Glomerulonefrite imunomediada secundária em cadela após infecção natural por Ehrlichia canis / Immunomediated glomerulonephritis secondary in bitch after natural infection by Ehrlichia canis

Jehsse Ferreira Pacheco, Danielle Vitorino Moraes

Abstract


A erliquiose canina consiste em uma doença infectocontagiosa que tem a capacidade de atingir diferentes órgãos, incluindo os rins, podendo induzir o desenvolvimento de glomerulonefrite, sendo esta a inflamação dos glomérulos, por deposição de imunocomplexos, que prejudicam a função dos rins podendo levar à falência renal e consequentemente ao óbito do animal. Este artigo tem como objetivo descrever um caso clínico de glomerulonefrite originada pela erliquiose, ressaltando a importância da conscientização dos tutores quanto aos riscos que a enfermidade pode ocasionar para a progressão do tratamento da mesma. Foi atendida uma cadela pertencente à raça Shih-tzu, com 3 anos de idade, apresentando poliúria, polidipsia, urina com coloração clara, histórico de prostração e queixa principal de perda de peso. O exame físico revelou mucosas oculopalpebral, oral e vulvar levemente pálidas, além de sinais de magreza. As análises hematológica e bioquímica evidenciaram anemia normocítica normocrômica e trombocitopenia, que foram sugestivas de erliquiose, bem como aumento de ureia e creatinina. O histórico do animal (anamnese), os resultados dos exames juntamente com a ausência de melhora e permanência dos sinais clínicos apresentadas pela paciente foram condizentes com uma glomerulonefrite imunomediada secundária à erliquiose que causou uma insuficiência renal aguda no animal, podendo esta ter evoluído para uma doença renal crônica.


Keywords


erliquiose canina, imunocomplexos, glomerulonefrite, tratamento.

References


ABBAS, Abul K.; LICHTMAN, Andrew H.; PILLAI, Shiv. Imunologia celular e molecular. 8 ed. Rio de Janeiro. Elsevier, p. 552, 2015.

ABBIATI, Thaís Carneiro et al. Leishmaniose visceral canina: Relato de caso. PUBVET, v. 13, p. 152, 2019.

CAVALCANTE, Liziane Ferraresi Holanda et al. Síndrome nefrótica em cão associada à Babesia canis. Acta Scientiae Veterinariae, v. 34, n. 3, p. 335-338, 2006.

CRIVELLENTIN, L. Z.; BORIN-CRIVELLENTIN, S. Casos de rotina em medicina veterinária de pequenos animais. 2 ed. São Paulo. MedVet. 2015.

DA SILVA, Gabriela Christine et al. Nefrolitíase bilateral e cistolitíase em cão: Relato de caso. Trabalho de conclusão de curso. Universidade Federal de Santa Catarina. 2018.

DE MOURA SOUZA, M.M.; DA SILVA, W.A.C. Alterações Hematológicas causadas pela Erliquiose canina. Curso de Medicina Veterinária. Anais do 17º Simpósio de TCC e 14º Seminário de IC do Centro Universitário ICESP. (17); 1564-1570. 2019.

DORDIO, Ana Mafalda Duarte et al. Detecção e caracterização molecular de Babesia spp. em Canis familiaris e de outros agentes transmitidos por ixodídeos na Área Metropolitana de Lisboa e Oeste, Portugal. Tese de Doutorado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária. 2018.

GARCIA, Danitiele Almas et al. Erliquiose e Anaplasmose canina- Revisão de Literatura. Revista Científica, v. 1, n. 1, 2018.

GOMES, Fabiana Teodoro et al. Levantamento parasitológico e sorológico de Leishmaniose em cães da Unidade de Controle de Zoonoses (UCZ) de Guaraí (TO). Medicus, v. 1, n. 1, p. 1-9, 2019.

KLEIN. Bradley G. Cunningham tratado de fisiologia veterinária. 5 ed. Rio de Janeiro. Elsevier. 2014.

MENESES, Thaís Domingos et al. Doença periodontal e glomerulonefrite em cães. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Goiás. 2013.

QUEIROZ, Layla Lívia de; FIORAVANTI, Maria Clorinda Soares. Tratamento da doença renal crônica em pequenos animais: um guia para o médico veterinário. Enciclopédia Biosfera, Goiânia, v. 10, n. 18, p. 2844-2876, 2014.

QUEIROZ, Layla Livia de et al. Fatores clínicos e laboratoriais discriminantes nos diferentes estádios da doença renal crônica em cães. Tese de Doutorado. Universidade Federal de Goiás. 2019.

ROSA, Daniela Bastos de Souza Karam et al. Glomerulonefropatia em injúria renal aguda e doença renal crônica - Parte II - Diagnóstico e tratamento. Medvep - Revista Científica de Medicina Veterinária, p. 70-79. 2015.

ROSA, Daniela Bastos de Souza Karam. Aspectos clínicos, laboratoriais e de imagem de cães criticamente enfermos com injúria renal aguda e sua relação com a pancreatite aguda. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Minas Gerais. 2019.

RUFATO, Fábio Henrique Feres; REZENDE-LAGO, N. C. M.; MARCHI, P. G. F. Insuficiência renal em cães e gatos. Revista Eletrônica Interdisciplinar, v. 2, p. 167-173, 2011.

SANT'ANNA, Paula Bilbau. Estudo das lesões glomerulares encontradas em cães com doença renal crônica. Dissertação de Mestrado. Universidade Estadual Paulista. 2019.

SAPIN, Carolina da Fonseca. Patologias do sistema urinário de cães e gatos. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Pelotas. 2016.

SILVA, I.P.M. Erliquiose canina – Revisão de Literatura. Revista Científica Eletrônica de Medicina Veterinária, ano XIII, n. 24, p. 1-15, 2015.

TIZARD, Ian R. Imunologia veterinária. 9 ed. Rio de Janeiro. Elsevier, p.568, 2014.

ZILIANI, Thaysa Felfili et al. Kidney disease in natural infection by Ehrlichia canis in dogs. Semina: Ciências Agrárias, v. 40, n. 2, p. 981-986, 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-340