Diversidade de fruteiras nativas em propriedades rurais da bacia hidrográfica Paraná 3 / Diversity of native fruit in rural properties a the Paraná river basin 3

Jéssica Maria Cenedese, Ricardo Allebrandt, Tainara Laise da Silva Blatt, Alessander Von Wagner Fagundes, Rafael Francisco da Silva

Abstract


No Brasil, as fruteiras nativas existem em grande diversidade, especialmente no bioma mata atlântica, na qual está inserida a Bacia Hidrográfica Paraná 3 (BHP3). Este estudo objetivou diagnosticar a presença de espécies frutíferas nativas em propriedades rurais da Bacia Hidrográfica Paraná 3, visando obter um panorama da diversidade de espécies e famílias botânicas, época de maior oferta, consumo pelas famílias, cultivo e manejo. A metodologia consistiu na aplicação de um questionário, com perguntas abertas e fechadas durante visitas realizadas a 94 propriedades de agricultores familiares, distribuídas em 26 municípios da BHP3. A análise dos dados ocorreu por distribuição de frequências em gráficos, tabelas e mapas. Na maioria das propriedades (83,0%), foram identificadas pelo menos cinco espécies de fruteiras nativas, e em apenas 2 delas não foi encontrada nenhuma frutífera nativa. Um total de 81 espécies, distribuídas entre 24 famílias puderam ser identificadas, sendo a Myrtaceae a mais abrangente. As espécies de maior presença nas propriedades visitadas foram: Pitanga, Guabiroba, duas espécies de Jaboticaba (Plinia cauliflora e Plinia jaboticaba), Ariticum, Uvaia, Cereja-do-mato, Jerivá, Butiá, Ingá-branco, Araçá-amarelo, Abacaxi, Sete-capotes e Maracujá-doce. Na maioria das propriedades onde elas estão presentes, há consumo pela família, preferencialmente in natura, sendo os meses de outubro a fevereiro a época de maior oferta. Observou-se ainda, interesse das famílias pelo cultivo dessas espécies, por outro lado o manejo não é muito comum. A pesquisa, portanto, não só demonstrou presença expressiva de frutíferas nativas, como também diversidade exponencial existente na região, o que contribui para a conservação da biodiversidade, qualidade de vida dos produtores, além de representar alternativas em potencial de exploração comercial na agricultura familiar.


Keywords


fruticultura, agricultura familiar, espécies nativas.

References


ABRAFRUTAS. Estatística de exportações de frutas no primeiro semestre de 2019. Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados. Available at:. Accessed on: Apr. 2020.

ARAÚJO, V. F.; PEREIRA, E. dos S.; RIBEIRO, J. A.; RAPHAELLI, C. de O.; CAMARGO, T. M.; VIZZOTTO, M. Frutas nativas vermelhas e amarelas: a diversidade e suas propriedades funcionais. Revista da Jornada de Pós-Graduação e Pesquisa-Congrega Urcamp, p. 1781-1791, 2017.

ANTUNES, L.E.C.; PEREIRA, I. dos S.; PICOLOTTO, L.; VIGNOLO, G.K.; GONÇALVES, M.A. Produção de amoreira-preta no Brasil. Revista Brasileira de Fruticultura, v.36, n. 1, p.100-111, 2014.

ASSUNÇÃO, A. T. C.; ROCHA, F. G.; RIBAS, L. C. C. Perfil dos trabalhadores de cozinha da Via Gastronômica de Coqueiros e notas sobre a qualificação profissional no setor de alimentos e bebidas em Florianópolis/SC. Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo. v.4, n.3, p.24-40, 2010.

ATAÍDE, E. M.; OLIVEIRA, J. C. de; RUGGIERO, C. Florescimento e frutificação do maracujazeiro silvestre Passiflora setacea DC cultivado em Jaboticabal, SP. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 34, p. 377-381, 2012.

BARBIERI, J. C. Gestão Ambiental Brasileira: conceitos, modelos e instrumentos. 4ª. ed. Atual e ampliada. São Paulo: Saraiva, 2016.

