em idosa. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, 16 (2): 30-48, 2016.

FRIEDMAN, P. & Eisen, G. The Pilates method of phisical and mental conditioning. New York, United States of America, Viking Studio, 1980, 2005.

GUEDES, M.J. das N.; Santos, J.R.S.; Pereira, E.F.; Daltro, M.C. de S.L.; Munguba, T. A. & Soares, L.M.M.M. Avaliação na funcionalidade de uma idosa praticante do método pilates. INTER SCIENTIA Vol. 5 • Nº 1 • Ano 2017

GUIMARÃES, A.C.de A.; de Azevedo, S.F; Simas, J.P.N.; Machado, Z. & Jonck, V.T.F. Efeito do método Pilates na ?exibilidade de idosos. Fisioter. Mov., Curitiba, v. 27, n. 2, p. 181-188, abr./jun. 2014.

GUIMARÃES, C.S.; Fonseca, D.S da.; Sales, D.; Santos, E.R. . dos.; Lima, J.A. da C. & Scoss, D.M. A prática do método pilates como ferramenta para melhora da flexibilidade na 3ª idade. Rev. Ibirapuera, São Paulo, n. 14, p. 8-17, Jul/Dez 2017.

IBGE- Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Estimativas da População. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/ Acesso em: 14/03/2019.

IREZ, G.B.; Ozdemir, R.A.; Evin, R. & Irez, S.G. & Korkusuz, F. Integrating Pilates Exercise into an Exercise Program for 65+ Year-Old Women to Reduce Falls. Journal of sports science & medicine. 10. 105-11. 2011.

IREZ, G.B. The Effects of Different Exercises on Balance, Fear and Risk of Falling among Adults Aged 65 and Over. Anthropologist, 18 (1): 129-134, 2014.

KLOUBEC, J.A. Pilates for improvement of muscle endurance, Flexibility, balance, and posture. Journal of Strength and Conditioning Res. Volume 24 | number 3 | march 661-667, 2010.

KUO, Y.L.; Tully, E.A. & Galea, M.P. Sagittal spinal posture after

pilates – Based exercise in healthy older adults. Spine. Austrália, n.

:1046–51, 2009.

MACEDO, T.; Cunha Laux, R. & Corazza, S.T. O efeito do Método Pilates de Solo na flexibilidade de idosas. ConScientiae Saúde. São Paulo, Universidade Nove de Julho, vol. 15, núm. 3,pp. 448-456. 2016.

MAYER, A.P. & Lopes, W.A. A influência do método pilates na aptidão física de idosas do município de Guarapuava PR. VOOS Revista Polidisciplinar Eletrônica da Faculdade Guairacá Volume 03 Ed. 02 (Dez.) [82– 92] Caderno de Ciências da Saúde – www.revistavoos.com.br 2011.

MENDES, P.M.V; Santos, L.E. dos; Mesquita, L.S. de A. & Carvalho, F.T. de Análise da funcionalidade e ?exibilidade de mulheres em

exercícios de pilates no solo. Arq. Ciênc. Saúde. 22(3)53-57, jul-set; 2015.

NASCIMENTO, M; Silva, S.T; Oliveira, L.V. Efeitos de 16 semanas do método pilates mat sobre o equilíbrio, marcha, mobilidade funcional e força de idosas, 60-79 anos. Revista Saúde (Sta. Maria). 45 (1). 2019.

NAVEGA, M.T.; Furlanetto, M.G.; Lorenzo, D.M.; Marcelli, M.H. & Tozim, B.M. Efeitos do método Pilates Solo no equilíbrio e na hipercifose torácica em idosas: ensaio clínico controlado randomizado. Rev. Bras. Geriatr. Gerontol., Rio de Janeiro, 19 (3):465-472, 2016.

OLIVEIRA, L.C de; Hoshina, C.S., Furlan, L.A, de Oliveira, R.G. & Martini, F., A.N.O método Pilates no tratamento de espondilolistese traumática em L4-L5: estudo de caso. Fisioter Mov. Curitiba: jul/set;26(3): 623-9, 2013.

OLIVEIRA, L.M.N.de; Torres, M; Araújo, J.N.M; Nunes, F.S., Sousa, F.A.N.de & Oliveira, J.A.A.de. Análise do Efeito do Método Pilates no Grau de Força e Flexibilidade de Idosas da Comunidade do Bairro São Pedro em Teresina – PI. Botucatu: anais do 11º congresso internacional da rede unida suplemento revista interface - comunicação, saúde, educação. supl. 3. 2014.

OMS- Organização Mundial da Saúde. Envelhecimento ativo: uma política de saúde. Brasília, DF: OPAS; 2005.

OMS- Organização Mundial da Saúde. Relatório mundial de envelhecimento e saúde. OPAS; 2015.

PACHECO, J.F.R.; Guimarães, A.C. de A.; Kraeski, M.H.; Kraeski, A.C.; Souza, M de C. & Araújo, C. da C.R. de. Pilates e Flexibilidade: Uma Revisão. R bras ci Saúde 21(3):275-280. 2017.

PANELLI, C. & Marco, A. de. Método Pilates de condicionamento do corpo. Um programa para toda a vida. São Paulo. Phorte Editora. Edição do Kindle. 3ª edição. 2016.

PILATES, J.H. Sua Saúde. 1934. In: A obra completa de Joseph Pilates. Tradução e revisão científica Cecília Panelli. 1. ed. São Paulo: Ed. Phorte. 2015.

PILATES, J.H. & Miller, W. J. O retorno à vida pela Contrologia. 1945. In: A obra completa de Joseph Pilates. Tradução e revisão científica Cecília Panelli. 1. ed. São Paulo: Ed. Phorte. 2015.

PLACHY, J.K, Kovach, M.V. & Bognar, J. Improving flexibility and endurance of elderly women through a six-month training programme. Human Movement. Hungary: vol. 13 (1), 22–27, 2012.

SABATINI, N.R. A influência do Método Pilates sobre a capacidade funcional, a qualidade de vida e a remodelação óssea em mulheres idosas. Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Fisiopatologia em Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Unesp, área de concentração, Ciências da Saúde, para obtenção do título de Mestre. Botucatu, 2014.

SANTOS, M.B.F. dos & Palacio, S.G. Efeitos do método pilates no equilíbrio, na força muscular e flexibilidade em mulheres idosas. Anais Eletrônicos da VIII Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica; I Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Tecnológica e Inovação. UNICESUMAR – Centro Universitário de Maringá. Maringá – Paraná – Brasil. 2016.

TOZIM, B.M.; Furlanetto, M.G.; França, D.L. de L.; Morcelli, M.H.; Navega, M.T. Efeito do método Pilates na flexibilidade, qualidade de vida e nível de dor em idosos. ConScientiae Saúde, 13(4):563-570. 2014.

VEIGA, A.M.; Silva, A.B. da; Posser, D.M.T. & Silva, S.R. da. Benefícios do Método Pilates na 3ª idade. Braz. J. Hea. Rev., Curitiba, v. 2, n. 4, p. 2657-2661, jul./aug. 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n10-332