Estudo da interface das estruturas de concreto entre vigas/lajes e alvenaria de bloco ceramicos / Study of the interface of concrete structures between beams/plates and ceramic block masonry

Yuri Dos Santos Tatim Filho, Guilherme Alves Correa, Isadora Paczek, Igor Silveira, Leonardo Azevedo Massulo, Daniele Martins

Abstract


A etapa da fixação da alvenaria de vedação na estrutura de concreto armado, ou encunhamento, está relacionada com muitas causas patológicas. A NBR 8545:1984, normativa para execução de alvenaria sem função estrutural, contém procedimentos antigos à execução atual, como ao encunhamento. Autores elaboraram métodos de como executar a fixação. A metodologia foi elaborada com ensaios de argamassas comercializadas para o uso e execução da fixação, concluindo o melhor desempenho segundo propostas de autores. Foi realizada a análise dos resultados de ensaios das resistências de tração na flexão, compressão e modulo de elasticidade das argamassas para encunhamento, que segundo autores devem ter baixas resistências e módulo de elasticidade a fim de suportar as deformações das vigas imposta sobre a parede, resultados satisfatórios em duas das argamassas ensaiadas. Para evitar manifestações patológicas faz-se necessário parâmetros para execução e escolha do tipo de material para o encunhamento.


Keywords


patologia, argamassas, encunhamento, modulo de elasticidade, resistencias.

References


ADITIVO TIPO I – Vedacit – Aditivo expansor. Ficha técnica. Revisada em jun/2017.

ARGAMASSA TIPO I – Fida – Argamassa de encunhamento. Ficha Técnica Revisada em fev/2019.

ARGAMASSA TIPO II – Quartzolit – Argamassa de assentamento e encunhamento. Ficha Tecnica. Revisada em abr/2017.

ARGAMASSA TIPO III – Bautech – Argamassa de encunhamento. Ficha Técnica. Revisada em mar/2014.

ARGAMASSA TIPO IV – Votoran - Matrix 1201 Argamassa de assentamento de vedação e encunhamento. Ficha Técnica. Revisada em ago/2019.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS. NBR 5738: Concreto – Procedimento para moldagem e cura de corpos de prova. Rio de janeiro, 2015.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS. NBR 8522: Concreto – Determinação dos módulos estáticos de elasticidade e de deformação à compressão. Rio de janeiro, 2017.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS. NBR 8545: Execução de alvenaria sem função estrutural de tijolos e blocos cerâmicos, 1984.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS. NBR 6118: Projeto de estruturas de concreto - Procedimento. Rio de janeiro, 2014.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS. NBR 13276: Argamassa para assentamento e revestimento de paredes e tetos – Determinação do índice de consistência. Rio de janeiro, 2016.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS. NBR 13279: Argamassa para assentamento e revestimento de paredes e tetos – Determinação da resistência à tração na flexão e à compressão. Rio de janeiro, 2005.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS. NBR 13280: Argamassa para assentamento e revestimento de paredes e tetos - Determinação da densidade de massa aparente no estado endurecido. Rio de janeiro, 2005.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS. NBR 13281: Argamassa para assentamento e revestimento de paredes e tetos – Requisitos. Rio de janeiro, 2005.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS. NBR 16541: Argamassa para assentamento e revestimento de paredes e tetos – Preparo da mistura para a realização de ensaios. Rio de janeiro, 2016.

DALDON, Marcelo. Fatores que podem estar contribuindo para o aparecimento de manifestações patológicas na zona de encunhamento de paredes em obras de Porto Alegre. 2008. 89 f. TCC (Graduação) - Curso de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

FRANCO, Luiz Sergio. Alvenaria - Revista Téchne. São Paulo. p. 56-57. Maio, 2004.

FRANÇA, Ricardo. Concreto: Deformações estruturais. Revista Téchne. São Paulo. p. 66-69. Dezembro, 2003.

LORDSLEEM JUNIOR, Alberto Casado. Execução e inspeção de alvenaria racionalizada. São Paulo: O Nome da Rosa, 2000.

PEREIRA, Manuel Fernando Paulo. Anomalias em paredes de alvenaria sem função estutural. Dissertação (Mestrado) - Curso de Engenharia Civil, Universidade do Minho, Guimaraes, 2005.

SANTOS, Marcus Daniel Friederich dos. Material de aula. Santa Cruz do Sul, 2019

SANTOS JUNIOR, Luís Viana dos. Projeto e execução de alvenarias: fiscalização e critérios de aceitação. São Paulo: Pini, 2014.

SILVA, R.C; GONÇALVES, M.O; ALVARENGA, R.C.S.S. Alvenaria racionalizada. Revista Téchne. São Paulo. Julho, 2006. Disponível em: . Acesso em: 02 mai. 2019.

THOMAZ, Ercio. Código de práticas nº 01: alvenaria de vedação em blocos cerâmicos. São Paulo: IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo), 2009.

THOMAZ, Ercio. Trincas em edifícios: causas, prevenção e recuperação. São Paulo: Editora Pini : Escola Politécnica da Universidade de São Paulo: Instituto de Pesquisas Tecnológicas, 2003.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-008