BETEMPS, D. L.; MIOTO, R.; VIGOLO, J.; SCHAINHUK, L.; PASSOS, C.T. dos, PEREIRA, M. Estudo exploratório da presença de frutas nativas nas pequenas propriedades da Região do Cantuquiriguaçu/PR. Cadernos de Agroecologia, v. 8, n. 2, 2013.

BORGO, M.; TIEPOLO, G.; REGINATO, M. KUNIYOSHI, Y. S.; GALVÃO, F.; CAPRETZ, R. L.; ZWIENER, V. P. Espécies arbóreas de um trecho de floresta atlântica do município de Antonina, Paraná, Brasil. Revista Floresta, Curitiba, PR, v. 41, n. 4, p. 819 - 832, out. /dez. 2011.

BRACK, P.; KÖHLER, M.; CORRÊA, C. A.; ARDISSONE, R. E.; SOBRAL, M. E. G.; KINUPP, V. F. Frutas nativas do Rio Grande do Sul, Brasil: riqueza e potencial alimentício. Rodriguésia, v. 17, 2020.

CONAB – COMPANIA NACIOAL DO ABASTECIMENTO. Boletim Hortigranjeiro. Vol. 8. Número 2. Fevereiro de 2022.

FACHINELLO, José Carlos et al. Situação e perspectivas da fruticultura de clima temperado no Brasil. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 33, n. SPE1, p. 109-120, 2011.

GERUM, A. D. A., SANTOS, G., SANTANA, M. D. A., SOUZA, J. D. S., & CARDOSO, C. Fruticultura tropical: potenciais riscos e seus impactos. Embrapa Mandioca e Fruticultura Documentos (INFOTECA-E), 2019.

GIARETTA, A.; TULER, A.C.; SOUZA, M. C. da; VALDEMARIN, K S.; MAZINE, F. F.; PEIXOTO, A. L. Diversidade de Myrtaceae na Reserva Natural Vale. Floresta Atlântica de Tabuleiro: diversidade e endemismo na Reserva Natural Vale. Rona, Belo Horizonte, p. 247-257, 2016.

IAPAR. Tecnologia. Disponível em:< http://www.iapar.br/2019/08/2571/Pesquisador-do-IAPAR-destaca-o-potencial-da-fruticultura-para-Oeste-do-Parana.html>. Acesso em: 20 de mai. 2020.

KINUPP, V. F. Espécies Nativas da Flora Brasileira de Valor Econômico Atual ou Potencial: Plantas para o Futuro - Região Sul. Espécies alimentícias nativas da região sul do Brasil. Brasília: MMA, 2011. p. 105-110.

KIST, B. B.; SANTOS, C. E. dos; CARVALHO, C. de; BELING, R.R. Anuário Brasileiro da horti&fruti 2019. Santa Cruz do Sul: Gazeta Santa Cruz, 88 p., 2019.

KOSERA NETO, C.; SILVA, M.; PORTO, A. H.; AIRES, N. M. V.; WAGNER JÚNIOR, A.; TARTAS, P. L. Intensidade e época de poda em araçazeiro amarelo (Psidium cattleyanum) cv. Ya-Cy após as geadas da estação. Cadernos de Agroecologia – ISSN 2236-7934 – Anais do VI CLAA, X CBA e V SEMDF – Vol. 13, N° 1, Jul. 2018.

LORENZI, H.; LACERDA, M. T. C. de; BACHER, L. B. Frutas no Brasil: Nativas e Exóticas (de consumo in natura). São Paulo: Instituto Plantarum de Estudos da Flora, 2015.

LUCAS, E.J., HARRIS, S.A., MAZINE, F.F., BELSHAN, S.R., NIC LUGHADHA, E.M., TELFORD, A., GASSON, P.E. & CHASE, M.W. 2007. Suprageneric phylogenetics of Myrteae, the generically richest tribe in Myrtaceae (Myrtales). Taxon 56: 1105-1128, 2007.

