O desfecho clinico do paciente obeso submetido a cirurgia / The clinical outcome of the obese patient undergoing

Gustavo Rodrigo Silva, Lanna do Carmo Carvalho, Arthur Barbosa Mendonca, Joao Victor Jordao Sousa, Icaro de Lima Queiroz, Heytor Mendes Camargo Costa, Matheus Passos Silva Bastos, Rafael Amanso da Conceicao, Lidiely Kassburg Mello, Sofia Carneiro Mansur Silva, Vinicius Vieira Leandro da Silva, Walquiria da Silva Pedra Parreira, Ricardo Vilar Wanderley Nobrega Filho, Maria Isabel Moreira Fernandes, Jaqueline Giselle farias Fernandes, Thaina Perassolo Martinez, Edivaldo Bezerra Mendes Filho, Michele Silva Lobato

Abstract


A obesidade se trata de uma doença multifatorial e de caráter crônico, necessitando ser precocemente diagnosticada e tratada. O tratamento do excesso de peso corporal têm a finalidade de evitar exacerbações da doença e as comorbidades com ela associadas. O seguinte artigo objetivou por meio da literatura científica abordar e descrever o quadro clínico do paciente obeso e as opções cirúrgicas e seu prognóstico. O estudo em questão é uma revisão de literatura do tipo narrativa, fundamentada nas plataformas online do SciELo, Pubmed, Google Acadêmico, Brazilian Jornal of Health Review e LILACS. Desta pesquisa foram analisados 50 artigos, nos idiomas português, inglês e espanhol. Foram selecionados 20 estudos por estarem atuais, baseados em evidências e com linguagem clara e direta, descartando-se os demais sem relevância para a temática proposta. Na literatura existem muitas informações. Algumas perspectivas mais restritas classificam as causas da obesidade apenas entre o desequilíbrio entre a ingesta calórica e o gasto metabólico. Ademais, estudos mais atuais abordam a questão em sua perspectiva mais realista, ou seja, sua base multifatorial a qual incluem fatores genéticos, neurológicos, metabólicos e endócrinos, associados a um estilo de vida sedentário e a uma alimentação hipercalórica. O diagnóstico clínico se baseia em métodos simples e de fácil aplicabilidade, e a terapêutica se fundamenta em reeducação alimentar e a inclusão de atividades físicas. No advém, alguns pacientes são resistentes a esses meios e urgem ser submetidos a opção cirúrgica. Atualmente, a cirurgia bariátrica é a opção e esta conta com diversas técnicas promissoras e eficazes no combate ao excesso de peso e suas implicações adjacentes. E está possui benefícios e complicações que consoante o perfil clínico do paciente e o acompanhamento multidisciplinar pode resultar em bom prognóstico.


Keywords


doença crônic, obesidade, cirugia bariátrica.

References


ANJOS, L. A. et al. Obesidade e saúde pública. Rio de Janeiro, Editora Fiocruz, Temas em saúde, p. 100, 2006.

AOYAMA, E. A. et al. Genética e meio ambiente como principais fatores de risco para a obesidade. Brazilian Journal of Health Review, v. 1, n. 2, p. 477-484, 2018.

CALDEIRA, T. P. D. et al. Fatores associados ao reganho de peso após cirurgia bariátrica. Brazilian Journal of Health Review, v. 3, n. 1, p. 883-900, 2020.

CAMARGOS, A. R. et al. A eficácia das técnicas da cirurgia bariátrica na remissão da diabetes mellitus tipo 2. Revista Eletrônica Acervo Científico, v. 26, e7541, 2021.

DAMÁSIO, J. P. F. et al. Complicações pós – operatórias da cirurgia bariátrica em mulheres em idade fértil. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 13, n. 6, e6957, 2021.

DONELLA, P. P. et al. Cirurgia Bariátrica: a necessidade da consulta de enfermagem. Brazilian Journal of Development, v. 7, n.6, p. 62995- 63012, 2021.

FLORES, T. R. Tendência de sobrepeso e obesidade e desafios para conter o aumento em todas as faixas etárias. SciELO em Perspectiva|Comunicado de imprensa, 2021.

FRANCISCHI, R. P. P. et al. Obesidade: atualização sobre sua etiologia, morbidade e tratamento. Revista de Nutrição, v. 13, n. 1, p. 17-28, 2000.

GAIA, D.F. et al. Complicações da aorta pós- cirurgia bariátrica. Brazilian Journal of Cardiovascular Surgery, v. 23, n. 3, p. 415-17, 2008.

PINHEIRO, A. R. O. et al. Uma abordagem epidemiológica da obesidade. Revista de Nutrição, v. 17, n. 4, p. 523-533, 2004.

QUEIROZ, M. G. et al. Envelhecimento saudável prejudicado pela obesidade: uma revisão integrativa. Brazilian Journal of Health Review, v. 3, n. 2, p. 2309- 16, 2020.

SOUZA, J. M. B. et al. Obesidade e tratamento: desafio comportamental e social. Revista Brasileira de Terapias Cognitivas, v. 1, n. 1, p. 59-67, 2005.

SOUZA, K. M. Cirurgia revisional para desnutrição após bypass gástrico: um relato Atípico. Brazilian Journal of Health Review, v. 2, n. 6, p. 5396-5401, 2019.

TAVARES, T. B. et al. Obesidade e qualidade de vida: uma revisão de literatura. Revista Médica de Minas Gerais, vol. 20, n. 3, 2010.

VIANA, A. S. T. et al. Você sabia que a falta de vitamina B12 pode desencadear doenças neurológicas? Research, Society and Development, v. 11, n. 3, e43311326712, 2022.

WANDERLEY, E. M. Obesidade: uma perspectiva plural. Revista Ciência e Saúde Coletiva, v. 15, n. 1, p. 185-94, 2010.

ZEVE, J. L. M. et al. Técnicas em cirurgia bariátrica: uma revisão de literatura. Revista Ciência e Saúde, Porto Alegre, v. 5, n. 2, p. 132-140, 2012.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-063