Variabilidade espacial da resistência a penetração em solo argiloso sob pastagem degradada / Space variability of penetration resistance in clay soil under degraded pasture

Élvis da Silva Alves da Silva Alves, Ana Beatriz Silva Santos, Lysa Cristine Lira de Medeiros, Douglas Alberto, Márcio Aurélio Lins dos Santos, Maryjane Diniz de Araújo Gomes, Cícero Gomes

Abstract


A resistência do solo à penetração pode influenciar o crescimento das raízes em comprimento e diâmetro e na direção preferencial do crescimento radicular. Em sistemas de pastejo essa resistência a penetração pode apresentar acentuação por conta do pisoteio animal. Diante do exposto, esta pesquisa teve o objetivo de avaliar a variabilidade espacial da resistência do solo à penetração em diferentes profundidades aplicando a técnica de interpolação pelo método do inverso do quadrado da distância (IDW). Os dados obtidos para o desenvolvimento do trabalho foram coletados em uma propriedade rural, povoado Genipapo, zona rural da cidade de Limoeiro de Anadia – AL, num Argissolo Amarelo Distrófico. Para avaliação da variabilidade espacial da resistência a penetração do solo (RP) foi criada uma malha de pontos, gerando uma área retangular composta por 6 colunas (eixo X) e 8 linhas (eixo Y), totalizando 48 pontos. O espaçamento utilizado entre as colunas e linhas foi de 10 e 5 m, respectivamente. Nestes pontos foram coletadas as informações da RP com o auxílio do penetrômetro de impacto modelo digital (penetrolLog) da Falker. Essas informações foram coletadas em 5 profundidades: 0-10, 10-20, 20-30, 30-40, 40-50 cm. Foi utilizado o software GS+® para interpolação dos dados e para construção dos mapas de isolinhas de superfície em 2 dimensões (2D) foi utilizado o software Surfer®, versão 8.02. A camada de 10-20 cm apresentou maiores valores de resistência a penetração.


Keywords


Densidade do solo, impedimento mecânico, variabilidade

References


ARAÚJO, E. A.; KER, J. C.; NEVES, J. C. L.; LANI, J. L.; Qualidade do solo: conceitos, indicadores e avaliação. Pesquisa Aplicada e Agrotecnologia (Impresso),v. 5, p. 187-206, 2012.

ECCO, M.; CARVALHO, L. A.; FERRARI, L. P.; Variabilidade espacial da resistência do solo a penetração em área cultivada com cana-de-açúcar na safra 2008/2009. Agrarian - Dourados. Online, v. 5, p. 263-269, 2012.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - Embrapa. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. 2.ed. Rio de Janeiro: Embrapa-SPI, 2006. 306p.

GOLDEN SOFTWARE. Surfer version 8.02 - Feb 11 2002. Surface mapping system. Colorado: Golden Software, Inc, 1993-2002. 1 CD-ROM. GS+. Geostatiscal for environmental Sciences. Version 8.02. Michigan: Gamma Design Software, 2002.

MARASCA, I.; OLIVEIRA, C. A. A.; GUIMARÃES, E. C.; CUNHA, J. P. A. R.; ASSIS, R. L.; PERIN, A.; MENEZES, L. A. S. Variabilidade espacial da resistência do solo à penetração e teor de água em sistema de plantio direto, na cultura da soja. Bioscience Journal, v.27, n.2, p.239-246, 2011.

MELLO, C. R.; LIMA, J.M.; SILVA, A. M.; MELLO, J. M.; OLIVEIRA, M. S. Krigagem e Inverso do Quadrado da Distância para Interpolação dos Paramentos da Equação de Chuvas Intensas. R. Bras. Ci. Solo. V. 27, p. 925-933, 2003.

MONTANARI, R.; ZAMBIANCO, E. C.; CORRÊA, A. R.; PELLIN, D. M. P.; CARVALHO, M. P.; DALCHIAVON, F. C. Atributos físicos de um Latossolo Vermelho correlacionados linear e espacialmente com a consorciação de guandu com milheto. Revista Ceres, v.59, n.1, p.125-135, 2012.

ROBERTSON, G. P. GS+: Geoestatistics for the environmental sciences – GS+ User´s Guide. Plainwell: Gamma Design Software, 2004. 152 p.

SENE, M.; VEPRASKAS, M. J.; NADERMAN, G. C.; DENTON, H. P. Relationships of soil texture and structure to corn yield response to subsoiling. Soil Science Society of America Journal, v. 49, p. 422-27, 1985.

STOLF, R.; FERNANDES, J.; FURLANI NETO, V. L. Recomendação para uso do penetrômetro de impacto, modelo IAA/Planalsucar – Stolf. São Paulo: MIC/IAA/PNMCA – Planalsucar, 1983. 8p. (Série Penetrômetro de Impacto. Boletim, 1).

VIZZOTTO, V. R.; MARCHEZAN, E.; SEGABINAZZI, T. efeito do pisoteio bovino em algumas propriedades físicas do solo de várzea. Revista Ciência Rural, Santa Maria




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n11-287

Refbacks

  • There are currently no refbacks.