Avaliação da condição de saúde oral de pacientes com transtornos psiquiátricos / Patients of oral health condition evaluation with phychiatric disorders

Patrick Sabóia Beserra, Thais Torres Barros Dutra, João Victor Frazão Câmara, Gisele Damiana da Silveira Pereira, Isabel Ferreira Barbosa, Justine Monteiro Monnerat Tinoco, Renato Feres de Carvalho Vianna, Hana Fried, Regina Ferraz Mendes, Raimundo Rosendo Prado Júnior, Josué Junior Araujo Pierote

Abstract


Introdução: A perda dentária é um dos problemas de saúde bucal mais prevalentes população mundial, que acomete principalmente adultos e idosos. Objetivo: Determinar o estado de saúde oral e investigar a associação da condição de saúde bucal com variáveis sóciodemográficas de indivíduos com transtornos psiquiátricos. Método: Os pacientes eram assistidos em Centros de Atenção Psicossocial (GE) e assinaram um termo de Consentimento Livre e Esclarecido. A amostra do estudo foi de 78 pacientes psiquiátricos de idades entre 20 e 50 anos. Experiência com cárie, condições de higiene oral e periodontal foram avaliadas pelos índices CPOD, IPV (Índice de placa visível), ISG (sangramento gengival), respectivamente. Aplicou-se os testes qui-quadrado de Pearson, teste de Mann-Whitney e regressão logística na análise estatística. Como grupo controle (GC), foram recrutados pacientes que procuravam tratamento odontológico numa Unidade Básica de Saúde de Teresina-PI, os quais foram pareados segundo gênero e renda. Resultados: GC apresentou menos dentes hígidos (p=0,002). A diferença entre os grupos com relação ao CPOD foi significativa (p=0,004), especialmente no componente perdidos (p=0,004). A condição periodontal não foi significativa entre os grupos. Conclusão: Os pacientes psiquiátricos avaliados tem uma condição de saúde oral mais comprometida (número maior de dentes perdidos).


Keywords


saúde bucal, saúde mental, assistência odontológica para pessoas com deficiência

References


Fourniol Filho A. Pacientes especiais e a odontologia. São Paulo: Santos, 1998. p. 95-401.

Prado RMS, Perez FEG, Adde CA, Rocha RG. O uso de medicamentos antidepressivos e as implicações no atendimento odontológico. Rev Assoc Paul Cirur Dent 2004; 58(2):99-103.

Varellis MLZ. O Paciente com necessidades especiais na odontologia: manual prático. São Paulo: Santos, 2005. 511p.

Lamster I, Lalla E, Borgnakke W, Taylor G: The relationship between oral health and diabetes mellitus. J Am Dent Assoc 2008; 139:19S–24S.

Desvarieux M, Demmer R, Rundek T, Boden-Albala B, Jacobs D, Papapanou P: Relationship between periodontal disease, tooth loss, and carotid artery plaque: the Oral Infections and Vascular Disease Epidemiology Study (INVEST). Stroke 2003; 34:2120–2125.

Azarpazhooh A, Leake J: Systematic review of the association between respiratory diseases and oral health. J Periodontol 2006; 77:1465–1482. doi:9.

Gounot V, Masfety V, Perrus C, Trohel G, Richard F: Oral health status treatment needs among psychiatric in patients in Rennes, France: a cross-sectional study. BMC Psychiatr 2013; 13:227-236.

Urânia ALVES M, MAYRINK S, Alves Tato HAAS N, Prevalência de Cárie Dentária em Pacientes Portadores de Transtornos Mentais, Blumenau, SC, Brasil. Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada 2008857-61. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=63711702009. Fecha de consulta: 11 de junho de 2016.

Machado K. Como anda a reforma psiquiátrica? Radis Comum Saúde 2010; 9(38):11-2.

Organização Mundial da Saúde. Levantamentos básicos em saúde bucal. 4. ed. São Paulo: Santos, 1999. 66p.

World Health Organization. The ICD-10 classification of mental and behavioral disorders. Geneva (Switzerland): World Health Organization; 1992.

Kumar M, Chandu GN, Shafiulla MD. Oral health status and treatment needs in institutionalized psychiatric patients: one year descriptive cross sectional study. Indian J Dent Res. 2006; 17:171-7. Medline:17217213 doi:10.4103/0970-9290.29868

Velasco E, Machuca G, Martinez-Sahuquillo A, Rios V, Lacalle J, Bullon P. Dental health among institutionalized psychiatric patients in Spain. Spec Care Dentist. 1997; 17:203-6. Medline:9791299 doi:10.1111/j.1754-4505.1997.tb00897.x

Jovanović S, Milovanović SD, Gajić I, Mandić J, Latas M, Janković L. Oral health status of psychiatric in-patients in Serbia and implications for their dental care. Croat Med J. 2010; 51(5):443-50.

Angelillo IF, Nobile CG, Pavia M, De Fazio P, Puca M, Amati A. Dental health and treatment needs in institutionalized psychiatric patients in Italy. Community Dent Oral Epidemiol. 1995; 23:360-4. Medline:8681519 doi:10.1111/j.1600-0528.1995.tb00263.x

Ramon T, Grinshpoon A, Zusman SP, Weizman A. Oral health and treatment needs of institutionalized chronic psychiatric patients in Israel. Eur Psychiatry. 2003; 18:101-5. Medline:12763294 doi:10.1016/S0924-9338(03)00023-3

Vigild M, Brinck JJ, Christensen J. Oral health and treatment needs among patients in psychiatric institutions for the elderly. Community Dent Oral Epidemiol. 1993; 21:169-71.Medline:8348793 doi:10.1111/j.1600-0528.1993.tb00745.x

Brasil. Ministério da Saúde. Projeto SB Brasil 2010. Resultados parciais. [acessado 2016 jun 10]. Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/geral/apresentacao_SB2010.pdf.

Kramer PF, Feldens CA, Romano AR. Promoção de saúde bucal em odontopediatria: diagnóstico, prevenção e tratamento da cárie dental. São Paulo: Artes Médicas, 1997. 144p.

Carvalho EMC, Bittencourt S, Souza APPB, Gonçalves TO. Avaliação das razões da perda dentária em pacientes portadores de transtornos mentais e comportamentais assistidos no Hospital Juliano Moreira, Salvador/BA. Periodontia Rev 2001; 11(3):43.

Lewis S, Jagger R, Treasure E: The oral health of psychiatric in-patients in South Wales. Spec Care Dentist 2001; 21:182–186.

Tang W, Sun F, Ungvari G, O’Donnell D: Oral health of psychiatric in-patients in HongKong. Int J Soc Psychiatry 2004; 50(2):186–191.

Mirza I, Day R, Wulff-Cochrane V, Phelan M: Oral health of psychiatric in-patients. A point prevalence survey of an inner-city hospital. Psychiatr Bull 2001; 25:143–145.

Rondina, R.C.; Botelho, C; Gorayeb, R. – Relação entre tabagismo e transtornos psiquiátricos. Rev. Psiq. Clín. 2003; 30 (6): 221-228.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-332