Estudo das oportunidades do mercado industrial relacionados a utilização bioplásticos microbianos em substituição a plásticos derivados do petróleo / Study of industrial market opportunities related to the use of microbial bioplastics to replace petroleum-based plastics

Márcia Féldreman Nunes Gonzaga, Fabio Marcio Squina

Abstract


Nos últimos 10 anos, houve em todo o mundo um considerável crescimento na produção de plásticos a partir de fontes não renováveis, em substituição de matérias derivados de petróleo, que apresentam efeitos nocivos ao meio ambiente. Várias empresas apostaram no desenvolvimento dos bioplásticos, como por exemplo os polihidroxialcanoatos (PHA), devido a características como estabilidade, durabilidade, biodegradabilidade e não toxidade. Neste artigo, apresentamos uma pesquisa qualitativa com abordagem descritiva de caráter exploratória sobre esse tema. Para realizar a pesquisa, foram utilizadas publicações do portal de periódicos da Capes, a plataforma ScienceDirect, as bases de dados Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE) e U.S. National Library of Medicine (PUBMED). Nota-se a tendência de substituição dos polímeros desenvolvidos de origem petroquímica por bioplástico microbianos. Para viabilizar economicamente a produção de bioplástico microbianos, faz se necessário pesquisas à utilização de substratos com baixo custo para a fermentação microbiana, redução do tempo de processo e utilização de materiais de baixa toxicidade (ou atóxicos) à extração dos polímeros. A produção de bioplásticos microbianos é um tema de grande relevância e interesse de indústrias, do governo e do mundo todo. Porém o processo de extração de bioplásticos produzidos por cepas bacterianas ainda é considerado de alto custo. O uso comercial de bioplásticos produzidos por cepas bacterianas sem dúvidas terá um grande potencial a ser utilizado como substituto alternativo a plásticos derivados de petróleo. Por fim, as diversas percepções debatidas ao decorrer dos trabalhos analisados permitem inferir que, em relação à produção de biopolímeros sustentáveis, visando fabricação em larga escala pela indústria, ainda há uma grande trajetória a se percorrer.


Keywords


biopolímeros, bioplástico microbiano, polihidroxialcanoatos, extração de pha.

References


BISSACOT, E. P.. Comparação de diferentes metodologias para purificação de polihidroxialcanoatos: uma revisão bibliográfica. Lume - Repositório digital da UFRGS. 2018.

CHEN, G.. Plastics completely synthesized by bacteria: polyhydroxyalkanoates. In: Plastics from bacteria. Springer, Berlin, Heidelberg, 2010. p. 17-37. DOI:10.1007/978-3-642-03287_5_2.

Choonut, Aophat & Sangkharak, Kanokphorn.. Biofuel from Polyhydroxyalkanoates (PHAs). (2019).

DELGADO, A. C. L.; CORDOBA, A. M.. Polihidroxialcanoatos (PHA’s) producidos por bacterias y su posible aplicación a nivel industrial. Informador técnico, v. 79, n. 1, p. 93-101, 2015. DOI: 79. 83. 10.23850/22565035.139.

DE SOUZA REIS, G. A.; MICHELS, H. A. M.; FAJARDO, G. L.; LAMOT, I.; DE BEST, J. H.. Optimization of green extraction and purification of PHA produced by mixed microbial cultures from sludge. Water, v. 12, n. 4, p. 1185, 2020.

GODBOLE, S.. Methods for identification, quantification and characterization of polyhydroxyalkanoates-a review. International Journal of Bioassays, v. 5, n. 4, p. 2016, 2016.DOI: 10.21746 / ijbio.2016.04.005. 2016.

JUDITH L.; FRIDOVICK-KEIL.. Bioplastic. Britannica Online Encyclopedia. Data de publicação: 2 set. 2020.

KOURMENTZA, C.; PLÁCIDO, J.; VENETSANEAS, N.; BURNIOL-FIGOLS, A.; VARRONE, C.; GAVALA, H. N.; REIS, M. A. M.. Recent advances and challenges towards sustainable polyhydroxyalkanoate (PHA) production. Bioengineering, v. 4, n. 2, p. 55, 2017. https://doi.org/10.3390/bioengineering4020055.