MACHADO, M. A. B. L.; CHAVES, L. de F. de C.; NETO, J. L. R.; LEMOS, R. P. de L. Florística do estrato arbóreo de fragmentos da Mata Atlântica do Nordeste oriental, município de Coruripe, Alagoas, Brasil. Revista Ouricuri, v. 2, n. 2, p. 055-072, 2019.

MACHADO, N. G.; AQUINO, B. G.; NEVES, G. A. P. C. Espécies nativas de plantas frutíferas em uma área de Cerrado em Mato Grosso, Brasil. Revista Monografias Ambientais, v. 13, n. 3, p. 3306-3315, 2014.

OLIVEIRA JUNIOR, R. G. de; ALMEIDA, J. R. G. da S. PROSPECÇÃO TECNOLÓGICA DE Ananas comosus (BROMELIACEAE). Revista GEINTEC – ISSN: 2237-0722. São Cristóvão/SE. Vol. 2 n.5 p.515-523, 2012.

PEREIRA, M. A. Levantamento de presença e uso de frutas nativas como alternativa de produção e preservação da biodiversidade no município de Campo Bonito-PR. 2017. 52 p. Monografia (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal da Fronteira Sul, Laranjeiras do Sul, 2017.

PETINARI, R. A.; TERESO, M. J. A.; BERGAMASCO, S. M. P. P. A importância da fruticultura para os agricultores familiares da região de Jales-SP. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 30, p. 356-360, 2008.

POLESI, R. G.; ROLIN, R.; ZANETTI, C.; ANNA, V. S.; BIONDO, E. Agrobiodiversidade e segurança alimentar no Vale do Taquari, RS: plantas alimentícias não convencionais e frutas nativas. Revista Científica Rural, v. 19, n. 2, p. 118-135, 2017.

RAMOS, M. O.; CRUZ, F. T. da; SOUZA, G. C. de; KUBO, R. R. Cadeias de Produtos da Sociobiodiversidade no Sul do Brasil: Valorização de Frutas Nativas da Mata Atlântica no Contexto do Trabalho com Agroecologia. Amazônica Revista de Antropologia. v. 9, n. 1, 2017.

ROCHA, A. S. da, BADE, M. R.; NOBREGA, M. T. de, CUNHA, J. E. da. Mapeamento da fragilidade potencial e emergente na bacia hidrográfica do Paraná 3. Estudos Geográficos: Revista Eletrônica de Geografia, v. 14, n. 1, p. 43-59, 2016.

SALLA, V. P.; DANNER, M. A.; CITADIN, I. SASSO, S. A. Z.; DONAZZOLO, J.; GIL. B. V. Análise de trilha em caracteres de frutos de jabuticabeira. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 50, n. 3, p. 218-223, 2015.

SANTOS, K. F. T. dos; SANTOS, M. L. G. T. dos; CELLA, D.; SPADA, R. K. Fruticultura. Revista Interface Tecnológica, v. 15, n. 2, p. 323-335, 2018.

SILVA, J. A. A. da; TEIXEIRA, G. H. de A.; CITADIN, I.; WAGNER JÚNIOR, A.; DANNER, M. A.; MARTINS, A. B. G. Advances in the propagation of Brazilian Cherry tree. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 41, n. 3, 2019.

SCHIMMELPFENNIG, J.; PERIN, J. E.; ARMILIATO, N. Levantamento de espécies arbóreas frutíferas nativas de um fragmento da mata ciliar do Rio Jacutinga no município de Arabutã. Ágora: revista de divulgação científica, v. 16, n. 2, p. 37-44, 2009.

SOSINSKI JÚNIOR, E. E.; HAGENANN, A.; DUTRA, F.; MISTURA, C.; COSTA, F. A. da; BARBIERI, R. L. Manejo Conservativo: Bases para a Sustentabilidade dos Butiazais. Pelotas: Embrapa Clima Temperado, 2015. 28 p. (Embrapa Clima Temperado. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 230).




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-418