Dry matter allocation and chemical composition of brachiaria brizantha and decumbens 45 days after emergence / Alocação da matéria seca e composição química das braquiárias brizantha e decumbens, aos 45 dias após emergência

Dalmo de Freitas Santos, Mauro Wagner de Oliveira, Esly da Costa Soares, Wesley Oliveira de Assis, Rosineide Nascimento da Silva, Terezinha Bezerra Albino Oliveira

Abstract


This study evaluated dry matter allocation and chemical composition of brachiaria brizantha and decumbens under conditions of good nutrient supply. The study was conducted in the city of Coruripe, East Mesoregion of the state of Alagoas, in a medium-textured dystrophic red-yellow latosol. The experimental design was randomized blocks with five replications, and the plots consisted of five furrows of five meters in length, spaced 0.60 meters apart. Phosphorus was applied at the bottom the open furrows at a dose equivalent to 50 kg of P ha-1. Nitrogen and potassium fertilizers were applied at doses equivalent to 150 ha-1 when plants were approximately 5 cm tall.  Evaluations of dry matter accumulation and allocation were carried out 45 days after plant emergence, when light interception by leaves was approximately 90%.  Both species showed high growth rates, with an average shoot dry matter accumulation of 5.64 t ha-1, but brachiaria decumbens was about 25% more productive than brachiaria brizantha. There was no effect of the species on the percentage of dry matter allocation and about 50% of it was allocated to in the leaves. There was also no species effect on shoot crude protein content, which had an average of 106 g kg-1, enough to ensure good ruminal fermentation. Brachiaria decumbens had higher calcium, magnesium and sulfur contents compared to brachiaria brizantha, although adequate contents of these three nutrients were also found in brachiaria brizantha.


Keywords


production system, sustainability, agricultural management.

Full Text:

PDF

References


BRAZ, A. J. B. P. Fitomassa e decomposição de espécies de cobertura do solo e seus efeitos na resposta do feijoeiro e do trigo ao nitrogênio. 2003. 72p. Tese (Doutorado em Agronomia) – Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos, Universidade Federal de Goiás, Goiânia.

DE BONA, F. D. Nitrogênio e enxofre para gramíneas forrageiras: atributos do solo e aspectos metabólicos, nutricionais e produtivos da planta. Tese. Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”. 124 p. 2008.

DIAS, C. M. O. et al. Avaliação da produção de matéria seca de diferentes plantas forrageiras no sistema ILPF (integração lavoura pecuária floresta) na região do médio sudoeste baiano. Brazilian Journal of Development, v.7, n.12, p. 119978-119984. 2021.

DIAVÃO. J. Estratégias para a recuperação e reforma de pastagem degradada de Urochloa decumbens na Zona da Mata de Minas Gerais. Tese. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. 2022. 106p.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 35, n. 6, p. 1039-1042, 2011.

FIGUEIREDO, A. L. V. et al. Valor nutricional e ciclagem de nutrientes de pastagem Urochloa brizantha com esterco de galinha poedeira (Gallus gallus domesticus) na Amazônia Ocidental. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 7, p. 47129-47150, 2020.

FRANCISCO, E. A. B.; SILVA, E. M. B.; TEIXEIRA, R. A. Aumento da produtividade de carne vai adubação de pastagens. Informações Agronômicas, n. 158, p. 6-12, 2017.

KOZLOSKI, G.V. Bioquímica dos ruminantes. Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria. 212 p. 3ª edição, 2ª reimpressão. 2019.

MALAVOLTA, E.; VITTI, G. C.; OLIVEIRA, S. A. Avaliação do estado nutricional das plantas – Princípios e Aplicações (2ª Edição). Piracicaba: Associação Brasileira para Pesquisa da Potassa e do Fosfato, 1997. 319 p.

MORAIS, M.G. et al. Consumo e digestibilidade de nutrientes em bovinos submetidos a diferentes níveis de ureia. Archivos de Zootecnia, v.62, n.238, p.239-246, 2013.

OLIVEIRA, G.C.B. et al. Produção e composição química da Braquiaria ruziziensis cultivada após a colheita do milho de primeira safra. In: VI Simpósio Nacional de Bovinocultura de Leite. p. 253-256. Universidade Federal de Viçosa, 2017.

OLIVEIRA, M. A. et al. Análise de crescimento do capim-bermuda ‘Tifton 85’ (Cynodon spp.) Revista Brasileira de Zootecnia, v. 29, n.6, p.:1930-1938, 2000 (Suplemento 1).

OLIVEIRA, M. W. et al. Mineral Nutrition and Fertilization of Sugarcane. In: Alexandre Bosco de Oliveira. (Org.). Sugarcane - Technology and Research. 1ed. Londres: INTECH - Open Science, v. 1, p. 169-191, 2018.

OLIVEIRA, M.W. et al. Análise do crescimento da braquiária brizantha, usada como planta de cobertura do solo e recicladora de nutrientes. In: Congresso Internacional das Ciências Agrárias (COINTER PDVAgro 2021). 2021.

PACHECO, L. P. et al. Ciclagem de nutrientes por plantas de cobertura e produtividade de soja e arroz em plantio direto. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 48, n. 9, p. 1228-1236, 2013.

PAULINO, M.F. et al. Alternativas de suplementação para bovinos em pastagem. In: F.F. Silva (Ed.). Nutrição animal. Tópicos avançados, 1. Anais... UESB. Itapetinga. p. 108-139. 2003.

PORTES, T.A. et al. Análise de crescimento de uma cv. de Braquiaria em cultivo solteiro e consorciado com cereais. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 35, n. 7, p. 1349-1358, 2000.

RODRIGUES, A.A.; CRUZ, G.M.; ESTEVES, S.N. Utilização do enxofre na dieta de bovinos. Circular Técnica n. 13. EMBRAPA -CPPSE, 27 p. 1998.

SILVA, D. J.; QUEIROZ, A. C. Análise de alimentos: métodos químicos e biológicos. 3ª ed. Viçosa: UFV. 2006. p. 235.

SILVA, I. M. et al. Crescimento e valor nutritivo do capim xaraés sob diferentes adubações e umidades do solo. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 8, p.61669-61683, 2020.

SNIFFEN, C.J. et al. Nutrient requirements versus supply in the dairy cow: strategies to account for variability. J. Dairy Sci, v.76, p. 3160-3178. 1993.

SOUZA, M. T. C. Seleção de cultivares de forrageiras para o agreste Alagoano. 2010. 53p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) – Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal de Alagoas, Rio Largo, Alagoas.

STROZZI, G. Características produtivas, fisiológicas e bromatológicas do capim-marandu sob doses de nitrogênio e pastejo por ovinos. Dissertação. Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos. Universidade de São Paulo – Departamento de Zootecnia. 2014. 71p.

VIANA, M. C. M. et al. Adubação nitrogenada na produção e composição química do capim-Braquiaria sob pastejo rotacionado. Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, v. 40, p. 1497-1503, 2011.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-286