A consolidação de sites de reclamação online como uma alternativa eficaz no intermédio das relações de consumo: um estudo de caso do site reclame aqui / The consolidation of online complaint sites as an effective alternative in the intermediation of consumer relations: a case study of the site reclame aqui

Janaina de Holanda Costa Calazans Calazans, Gabriela Rocha Barros Coelho, Georgina Venancio de Queiroz, Karlla Lacerda Rodrigues da Silva

Abstract


O mundo capitalista atual transformou definitivamente o relacionamento dos indivíduos com o mercado, através da rede mundial de computadores, a web. O fácil acesso a informações juntamente com o surgimento dos prosumers, ávidos por uma atitude colaborativa e uma relação justa com o mercado, provocou a criação do site Reclame AQUI, na tentativa de dirimir impasses entre empresas e consumidores. O objetivo deste estudo é investigar quais fatores contribuem para a consolidação de sites de reclamação online como uma alternativa eficaz no intermédio das relações de consumo. Notou-se que a eficácia e a transparência do site Reclame Aqui são condições sine qua non para o seu sucesso tornando-o, inclusive, tão procurado quanto PROCON ou os tradicionais SACs. Diante dessa nova realidade, as empresas buscam resolver de forma mais ágil os problemas com seus produtos relatados na internet na intenção de manter uma boa reputação. Um movimento que revela a importância do ciberativismo no contexto de construção e manutenção das marcas da atualidade.


Keywords


ciberativismo, reclamações online, prosumers, sac.

References


BAUMAN, Zygmunt. Vida para consumo: a transformação das pessoas em mercadoria. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.

BAUER, Martin W; GASKELL, George. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Rio de Janeiro: Vozes, 2014.

BORDENAVE, Juan E. D. O que é comunicação. São Paulo: Brasiliense, 2006.

BRASIL. Constituição Federal. In: Vade Mecum. 17ª Ed. São Paulo: Saraiva, 2014.

_______. Código de Defesa do Consumidor. In: Vade Mecum. 17ª Ed. São Paulo: Saraiva, 2014.

_______.. Código Tributário Nacional. In: Vade Mecum. 17ª Ed. São Paulo: Saraiva, 2014.

CATELLS, Manuel. Rede de indignação e esperança: movimentos sociais na era da internet. 1ª Ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2013.

CAVALIERI FILHO, Sergio. Programa de Direito do Consumidor. São Paulo: Atlas, 2011.

CERQUIER-MANZINI, Maria Lourdes. O que é Cidadania. São Paulo: Brasiliense, 2013

FILOMENO, José Geraldo Brito. Manual de Direitos do Consumidor. São Paulo: Atlas, 2015.

GIDDENS, Anthony. As consequências da modernidade. São Paulo: Unesp, 1991.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2014.

JENKINS, Henry. Cultura da convergência. São Paulo: Aleph, 2009.

KOTLER, Philip. Marketing 3.0. As forças que estão definindo o novo marketing centrado no ser humano. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 2010.

LIPOVETSKY, Gilles; SERROY, Jean. A Cultura Mundo: resposta a uma sociedade desorientada. Lisboa, Portugal: Edições 70, 2010.

SHIRKY, Clay. A cultura da participação: criatividade e generosidade no mundo conectado. Rio de Janeiro: Zahar, 2010.

TIAGO, Anna. Consumidor ganha poder. Jornal do Commercio, Recife, 28 jun 2015. Economia, p. 4.

ZÜLZKE, M. L. Abrindo a Empresa Para o Consumidor: a importância de um canal de atendimento. 2. ed. Rio de Janeiro: Qualitymark, 1997.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-196