A sexualidade e os direitos sexuais e reprodutivos da população em situação de rua: uma discussão necessária para garantia do cuidado integral / The sexuality and the sexual and reproductive rights of homeless people: a necessary discussion to guarantee integral care

Maria Luiza de Barba, Ana Leticia Damasceno Ramos Vieira, Andressa Cristina Direito Henriques, Eduarda Lays Lang, Graziela Cristina Mardegan Motta, Juliana Mandarino Martino e Silva, Letícia Réa Dracxler, Lori Cardoso da Costa

Abstract


Com o aumento gradativo da população em situação de rua, abordar sobre os determinantes sociais que permeiam tal população é fundamental para o entendimento de suas necessidades e identificação das principais vulnerabilidades que os cercam. Apesar da Política Nacional da População em Situação de Rua assegurar seus direitos, não há qualquer menção de forma explícita aos direitos sexuais desta população, evidenciando, assim, uma lacuna nesta linha de cuidado. Vale ressaltar que apesar da atenção à saúde sexual e reprodutiva ser uma das áreas de atuação prioritárias da Atenção Básica em Saúde, tais direitos não são efetivamente garantidos. Este estudo objetivou analisar como a omissão dos direitos desse grupo traz consequências aos seus integrantes, bem como apresentar um estudo sobre a população em situação de rua e seus direitos sexuais. Para tanto, foi utilizado o método de coleta de dados com levantamento de artigos sobre o tema e Políticas Nacionais. Trata-se de um trabalho qualitativo, com o desenho de uma revisão integrativa. Os dados foram analisados por método de análise de conteúdo. A saúde reprodutiva deveria ser compreendida como a possibilidade de as pessoas manterem uma vida sexual satisfatória e segura, com condições de se reproduzirem e o direito à liberdade de decidir quando e com que frequência serão mantidas as relações sexuais. Ademais, o Estado deve garantir que as mães tenham condições materiais necessárias para ter a guarda de seus filhos, considerando desta forma o direito à convivência familiar, visto que a situação de rua por si só não pode configurar fundamento para retirada de crianças de suas mães. Os direitos sexuais da População em Situação de Rua ainda é um tema pouco abordado pelos estudos já existentes, e de suma importância o Estado garantir à esta população condições necessárias para uma vida digna, e para que o sistema de saúde possa atuar efetivamente sobre inúmeros determinantes sociais que refletem na saúde e qualidade de vida.


Keywords


: população em situação de rua, direitos sexuais e reprodutivos, integralidade.

References


ANDRADE, L. P., COSTA, S.L., MARQUETTI, F.C. A rua tem um imã, acho que é a liberdade: potência, sofrimento e estratégias de vida entre moradores de rua na cidade de Santos, no litoral do Estado de São Paulo. Saúde e sociedade. vol.23, n.4, p.1248-1261, 2014. Acesso em: 20/08/2018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902014000401248

BRASIL. Decreto Presidencial nº 7.053, de 23 de dezembro de 2009. Institui a Política Nacional para a População em Situação de Rua e seu Comitê Intersetorial de Acompanhamento e Monitoramento, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Seção 1, 24 dez. 2009.

BRASIL. Ministério da Economia. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). Nota Técnica: Estimativa da População de rua no Brasil (Setembro de 2012 a Março de 2020) - Marco Natalino. Brasília: Ministério da Economia, Junho 2020. Disponível em Acesso em Set 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretária de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem: princípios e diretrizes. Brasília: 40p, 2009.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Manual sobre o cuidado à saúde junto a população em situação de rua. Brasília: 100p, 2012.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de IST, Aids e Hepatites Virais. Pesquisa de conhecimento, atitudes e práticas na população brasileira. Brasília: 126p, 2011.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Saúde sexual e saúde reprodutiva. Brasília: 302p, 2010.

BRASIL. Ministério Público do Distrito Federal e Territórios. Direitos das pessoas em situação de rua. Brasília: MPDFT, Julho 2018. Disponível em Acesso em Set 2021.

BUSS, P. M.; PELLEGRINI FILHO, A. A Saúde e seus Determinantes Sociais. In PHYSIS: Rev. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 17(1): 77-93, 2007.

CACCAMO, A., KACHUR, R., WILLIANS, S.P. Narrative Review: Sexually Transmitted Diseases and Homeless Yout.What Do We Know About Sexually Transmitted Disease Prevalence and Risk?. Sex Transm Dis. 2017;44(8):466-476. doi:10.1097/OLQ.0000000000000633

COOK, R. J.; DICKENS, B. M.; FATHALLA, M. F. Saúde reprodutiva e direitos humanos: integrando medicina, ética e direito. Rio de Janeiro: Cepia. 2004.

CRONLEY, C., HOHN, K., NAHAR,S. Reproductive health rights and survival: The voices of mothers experiencing homelessness. Women Health. 2018 Mar;58(3):320-333. doi: 10.1080/03630242.2017.1296060. Epub 2017 Mar 20. PMID: 28278012.

DE BARBA et al. Os desafios para o manejo de doenças crônicas na população em situação de rua. Brazilian Journal of Health Review. v.4, n.2, p 9257-9273. Disponível: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BJHR/issue/view/124. DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n2-426

MONTENEGRO, C.A; DE BARBA, M.L.F; POSSA, L.B. A formação dos trabalhadores da saúde no acolhimento e cuidado aos moradores de rua: uma revisão na literatura. Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia, [s. l.], v. 2, ed. 4, 2015.

MUNRO S, et al. Access experiences and attitudes toward abortion among youth experiencing homelessness in the United States: A systematic review. PLoS One. 2021 Jul 1;16(7):e0252434. doi: 10.1371/journal.pone.0252434. PMID: 34197477; PMCID: PMC8248724.

PORCINO, C. et al. Sexo Abrigado: cuidados de pessoas em situação de rua para infecções sexualmente transmissíveis. Editora Realiza: p. 1-388–416, 2017.

REW L., FOULADI, R.T., YOCKEY, R.D. Sexual health practices of homeless youth. J Nurs Scholarsh. 2002;34(2):139-45. doi: 10.1111/j.1547-5069.2002.00139.x. PMID: 12078538.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-021