Educação em saúde para adolescentes em tempos de Covid-19: relato de experiência Health education for adolescents in times of Covid-19: experience report

Cremilson de Paula Silva, Larissa Sales Martins Baquião, Milene Dias Ferreira Magri, Marcelo Lopes Pereira, Laís Samara Sabatini, Ana Paula Alves Tomé, Joys Gomes da Silva, Natércia Taveira Carvalhaes Dias

Abstract


A pandemia exigiu uma readaptação no estilo de vida dos adolescentes, que, em sua maioria, possuem longos períodos de convivência em grupos. O objetivo do trabalho foi relatar a experiência vivenciada por estudantes e profissionais envolvidos em um curso Técnico de Enfermagem sobre práticas educativas para adolescentes durante a pandemia da COVID-19. Tratou-se de um relato de experiência de quatro estudantes, três docentes e um enfermeiro de um Instituto Federal sobre a elaboração de estratégias de educação em saúde para adolescentes em tempos de pandemia da COVID-19, nos meses de março à junho de 2021, usando mídias digitais como material educacional. Observou-se que práticas de educação em saúde realizadas por estudantes de enfermagem estimularam o aprimoramento de seus conhecimentos, aproximando os futuros profissionais de sua realidade de trabalho e ao mesmo tempo contribuíram para a prevenção de agravos à saúde do adolescente. Concluiu-se que o trabalho possibilitou aos estudantes e profissionais envolvidos maior interação, trabalho em equipe, desenvolvimento e aprendizagem de novas ferramentas tecnológicas, trazendo benefícios para a sociedade.


Keywords


comunicação educativa, promoção de saúde, técnicos de enfermagem.

References


AMORIM, A. N. D. P. et al. Programas que promueven un estilo de vida saludable en el contexto de la salud escolar: scoping review. Online Braz J Nurs, v. 19, n.4, 2020. Disponível em: Acesso em: 27 mar. 2022.

BRASIL. Programa Nacional de Saúde Escolar, 2015 Disponível em: http://www.arsnorte.minsaude.pt/wp-content/uploads/sites/3/2018/01/Programa_NSE_2015.pdf>. Acesso em: 22 Out. 2019.

DIAS, E. G; RIBEIRO, D. R. S. V. Manejo do cuidado e a educação em saúde na atenção básica na pandemia do Coronavírus. J. nurs. health, v. 10, 2020.

FEIO, A.; OLIVEIRA, C. C. Confluências e divergências conceituais em educação em saúde. Saúde Soc, v. 24, n. 2, p. 703-15, 2015. Disponível em: Acesso em 28 fev. 2022.

GONTIJO, D. T. et al. Occupational therapy and sexual and reproductive health promotion in adolescence: a case study. Occup Ther Int, v. 23, n. 1, p. 19-28, 2015.

MALTA, D. C. et al. A pandemia de COVID-19 e mudanças nos estilos de vida dos adolescentes brasileiros. Rev. bras. epidemiol, v. 24, 2021.

MASSON, L. N., et al. A educação em saúde crítica como ferramenta para o empoderamento de adolescentes escolares frente suas vulnerabilidades em saúde. REME - Rev Min Enferm, v.24, e-1294, 2020. Disponível em: https://www.reme.org.br/artigo/detalhes/1440. Acesso em: 28 fev. 2022.

SOARES, G. C. et al. Promovendo educação em saúde no espaço não formal de aprendizagem. Rev Bras Promoç Saúde, v. 30, n.1, p. 5-12, 2017.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. The World Health Report 2008: primary health care now more than ever. Geneva: WHO, 2008.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-071