Eficiência energética de aeradores com apoio de IoT na Aquicultura 4.0: uma revisão sistemática da literatura / Energy efficiency of aerators with IoT support in Aquaculture 4.0: a systematic literature review

Victor Matheus Falcão Fonseca, Danilo Ricardo Barbosa de Araújo, Obionor de Oliveira Nóbrega, Luis Otávio Brito da Silva

Abstract


A utilização de tecnologias digitais integradas e conectadas por meio de softwares e sistemas inteligentes, caracteriza a Aquicultura 4.0, melhorando processos de produção e apoiando na tomada de decisão do produtor. O uso de Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) permite que objetos e coisas comuns se conectem à Internet, facilitando o cotidiano das pessoas, empresas, cidades etc. Dentro do contexto de aquicultura, constata-se a importância do uso de aeradores para garantir a adequada taxa de oxigênio dissolvido na água, reduzindo mortalidade dos peixes. Contudo, o uso extensivo e descontrolado de aeradores resulta em altos custos com energia elétrica, desta forma, o objetivo deste trabalho é analisar o estado da arte na literatura a fim de identificar, comparar e classificar métodos para soluções de eficiência energética na aeração de tanques e viveiros, dentro de um contexto de Internet das Coisas (IoT) na Aquicultura 4.0. Para concepção deste artigo aplicou-se a metodologia de revisão sistemática da literatura, no período de 2011 a 2021, onde foram incluídos 842 estudos, dentre eles, apenas 10 foram classificados como soluções potenciais. Com base no estudo realizado, pôde-se observar que nenhuma das propostas anteriores apresenta uma solução única e integrada, que seja capaz de mensurar parâmetros de qualidade da água, atuar na gestão e eficiência energética de aeradores controlados por inversores de frequência, que possibilite gerenciamento via aplicativo móvel ou painel de controle em website, concomitante ao uso de conceitos e dispositivos de Internet das Coisas.


Keywords


eficiência energética, aquicultura 4.0, internet das coisas.

References


Aquicultura 4.0: benefícios da automação na produção aquícola. NUTER, 2021. Disponível em: https://nuter.com.br/aquicultura-4-0-beneficios-da-automacao-na-producao-aquicola. Último acesso em: 1 de dezembro de 2021.

Aquicultura 4.0: o que é e como se adaptar às transformações? SANSUY, 2020. Disponível em: https://blog.sansuy.com.br/aquicultura-4-0. Último acesso em: 1 de dezembro de 2021.

Blancaflor, E., & Baccay, M. (2021, July). Design of a Solar Powered IoT (Internet of Things) Remote Water Quality Management System for a Biofloc Aquaculture Technology. In 2021 3rd Blockchain and Internet of Things Conference (pp. 24-31).

Boyd, C. E., & McNevin, A. A. (2021). Aerator energy use in shrimp farming and means for improvement. Journal of the World Aquaculture Society, 52(1), 6-29.

BRIZOLA, J., & FANTIN, N. (2016). Revisão da literatura e revisão sistemática da literatura. Revista de Educação do Vale do Arinos-RELVA, 3(2).

Capelo, J., Ruiz, E., Asanza, V., Toscano-Quiroga, T., Sánchez-Pozo, N. N., Lorente-Leyva, L. L., & Peluffo-Ordóñez, D. H. (2021, September). Raspberry Pi-based IoT for shrimp farms Real-time remote monitoring with automated system. In 2021 International Conference on Applied Electronics (AE) (pp. 1-4). IEEE.

De-la-Torre-Ugarte, M. C., Takahashi, R. F., & Bertolozzi, M. R. (2011). Revisão sistemática: noções gerais. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 45(5), 1260-1266.

dos Santos, I. B., Sandmann, A., de Souza, B. E., Schmidt, C. A. P., de Paula Filho, P. L., Melges, A. I., & Marcolin, J. F. (2019). Internet das coisas (IoT) aplicada ao agronegócio: Projeto e implementação de um gateway de IoT sobre a plataforma Arduino para simplificar a automatização da aquicultura. Brazilian Journal of Development, 5(11), 26631-26653.

