A tendência de jogos matemáticos como recurso pedagógico para o ensino da disciplina de educação financeira do novo ensino médio / The trend of mathematical games as a pedagogical resource for teaching the discipline of financial education in “new high schools”

Juliana Silveira Marcondes, Kariston Pereira, Regina Helena Munhoz

Abstract


O advento do “Novo Ensino Médio” no Brasil propiciou a flexibilização do percurso educacional a ser percorrido pelos estudantes, inclusive com a possibilidade de oferta de novas disciplinas pelas instituições e redes estaduais de ensino. Neste artigo, analisa-se o potencial do uso de jogos nas aulas da disciplina de Educação Financeira, ofertada para o Ensino Médio na rede de ensino de Santa Catarina. Para tanto, são realizados a descrição das mudanças legais ocorridas, um levantamento bibliográfico a respeito da tendência de utilização de jogos na educação matemática e o apontamento de jogos especialmente promissores para utilização na nova disciplina de Educação Financeira.

 


Keywords


educação matemática, jogos na educação, novo ensino médio, educação financeira.

References


BORIN, Julia. Jogos e resolução de problemas: uma estratégia para as aulas de matemática. 3.ed. São Paulo: IME/USP, 1998.

BRASIL. Lei Federal n. 13.415, de 16 de fevereiro de 2017. Altera as Leis n º 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e 11.494, de 20 de junho 2007, que regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, a Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943, e o Decreto-Lei nº 236, de 28 de fevereiro de 1967; revoga a Lei nº 11.161, de 5 de agosto de 2005; e institui a Política de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. Diário Oficial da União: Brasília, DF. Disponível em: . Acesso em 14 jun. 2021.

______. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2018.

______. Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN+). Ciências da Natureza e Matemática e suas tecnologias. Brasília: MEC, 2006.

______. Conselho Nacional de Educação; Câmara de Educação Básica. Resolução nº 3, de 21 de novembro de 2018. Atualiza as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Diário Oficial da União: Brasília. DF. Disponível em: . Acesso em: 14 jun. 2021.

______, Ministério da Educação, (1998). Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental. Brasília, MEC/SEF.

DOLL, Jen. An Anti-Capitalist Woman Invented Monopoly and a Man Got All The Credit. The New Republic, 5 de fevereiro de 2015. Disponível em: < https://newrepublic.com/article/120933/mary-pilons-monopolists-review>. Acesso em 25 jun. 2021.

FERNANDES, J. H. P; FERREIRA, M. M; NOGUEIRA, J. F. F. O novo ensino médio e os itinerários formativos. Rio de Janeiro: FGV Editora, 2020.

FREITAS, Eliana Sermidi de; SALVI, Rosana Figueiredo. A ludicidade e a aprendizagem significativa voltada para o ensino de geografia. In: PARANÁ. Secretaria de Estado da Educação. Superintendência de Educação. O professor PDE e os desafios da escola pública paranaense, 2007. Curitiba: SEED/PR., 2011. V.1. (Cadernos PDE). Disponível em:http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2007_uel_geo_artigo_eliana_sermidi_de_freitas.pdf>. Acesso em 15 jun. 2021.

MENEZES, Luís Carlos de. Novo Ensino Médio de Bolso – a BNCC e a nova lei. São Paulo: Editora do Arco 43, 2020.

NEGRI, Ana Lúcia Lemes. Educação Financeira para o Ensino Médio da Rede Pública:

Uma Proposta Inovadora – Americana: Centro Universitário Salesiano de São Paulo, 2010.

f. Disponível em: http://unisal.br/wpcontent/uploads/2013/04/Disserta%C3%A7%C3%A3o_Ana-Lucia-Lemes-Negri.pdf. Acesso em 01 jul. 2021.

RAU, Maria Cristina Trois Dorneles. A ludicidade na educação: uma atitude pedagógica. 2ª edição. Curitiba: Ibpex, 2011.

SANTA CATARINA. Componentes Curriculares Eletivos no Novo Ensino Médio - Portfólio dos(as) Educadores(as). Florianópolis: SED, 2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-051