Ciência, afeto e astúcia na peça teatral lição de botânica: a dramaturgia de Machado de Assis / Science, affection and cunning in the play lição de botânica: the dramaturgy of Machado de Assis

Moisés Monteiro de Melo Neto, Ewellym da Silva Oliveira, Mychel Arthur Martins França

Abstract


O presente artigo tem por objetivo apresentar uma análise sobre a peça teatral Lição de Botânica, de Machado de Assis, abordando aspectos da obra em estudo. Nesta perspectiva, foram destacadas algumas características da escrita do autor, abordando aspectos ideológicos, procurando entender qual a relação da ciência com o contexto cultural da época e as afinidades eletivas do período no qual se enquadra a mencionada peça. Quanto ao aporte teórico, buscamos apoio em Prado (1999), Gardair e Schall (2009), Melo (2003, 2004), Magaldi (2001) e Zafalon (2017). E como resultado obtido acerca da análise da peça, de acordo com o período sociocultural da sociedade carioca, podemos perceber que os personagens discutem e representam as realidades sociais da época, trazendo marcas do movimento Realista no Brasil.


Keywords


dramaturgia brasileira, realismo, machado de assis, lição de botânica.

References


ASSIS, Joaquim Maria Machado de. Lição de Botânica. Minas Gerais: Virtual Books, 2003.

FILHO, Wolmyr. Tudo Teatro: Máscara, Público e Olhar em Machado de Assis. XI Congresso Internacional da Abralic. São Paulo, 2008.

GARDAIR E SCHALL. Ciências Possíveis em Machado de Assis: Teatro e Ciência na Educação Científica. Ciência e Educação, v. 15 n. 3, p. 695-712, 2009.

MAGALDI, Sábato. Panorama do teatro brasileiro. 5. ed. São Paulo: Global, 2001, p. 125-139.

MELLO, Franceli. Machado de Assis e o Teatro: Um caso de Amor. O Eixo e a Roda: v. 9/10, p. 1-324, Belo Horizonte, 2004.

PEREIRA, Lúcia Miguel. Machado de Assis: Estudo Crítico e biográfico. São Paulo: Ed. Nacional, 1938.

PRADO, Décio de Almeida. História concisa do teatro brasileiro. São Paulo: Edusp; Imprensa Oficial, 1999. p. 80.

PINHEIRO, Gabriela. Considerações Sobre o Teatro de Machado de Assis. Machado de Assis em Linha. Ano 2, número 4. São Paulo, 2009.

SCHWARZ, Roberto. Um mestre na periferia do capitalismo: Machado de Assis. São Paulo: Duas Cidades; 34, 2000.

ZAFALON, Míriam. A arte Historicizada: Um Viés de Leitura Para a Peça Lição de Botânica, de Machado de Assis. Todas as musas. Issn 2175-1277 ano 09 número 01, 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-154