A gestão institucional da universidade da Amazônia (Unama): do projeto de criação à venda para o Grupo Ser Educacional em 2014 / The management model of the university of Amazonia (Unama): from the creation project to the sale for Grupo Ser Educacional in 2014

Tarcísio da Silva Cordeiro, Fabíola Bouth Grello Kato

Abstract


Este artigo tem por objetivo apresentar como se desenvolvia a gestão institucional burocrática (profissional/familiar) da Unama antes de sua venda para o grupo Ser Educacional S.A por meio dos dados levantados e, discutir sobre as formas de organização da gestão institucional da Universidade da Amazônia desde sua criação até o ano de 2014, por meio de seu modelo de gestão institucional, bem como compreender a função social desempenhada pela Universidade da Amazônia, a qual é legitimada ou não dentro de seus espaços colegiados de tomada de decisão. Neste trabalho, teremos como foco a criação da Universidade da Amazônia, projetada desde o ano de 1974 e seu modelo de universidade orientador, o modelo de gestão universitária que norteia a universidade brasileira. Buscamos expor a caracterização da instituição, suas atribuições, seu crescimento, sua abrangência e seu projeto institucional. Trata-se de uma pesquisa de caráter documental e bibliográfico realizada com base nas análises dos documentos da IES publicados em seu site oficial e nos documentos do Conselho Federal de Educação (Hoje Conselho Nacional de Educação – CNE) disponíveis no site Domínio Público, que versam sobre a universidade, bem como no levantamento da literatura produzida acerca da Unama. A pesquisa mostrou a partir da análise dos documentos que o modelo de gestão adotado na Unama, apesar de corroborar com um pequeno grau de autonomia e participação nas tomadas de decisões, se apresentava apenas como espaços de legitimação de políticas, em sua maioria, convenientes aos donos da universidade (Heteronomia). Desta forma, o modelo de gestão da IES se estruturava prioritariamente para manter o arcabouço que a mantinha como universidade de campo.


Keywords


universidade, unama, gestão institucional.

References


ARAÚJO, Ronaldo Marcos de Lima. Universidade e trabalho: a função Social da educação frente ao mundo do trabalho. Margens Interdisciplinar, Belém, v. 7, n. 9, p. 161-177, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufpa.br/index.php/revistamargens/article/download/2775 /2906. Acesso em: 14 set. 2019.

BRASIL. Lei nº 5.540, de 28 de novembro de 1968. Fixa normas de organização e funcionamento do ensino superior e sua articulação com a escola média, e dá outras providências. [Revogada por legislação posterior]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L5540.htm. Acesso em: 14 out. 2019.

BRASIL. Lei nº 9.192, de 21 de dezembro de 1995. Regulamentam o processo de escolha dos dirigentes universitários. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9192.htm Acesso em: 14 de mai. de 2019.

BRASIL. Lei nº 9394, de 20 de dezembro de 1996. (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional). Disponível em: https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/529732/lei_de_diretrizes_e_bases_1ed.pdf. Acesso em: 26 fev. 2019.

BRASIL. Decreto nº 9.235, de 15 de dezembro de 2017. Dispõe sobre a regulação, supervisão e avaliação das IES. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-018/2017/Decreto/D9235.htm#art107. Acesso em: 30 set. 2019.

BRASIL. Conselho Federal de Educação (CFE). Parecer 641/1990a - Carta Consulta com vistas à criação, pela via do reconhecimento, da Universidade da Amazônia - UNAMA- com sede em Belém, Estado do Pará. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/cd006180.pdf. Acesso em: 22 mai. 2019.

BRASIL. Conselho Federal de Educação (CFE).Parecer 598/1992 - Redistribuição de Vagas. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/cd003474.pdf. Acesso em: 22 mai. 2019.

BROWN, Wendy. Cidadania sacrificial neoliberalismo, capital humano e políticas de austeridade. Tradução: Juliane Bianchi Leão. Rio de Janeiro: Zazie, 2018. (Coleção: Pequena Biblioteca de Ensaios). Disponível em: https://static1.squarespace.com/static/565de1f1e4b00ddf86b0c66c/t/5b87d6b16d2a73184e3572e5/1535628979543/PEQUENA+BIBLIOTECA+DE+ENSAIOS_ WENDY+BROWN_CIDADANIA+SACRIFICIAL_ZAZIE+EDICOES_2018.pdf. Acesso em: 22 mar. 2019.

CORDEIRO, Tarcísio da Silva; KATO, Fabíola Bouth Grello. UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA/SER EDUCACIONAL S.A: A GESTÃO NA LÓGICA DA GOVERNANÇA CORPORATIVA In: XIV Seminário Nacionais de Políticas Educacionais e Currículo e III Seminário Internacional de Políticas Públicas Educacionais, Cultura e Formação de Professores, 2019, Belém. Seminário Nacional de Políticas Educacionais. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/1u9DSseEVt0DVdbItm_mgUanfTDrFuqOO/view Acesso em: 22 mar. 2021.

CHAUÍ, Marilena de Souza. A universidade operacional. Folha de São Paulo. São Paulo, 09 de maio de 1999. Caderno Mais!. Disponível em: https://reuniufpr.forumeiros.com/t46-a-universidade-operacional-marilena-chaui. Acesso em: 14 set. 2019.

