Plano de negócios: VIP fungi / Business plan: VIP fungi

Aline Chaves Leite, Eduarda Tavares Garcia, Ingrid Rezende Silva Palacios, Jhonathan Carvalho da Silveira, Valéria Cristine Pereira Gomes, Myriam Angélica Dornelas

Abstract


Os cogumelos são utilizados como fonte de alimentação desde a antiguidade, uma vez que se trata de um alimento relativamente simples e altamente nutritivo. O trabalho teve como objetivo elaborar um plano de negócios para a produção e comercialização de cogumelos Shiitake, pela empresa denominada VIP Fungi. A empresa tem como propósito oferecer um produto natural, atendendo pessoas jurídicas, tais como: mercados, hortifrutis, restaurantes e outros estabelecimentos desta natureza do município estudado. Para se estabelecer os parâmetros de quantidade a ser produzida, demanda municipal e identificação de potenciais clientes, foi realizada uma pesquisa de mercado e de campo. A coleta de dados se deu mediante a aplicação de um questionário estruturado, por meio do Google Forms, junto a possíveis empresas do município. No total, 24 empresas participaram da pesquisa respondendo ao questionário aplicado, sendo essas associadas a associação comercial do município, e atuantes no comércio varejista. Os resultados do trabalho permitiram a construção e a elaboração da proposta de análise de mercado, estratégias, plano operacional e financeiro. De acordo com os resultados obtidos na descrição do plano financeiro, a empresa VIP Fungi necessitará de um investimento inicial de R$ 11.133,62. De acordo com as demonstrações financeiras, a empresa terá um lucro de 21,09%, equivalente a quantia de R$ 2.591,67 ao ano sobre o capital investido e uma rentabilidade mensal de 22,97%. Sendo assim, o valor do seu investimento pode ser recuperado em 4 anos e 4 meses. Conclui-se, portanto, que há viabilidade para a implantação da empresa VIP Fungi.


Keywords


análise de mercado, plano financeiro, plano de marketing, plano operacional.

References


BARCELLOS, Ricardo; SCHELELA, Simone Schuster. Marketing e vendas.Curitiba: e- Tec, 2018.

DIAS, A. A. Administração de novos negócios.Rio de Janeiro : SESES, 2015.

DORNELAS, J.C.A. Empreendedorismo, transformando ideias em negócios.Rio de Janeiro: Campus, 2001.

FURLANI, R. P. Z.; GODOY, H. T. Valor nutricional de cogumelos comestíveis. Food Science and Technology. v. 27, n. 1, p. 154-157, 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/cta/v27n1/26.pdf. Acesso em: 21 mar. 2021.

SOCIEDADE NACIONAL DE AGRICULTURA. Alimentação e nutrição: cogumelo, mais proteína que a carne bovina. 2015. Disponível em:https://www.sna.agr.br/alimentacao-e-nutricao-cogumelo-mais-proteina-do-que-a-carne-bovina/. Acesso em: 21 mar. 2021.

MACHADO, A. E. V. Cultivo integrado do cogumelo Pleurotusostreatus e tomate (Solanumlycopersicum).2019. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Federal do Tocantins, Gurupi, 2019. Disponível em:https://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/bitstream/doc/1117453/1/UFTDISSERTACAOMESTRADO.pdf. Acesso em: 21 mar. 2021.

ANPC. Cogumelos. 2013. Disponível em: https://www.anpccogumelos.org/. Acesso em: 24 fev. 2021.

MORAES, A. M.; FONSECA, J. J. S. Metodologia da pesquisa científica. Sobral: INTA, 2017.

PICCININ, E. Cultivo do cogumelo Shiitake (Lentinulaedodes) em toras de eucalipto: teoria e prática. Piracicaba: ESALQ/USP, 2000.

APTA. Estado de São Paulo é o maior produtor de cogumelos do País, importante alternativa de geração de renda aos agricultores. 2019. Disponível em: http://www.apta.sp.gov.br/noticias/estado-de-s%C3%A3o-paulo-%C3%A9-o-maior-produtor-de-cogumelos-do-pa%C3%ADs,-importante-alternativa-de-gera%C3%A7%C3%A3o-de-renda-aos-agricultores?highlight=WyJjb2d1bWVsb3MiXQ. Acesso em: 21 mar. 2021.

SEBRAE. Cogumelo in natura: oportunidades para pequenas produções. 2014. Disponível em: https://respostas.sebrae.com.br/cogumelo-in-natura-oportunidades-para-pequenas-producoes/. Acesso em: 02 abril 2021.

SEBRAE. Como elaborar um plano de negócios. Brasília: SEBRAE, 2013. Disponível em: https://www.sebrae.com.br/Sebrae/Portal%20Sebrae/Anexos/COMO%20ELABORAR%20UM%20PLANO_baixa.pdf. Acesso em: 07 abr. 2022.

SOCIEDADE VEGETARIANA BRASILEIRA. Mercado vegetariano. 2018. Disponível em: https://www.svb.org.br/vegetarianismo1/mercado-vegetariano. Acesso em: 28 mar. 2021.

IBGE. Cidades e estados. 2022. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/cidades-e-estados.html?view=municipio. Acesso em: 31 mar.2022

KOTLER, P.; KARTAJAYA, H.; SETIAWAN, I. Marketing 4.0. Rio de Janeiro: Sextante, 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-132