Ferdiansyah, I., Purwanto, E., Sudiharto, I., Sunarno, E., Nugraha, S. D., Qudsi, O. A., ... & Simorangkir, I. T. (2019, October). Application of Interleaved Bidirectional Converter on Pond Aerators with Electricity Sources from Solar Panels. In 2019 International Conference on Electrical Engineering and Computer Science (ICECOS) (pp. 107-111). IEEE.

Hasan, M. R. (2020, December). Performance and Economic Analysis of a Standalone Solar Aeration System. In 2020 2nd International Conference on Sustainable Technologies for Industry 4.0 (STI) (pp. 1-6). IEEE.

Jayanthi, M., Balasubramaniam, A. A. K., Suryaprakash, S., Veerapandian, N., Ravisankar, T., & Vijayan, K. K. (2021). Assessment of standard aeration efficiency of different aerators and its relation to the overall economics in shrimp culture. Aquacultural Engineering, 92, 102142.

Kotha, H. D., & Gupta, V. M. (2018). IoT application: a survey. Int. J. Eng. Technol, 7(2.7), 891-896.

Magrani, Eduardo (2018). A internet das coisas. Editora FGV.

Mattos, P. D. C. (2015). Tipos de revisão de literatura. UNESP. São Paulo, 2.

Ministério de Minas e Energias. Esclarecimento sobre reajustes na conta de luz em 2022. MME, 2021. Disponível em: https://www.gov.br/mme/pt-br/assuntos/noticias/esclarecimento-sobre-reajustes-na-conta-de-luz-em-2022. Último acesso em: 30 de novembro de 2021.

Oliveira, R.C. (2015). O panorama da aqüicultura no Brasil: a prática com foco na sustentabilidade.

Operador Nacional do Sistema Elétrico. Esclarecimentos em relação à nota técnica sobre avaliação das condições de atendimento eletroenergético do sistema interligado nacional. ONS, 2021. Disponível em: http://www.ons.org.br/Paginas/Noticias/Nota-a-imprensa-Esclarecimentos-em-relacao-a-nota-tecnica-Avaliacao-das-Condicoes-de-Atendimento-Eletroenergetico-do-SIN.aspx. Último acesso em: 30 de novembro de 2021.

Organização das Nações Unidas. Acesso à eletricidade avança, mas desigualdade ainda é obstáculo para cumprir meta de energia para todos. ONU, 2021. Disponível em: https://brasil.un.org/pt-br/130381-acesso-eletricidade-avanca-mas-desigualdade-ainda-e-obstaculo-para-cumprir-meta-de-energia. Último acesso em 30 de novembro de 2021.

Ramli, N. A., & Abdul Hamid, M. F. (2017). Analysis of energy efficiency and energy consumption costs: a case study for regional wastewater treatment plant in Malaysia. Journal of Water Reuse and Desalination, 7(1), 103-110.

Ramos, A., Faria, P. M., & Faria, Á. (2014). Revisão sistemática de literatura: contributo para a inovação na investigação em Ciências da Educação. Revista Diálogo Educacional, 14(41), 17-36.

Roy, S. M., Jayraj, P., Machavaram, R., Pareek, C. M., & Mal, B. C. (2021). Diversified aeration facilities for effective aquaculture systems—a comprehensive review. Aquaculture International, 1-37.

Sneha, P. S., & Rakesh, V. S. (2017, November). Automatic monitoring and control of shrimp aquaculture and paddy field based on embedded system and IoT. In 2017 International Conference on Inventive Computing and Informatics (ICICI) (pp. 1085-1089). IEEE.

Wambua, D. M., Home, P. G., Raude, J. M., & Ondimu, S. (2021). Environmental and energy requirements for different production biomass of Nile tilapia (Oreochromis niloticus) in recirculating aquaculture systems (RAS) in Kenya. Aquaculture and fisheries, 6(6), 593-600.

Yunfeng, L., & Tianpei, Z. (2019, August). A Design of Dissolved Oxygen Monitoring System Based on Nb-Iot. In 2019 International Conference on Smart Grid and Electrical Automation (ICSGEA) (pp. 98-101). IEEE.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-437