Como evoluíram os níveis de estresse e ansiedade em docentes e discentes universitários durante a pandemia da COVID-19?- um estudo transversal repetido / How did stress and anxiety levels evolve in university professors and students during the COVID-19 pandemic? - a repeated cross-sectional study

Maria Cristina Falcão Raposo, Gauss Moutinho Cordeiro, Morgana Larissa da Silva Farias

Abstract


O objetivo deste artigo é estudar de forma comparativa a evolução dos níveis de estresse e ansiedade em estudantes e professores universitários durante a pandemia da COVID-19. O método utilizado foi de um estudo transversal repetido três vezes, após o término de cada semestre letivo, com uma amostra de docentes e discentes dos cursos de bacharelado da área de exatas da UFPE.  Os instrumentos utilizados foram: um formulário de coleta de dados sociodemográficos, econômicos e de opinião sobre o ensino remoto. A saúde mental foi avaliada pela Escala de Ansiedade, Estresse e Depressão-21 (DASS-21). Os resultados mostram que a prevalência dos sintomas de estresse são maiores que os de ansiedade tanto em docentes quanto em discentes, ao longo do período analisado. Os mesmos sugerem ainda um impacto psicológico negativo da pandemia maior nos estudantes que nos professores.


Keywords


ansiedade, Covid-19, estresse, pandemia.

References


AUGUSTO, F. S. T. et al. Transtorno de ansiedade entre estudantes de enfermagem. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento, v. 4, n. 11, p. 130-139, 2019

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação esclarece principais dúvidas sobre o ensino no país durante pandemia do coronavírus. Disponível em: http://portal. mec.gov.br/busca-geral/12-noticias/acoes-programas-e-projetos-637152388/87161-conselho-nacional-de-educacao-esclarece-principais-duvidas-sobre-o-ensino-no-pais-durante-pandemia-do-coronavirus. Acesso em: 8 jun. 2020.

FREITAS, R. F.; RAMOS, D. S., et al.(2021). Prevalência e fatores associados aos sintomas de depressão, ansiedade e estresse em professores universitários durante a pandemia da COVID-19. J Bras Psiquiatr. 2021;70(4):283-92. DOI: 10.1590/0047-2085000000348

GILI, M., LÓPEZ-NAVARRO, E., CASTRO, A., HOMAR, C., NAVARRO, C., GARCÍA-TORO, M., ROCA, M.(2016). Gender differences in mental health during the economic crisis. Psicothema, 28(4),407-413.

http://dx.doi.org/10.7334/psicothema2015.288» https://doi.org/10.7334/psicothema2015.288

GUNDIM, V.A., ENCARNAÇÃO, J.P.; SANTOS, F.C., SANTOS, J.E.; SOUZA, R.C. Saúde Mental de estudantes universitários durante a pandemia da COVID-19. Ver. Baiana enferm 2021, 35 e37293.

MAIA, B. R ; DIAS, P. C. (2020). Ansiedade, depressão e estresse em estudantes universitários: o impacto da COVID-19. Estudos de Psicologia (Campinas), 37, e200067. http://dx.doi.org/10.1590/1982-0275202037e200067

VIGNOLA R.C.B., TUCCI A.M.. Adaptation and validation of the depression, anxiety and stress scale (DASS) to Brazilian Portuguese. J Affect Disord. 2014;155:104-9.

WANG, C., PAN, R., WAN, X., TAN, Y., XU, L., ; HO, C. (2020). Immediate psychological responses and associated factors during the initial stage of the 2019 Coronavirus Disease(COVID-19) epidemic among the general population in China. International Journal of Environmental Research and Public Health, 17(5), 1729.http://dx.doi.org/10.3390/ljerph17051729»

https://doi.org/10.3390/ljerph17051729

WENJUAN, G., SIQING, P., ; XINQIAO, L. (2020). Gender differences in depression, anxiety, andstress among college students: a longitudinal study from China. Journal of AffectiveDisorders, 263(15), 292-300.

http://dx.doi.org/10.1016/jad.2019.11.121» https://doi.org/10.1016/jad.2019.11.121

WEISS, P., ; MURDOCH, D. R. (2020). Clinical course and mortality risk of severe COVID-19. The Lancet, 395(1022), 1014-1015. http://dx.doi.org/10.1016/S0140-6736(20)30633

https://doi.org/10.1016/S0140-6736(20)30633




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-223