LI, Z.; YANG, J.; LOH, X. J. Polyhydroxyalkanoates: opening doors for a sustainable future. NPG Asia Materials, 8(4), 2016. e265–e265. doi:10.1038/am.2016.48.

MADKOUR, M. H.; HEINRICH, D.; ALGHAMDI, M. A.; SHABBAJ, I. I.; STEINBÜCHEL, A.. PHA recovery from biomass. Biomacromolecules, v. 14, n. 9, p. 2963-2972, 2013. https://doi.org/10.1021/bm4010244.

MARTÍNEZ, V.; HERENCIAS, C.; JURKEVITCH, E.; PRIETO, M. A.. Projetando uma bactéria predatória como um agente matador proficiente para recuperação de produtos biológicos intracelulares: O caso dos polihidroxialcanoatos. Sci. Rep., 6, 24381. 2016. https://doi.org/10.1038/srep24381.

MENDONÇA, T. T.; GOMEZ, J. G.; BUFFONI, E.; SÁNCHEZ RODRIGUEZ, R. J.; SCHRIPSEMA, J.; LOPES, M. S.; SILVA, L. F.. Exploring the potential of Burkholderia sacchari to produce polyhydroxyalkanoates. J Appl Microbiol. 2013. Apr;116(4):815-29. doi: 10.1111/jam.12406. Epub 2013 Dec 13. PMID: 24279348.

MICÁN, M. L. M.; LÓPEZ, S. M. L.; HERNÁNDEZ, Á. T. M.. Síntesis de bioplásticos a partir de microorganismos. 2017.

MOZEJKO-CIESIELSKA, J.; SZACHERSKA, K.; MARCINIAK, P.. Pseudomonas species as producers of eco-friendly polyhydroxyalkanoates. Journal of Polymers and the Environment, v. 27, n. 6, p. 1151-1166, 2019. https://doi.org/10.1007/s10924-019-01422-1.

OLIVEIRA-FILHO, E. R.; GUAMÁN, L. P.; MENDONÇA, T. T.; LONG, P. F.; TACIRO, M. K.; GOMEZ, J. G. C.; SILVA, L. F.. Production of Polyhydroxyalkanoates Copolymers by Recombinant Pseudomonas in Plasmid-and Antibiotic-Free Cultures. Journal of molecular microbiology and biotechnology, v. 28, n. 5, p. 225-235, 2018. DOI: 10.1159 / 000495752.

ONU – Organização das Nações Unidas. Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. 2018.

PINSKY, V.; KRUGLIANSKAS, I.. Inovação tecnológica para a sustentabilidade: aprendizados de sucessos e fracassos. Estud. av., São Paulo, v. 31, n. 90, p. 107-126, May 2017. https://doi.org/10.1590/s0103-40142017.3190008.

QUINES, L. K. M.; SCHMIDT, M.; ZANFONATO, K.; SCHMIDELL, W.; ARAGÃO, G. M. F.. Métodos de extração de Poli-Hidroxialcanoatos a partir de biomassa bacteriana. Química Nova, v. 38, n. 9, p. 1207-1218, 2015. http://dx.doi.org/10.5935/0100-4042.20150129.

RAMOS, A. F.; ESPINOSA, A.; MENDEZ, D.; CABEZA, I.; MORENO-SARMIENTO, N.. Purification of Poly (3-hydroxybutyrate) Produced by Fatty Acid Fermentation Using Organic Polar Solvents. Chemical Engineering, v. 67, 2018.1.

SINGH, P.; SHARMA, V. P.. Integrated plastic waste management: environmental and improved health approaches. Procedia Environ Sciences 35:692–700. 2016. https://doi.org/10.1016/j.proenv.2016.07.068.

VIEGAS, Cristhiene Paiva Rohden.. Estudo da produção de polihidroxialcanoatos (PHAs) por Chromobacterium violaceum. Dissertação (mestrado) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos. 2005. http://repositorio.usfsc.br/handle/123456789/101917

WANG, Y.; CHEN, G.. Polyhydroxyalkanoates: sustainability, production, and industrialization. Sustainable polymers from biomass. Wiley VCH, Weinheim, Germany, v. 14, 2017. https://doi.org/10.1002/9783527340200.ch2.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-048