Atuação do farmacêutico na área da estética: satisfação e expectativas futuras / Acting of the pharmacist in the aesthetics area: satisfaction and future expectations

Natanyelle Fernandes Campos, Anna Lettycia Vieira dos Santos, Fernando Almeida Lima, Gisele Almeida Amaral Fonseca, Pablo Henrique Delmondes, Raniana Cecília Fratari Queiroz, Sandra Maria dos Santos, Carolina Carnicel

Abstract


A busca por novas áreas da Farmácia tem levado muitos profissionais a se especializarem na área da estética. Essa mudança de nicho tem relação com a crescente busca da sociedade por procedimentos estéticos. Nesse sentido o presente estudo busca descobrir o perfil do farmacêutico que encontrou  na área da estética um novo ramo de atuação bem como avaliar  o grau de satisfação deles diante do mercado. Trata-se de um estudo analítico observacional de corte transversal que busca identificar fatores que contribuem para a inserção e satisfação do farmacêutico esteta no  mercado de trabalho. Os resultados mostraram que o farmacêutico esteta é, predominantemente, um profissional formado em faculdade privada, com experiência de 6 a 10 anos no mercado de trabalho que posteriormente buscou a especialização na área de estética, atua há pouco tempo no nicho, trabalha em tempo integral e em consultórios próprios. Por fim, e mais importante, a maioria está satisfeita com a área de atuação. Desta forma, a presença do farmacêutico na estética acrescenta mais uma opoetunidade de atuação ao profissional bem como apresenta o vantagem de ser um profissional que vai entender melhor a farmacocinética e farmacodinâmica dos ativos utilizados nas técnicas da estética.


Keywords


atenção farmacêutica, farmacêutico esteta, saúde.

References


ANGONESI, D.; SEVALHO, G. Atenção

farmacêutica: fundamentação conceitual e crítica para um modelo brasileiro. Ciência e Saúde Coletiva, v. 15, supl. 3, p. 3603-3614, 2010.

ARAÚJO, F. Q.; PRADO, E. M. Análise das

Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Farmácia. Revista Contemporânea de Educação, Rio de Janeiro, v. 3, n. 5, p. 89-101, set. 2008.

BECKER, G. K. Farmacêutico Esteta. vol 1. 2015. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/0B56zZLl5yEsHS UltYkNhMmQtSDA/view. Acesso em: 14 abr.

BRANDÃO, A. Estética, um mercado forte à espera do farmacêutico. Pharmacia Brasileira, v. 12, n. 88, jan. – abr. 2014.

CONSELHO FEDERAL DE

FARMÁCIA, Resolução n° 573 de 22 de maio de 2013. Dispõe sobre as atribuições do farmacêutico no exercício da saúde estética e da responsabilidade técnica por estabelecimentos que executam atividades afins. Disponível em: https://www.cff.org.br/userfiles/file/resoluçoes/57 3.pdf. Acesso em: 08 abr. 2020.

CONSELHO FEDERAL DE

FARMÁCIA, Resolução n° 616 de 25

dezembro de 2015. Define os requisitos técnicos para o exercíciodo farmacêutico no âmbito da saúde e estética. Disponível em: https://www.cff.org.br/userfiles/file/resoluçoes/61 6.pdf. Acesso em 08 abr. 2020.

FERREIRA, B. R. A atuação do farmacêutico e a legalização na saúde estética. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento, Ano 1, v. 8, p. 93-98, 2016.

FERREIRA, J. B.; LEMOS, L. M. A.; SILVA, T.

R. Qualidade de vida, imagem corporal e satisfação nos tratamentos estéticos. Revista Pesquisa em Fisioterapia, Salvador, v. 6, n. 4, p. 402-410, nov. 2016.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GODOY, I. M. et al. A atuação do farmacêutico na saúde estética. Revista eletrônica de trabalhos acadêmicos, Goiânia, v. 3, n. 1-15, ago. 2016.

LEONARDI, G. R. Acne: Atenção farmacêutica no uso de produtos cosméticos e farmacêuticos. Revista RX, v. 2, p.12-15, 2006.

LIMA, J. R. Recursos terapêuticos utilizados pelo Farmacêutico na saúde estética. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Farmácia) – Faculdade de Educação e Meio Ambiente, Ariquemes, 2017.

MATTAR, F. N. Pesquisa de marketing, metodologia, planejamento. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2005.

PADILHA, A. S. et al. Acompanhamento dos egressos do curso de biomedicina: dificuldades, facilidades e perspectivas profissionais. In: XXII seminário interinstitucional de ensino, pesquisa e extensão, Seminário, Cruz Alta, p. 1 – 4, 2018.

PIANA, M.; CANTO, G. S. Atenção

Farmacêutica em Dermatologia: Fármacos e Antiacneicos. Saúde, Santa Maria, v. 36, n. 2, p. 3954, jul.-dez. 2010.

RODRIGUES, B. F.; QUARESMA, F. A inserção

do tecnólogo em estética e imagem pessoal no mercado de trabalho - baseado na matriz curricular da UTP. 2013. Disponível em: https://tcconline.utp.br/a-insercao-do-tecnologo- em-estetica-e-imagem-pessoal-no-mercado-de- trabalho-baseado-na-matriz-curricular-da-utp/. Acesso em: 30 set. 2020.

SADICK, N.S. A Structural Approach to Nonablative Rejuvenation. Cosmetic Dermatology, v.15, n. 12, p. 39-43, 2002.

SILVA, R. F. et al. Percepção de graduandos do curso de Farmácia sobre a atuação profissional no mercado farmacêutico. Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa. 2019.

SILVA, G. M. C. et al. As impressões de 20 farmacêuticos a respeito do mercado de trabalho em suas diferentes áreas de atuação. Revista Acadêmica Conecta FASF, v. 4, n. 1, p. 174 – 188, 2019.

THOMAS, D. R.; SOARES, M. F.; BRAUN, D.

S. Perfil dos egressos do curso de fisioterapia do Instituto Cenecista de Ensino Superior de Santo Ângelo. Saúde Integrada, Santo Ângelo, v. 6, n. 11-12, p.309-325, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-459