Endofibrose arterial: relato de caso / Arterial endofibrosis: case report

Jéssica Richard Miranda Silva, Gabriel Andrey Ricci, Rafael Lazzari de Marco, Marina Bragheto de Oliveira, Marina Braga Oliveira Oliveira, Sthefano Atique Gabriel, Eduardo Hélio Intelizano de Souza

Abstract


A endofibrose arterial é uma doença vascular que caracteriza-se pelo espessamento arterial com acometimento das artérias ilíaca externa, femoral comum e poplítea. A população de risco inclui os ciclistas e triatletas. Seu quadro clínico inclui dor e claudicação intermitente de membros inferiores durante a prática de atividade esportiva de alta intensidade, devido a diminuição do fluxo sanguíneo ocasionada pela redução do lúmen arterial. O quadro clínico, atípico em pacientes jovens, associa-se à confusão diagnóstica com lesões musculoesquelética e resulta em diagnóstico, tratamento e reabilitação tardios. A avaliação da circulação periférica através da palpação de pulsos e da realização do índice de pressão tornozelo braquial auxiliam o seu diagnóstico, porém, para um diagnóstico preciso desta doença é necessário realizar um Ultrassom Doppler arterial das artérias ilíacas e das artérias dos membros inferiores. O Ultrassom Doppler é um exame não invasivo, pouco oneroso, operador dependente e não exige a administração intravenosa de contraste. O tratamento da endofibrose arterial é cirúrgico.


Keywords


endofibrose arterial, claudicação, diagnósticos diferenciais ultrassom doppler, dor musculoesquelética.

References


ALENCAR, T. A. M.; MATIAS, K. F. S.; AGUIAR, B. C. Disfunções

vasculares em Membros Inferiores de Ciclistas. J Vasc Bras. Jun; 12(2):139-150, 2013.

Disponivel em: http://www.scielo.br/pdf/jvb/v12n2/pt_1677-5449-jvb-12-02- 00139.pdf.

Acessado em 20 setembro 2017

ARKO, F. R.; HARRIS E. J.; ZARINS, C. K.; OLCOTT, C. Vascular

Complications in High Performance Athletes. J Vasc Surg 33:935–942, 2001.

http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0741521401275491

Acessado em 21 setembro 2017.

DUARTE, A.; LIMA, L. T.; NETO, J.; BARBOSA, M. Jovem Ciclista Claudicante: Situação Preocuante. Rev Port Med Geral Fam 30:260-3, 2014. v. 30. P. 260-3.

Disponivel em: http://www.scielo.mec.pt/pdf/rpmgf/v30n4/v30n4a08.pdf Acessado: 24 setembro de 2017.

HOWARD, Q. A.; SINHA S.; PEACH, G.; HINCHLIFFE, J. R.; Minimally invasive surgical repair of iliac artery endofibrosis, Journal of vascular surgery, Dezembro 2013, Volume 58, Issue 6, Pag 1657–1660.

Disponivel em: http://www.jvascsurg.org/article/S0741-5214(13)00189-4/fulltext Acessado 25 setembro 2017.

WU, F.; OLCOTT, C.; LEE, T. J.. Operative Results of Iliac Artery Endofibrosis in High-Performance Athletes, Journal of vascular surgery, Agosto 2016 Volume 64, Issue 2, Pag 551.

Disponivel em: http://www.jvascsurg.org/article/S0741-5214(16)30281-6/fulltext Acessado em 25 de setembro 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-275