CHAUÍ, Marilena de Souza. A universidade pública sobre nova perspectiva. Revista Brasileira de Educação. Rio de Janeiro, n. 24, Set /Out /Nov /Dez 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/n24/n24a02.pdf. Acesso em: 14 set. 2019.

CHAUÍ, Marilena de Souza. Contra a universidade operacional. A greve de 2014 (8 de agosto de 2014). Disponível em: https://www.adusp.org.br/files/database/2014/tex_chaui.pdf. Acesso em: 14 set. 2019.

DARDOT, Pierre; LAVAL, Christian. A nova razão do mundo: ensaio sobre a sociedade neoliberal. Tradução: Maria Echalar. 1 ed. São Paulo: Boitempo, 2016.

DIAS SOBRINHO, José. Debate Universidade e Compromisso Social. In: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Universidade e compromisso social. Brasília, 25 e 26 de agosto de 2005. Organização: Dilvo Ristoff e Palmira Sevegnani. – Brasília: INEP, 2006. Páginas: 138-39; 163-66; 199-200; 239-40. Disponível em: http://www.ergonomia.ufpr.br/Metodologia/Universidade%20e%20Compromisso%20social%20INEP.pdf. Acesso em: 26 fev. 2019.

FRIGOTTO, Gaudêncio. A produtividade da escola improdutiva. São Paulo: Cortez, 1984.

HARVEY, David. A produção capitalista do espaço. Tradução: Carlos Szlak. São Paulo: Annablume, 2005. (Coleção Geografias e Adjacências). Disponível em: http://www.mom.arq.ufmg.br/mom/02_babel/textos/harvey-producao-capitalista-espaco.pdf. Acesso em: 10 mar. 2019.

HARVEY, David. 17 contradições e o fim do capitalismo. Tradução: Rogério Bettoni. São Paulo: Boitempo, 2016.

LIMA, Rosângela Novaes; CHAVES, Vera Jacob. A educação superior no Pará: 1991-2004. In: INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA (INEP). Educação Superior Brasileira. 1991-2004. Pará. Brasília: INEP, 2006, v. 28, p.25-100. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/documents/186968/484109/Educa%C3%A7%C3%A3o+Superior+Brasileira+1991-2004+Par%C3%A1/5b398c5b-a882-49a6-a24a-340dd7ebf28e?version=1.1. Acesso em: 14 mar. 2019.

MENEGHEL, Stela Maria. A Crise da universidade no Brasil. 2001. 337f. Tese (Doutorado em Educação)  Universidade Estadual de Campinas: Faculdade de Educação. Campinas/SP: [S.n.], 2001. Disponível em: https://scholar.google.com.br/scholar?oi=bibs&cluster=12312110344890131559&btnI=1&hl=pt-BR. Acesso em: 12 abr. 2019.

MESQUITA, Benjamin Alvino de. Notas provisórias sobre a estratégia de desenvolvimento e os grandes projetos da Amazônia. Políticas Públicas, São Luís, v. 18 – Especial, 2014. Disponível em: http://www.periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/rppublica/article/download/2737/3936. Acesso em: 18 abril 2019.

QUEIROZ, Luiz Miguel Galvão; CORRÊA, Paulo Sérgio de Almeida. A política institucional da universidade da Amazônia e seus reflexos na formação do professor pesquisador na área de ciências sociais. Rev. Inter. Educ. Sup.[RIESup]. Campinas, v.1, n.1, p.32-49, jul./set. 2015. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8650519/16730. Acesso em: 14 mar. 2019.

SANTOS, Carlos Roberto Antunes dos. Universidade e Compromisso Social [Debate]. Organização: Dilvo Ristoff; Palmira Sevegnani. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2006. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/documents/186968/489018/Universidade+e+compromisso+social/f388b0a6-cfb0-4d93-80bf-af6f58a19e00?version=1.4. Acesso em: 26 fev. 2019.

SILVA, Heloisa Helena Rovery da; SARRACENI, Jovira Maria. GESTÃO UNIVERSITÁRIA: Liderança e Princípios Pedagógicos. Universitá[email protected]: Revista Científica do Unisalesiano, Linsano, v. 6, n. 3, p.25, jun. 2012. Disponível em: http://www.salesianolins.br/universitaria/artigos/no6/artigo9.pdf Acesso em: 26 fev. 2019.

UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA (UNAMA). Avaliação institucional – autoestudo. Relatório Final – Ano 2011. Disponível em: http://www6.unama.br/cpa/attachments/article/56/RELAT%C3%93RIO%20DO%20AUTOESTUDO%20-%202011%20-%20VERS%C3%83O%20FINAL.pdf. Acesso em: 10 mar. 2019.

UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA (UNAMA). Projeto Pedagógico Institucional (PPI) 1998. Belém: Grapel, 1998.

WEBER, Max. Economia e sociedade: fundamentos da sociologia compreensiva. Tradução: Regis Barbosa e Karen Elsabe Barbosa. Revisão técnica: Gabriel Cohn. Brasília, DF: Editora Universidade de Brasília; São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 1999. 586 p.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n5-011