A importância da assistência dos enfermeiros na recuperação de pacientes recém-nascidos prematuros em UTIN / The importance of nurses assistance in the recovery of premature newborn patients in NICU

Maria Clara Pereira Soares, Priscila Sousa Costa, Maria do Amparo Veloso Magalhães

Abstract


Objetivo: A presente revisão objetiva descrever a importância dos cuidados prestados pelos enfermeiros na recuperação do recém-nascido prematuro no ambiente da UTIN. Metodologia: A pesquisa trata-se de uma revisão integrativa de literatura. Foram utilizados os descritores: Recém-Nascido Prematuro, Unidades de Terapia Intensiva Neonatal e Cuidados de Enfermagem, para realizar a busca dos estudos. Eles foram combinados entre si com o conector booleano OR dentro de cada conjunto da estratégia PICo e, posteriormente, cruzados com o operador booleano AND. Resultados: Dos 384 artigos identificados na fonte de dados PUBMED/MEDLINE, BVS REGIONAL/LILACS e EMBASE, SCOPUS e SciELO, foram excluídos 373 artigos por duplicidade e/ou não atender os critérios de inclusão. Após leitura de títulos, resumo, palavras chave selecionados 11 artigos. Conclusão: Evidenciou-se no estudo, que é necessário buscar na assistência de enfermagem em UTIN, pela sua alta complexidade em atendimentos, desenvolver métodos de trabalhos relacionados ao cuidado com os RNs, que proporcione uma prática de enfermagem unificada, evidente, com metas a curto e longo prazo, favorecendo e explicitando a eficácia das atividades desenvolvidas.


Keywords


recém-nascido, unidades de terapia intensiva neonatal, cuidados de enfermagem.

References


De Albuquerque TM, Albuquerque RC. Estratégias de posicionamento e contenção de recém-nascidos pré-termo utilizadas em Unidades de Terapia Intensiva Neonatal. Vol. 1, Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional - REVISBRATO Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional; 2017. pág. 40-51.

Brasil, Ministério da Saúde. Juntos para os bebês nascidos muito cedo, cuidando do futuro: 17/11 – Dia Mundial da Prematuridade. Biblioteca Virtual de Saúde, 2020

Marski B de SL, Facio BC, Ichisato SMT, Barba PC de SD, Wernet M. Cuidados de desenvolvimento: assistência de enfermeiros de Unidades de Terapia Intensiva Neonatais. Vol. 71, Revista Brasileira de Enfermagem FapUNIFESP (SciELO); 2018. pág. 2758-66.

Da Silva SCSP, Oliveira ECDS, Veríssimo AVR, Mendes KM, De Oliveira RC. Critérios clínicos e insumos muito utilizados no banho de recém-nascidos pré-termo de baixo peso. Vol. 11, Enfermagem em Foco Conselho Federal de Enfermagem - Cofen; 2020.

Sariol E M, et al. Estrategia de superación para desarrollar competencias en la atención de enfermería al neonato crítico. Educación Médica Superior 34.3 2020.

De Sousa L M M et al. A metodologia de revisão integrativa da literatura em enfermagem. Revista investigação em enfermagem 21.2, 2017.

Ercole FF, Melo LS de, Alcoforado CLGC. Revisão integrativa versus revisão sistemática. Vol. 18, Reme: Revista Mineira de Enfermagem GN1 Rede Genesis; 2014.

Dos Santos M De A, Gonçalves J R. O Envolvimento Emocional Da Equipe De Enfermagem No Processo De Morte De Recém-Nascidos Internados Em Unidade De Terapia Intensiva Neonatal (UTIN): Uma revisão integrativa de literatura. Zenodo; 2019; DOI: 10.5281/ZENODO.4341116

Guedes BL dos S, Ferreira MMB, Mascarenhas MLV da C, Ferreira ALC, Costa LC, Lúcio IML. Pressão positiva contínua em aeronaves em neonatos: cuidados prestados pela equipe de enfermagem. Vol. 23, Escola Anna Nery FapUNIFESP (SciELO); 2019.

Lima WB de S, Ribeiro M de O A, Ferreira G R. A conduta da enfermagem nos procedimentos e cuidados para diminuição da dor no neonato prematuro. NBC-Periódico Científico do Núcleo de Biociências, v. 10, n. 19, 2020.

Leite AC, Silva MPB, Alves RSS, Silva M de L, Almeida DS, Feitosa LMH, et al. Contribuições da assistência de enfermagem na prevenção de problemas na unidade de terapia intensiva neonatal. Vol. 10, Pesquisa, Sociedade e Desenvolvimento Pesquisa, Sociedade e Desenvolvimento; 2021. pág. e20410212281.

Silva S F, Tatieny A M da C, Ludimila C S S. Acolhimento humanizado nas unidades de terapia intensiva neonatal para as famílias que têm seus recém-nascidos internados. Saúde & Ciência Em Ação 6.2. 2020

Silva SRP da, Alencar GT de, Lima HLS, Santos JB dos, Silva Lima VM da, Viana AMD. Assistência de enfermagem na uti neonatal: Dificuldades enfrentadas pelos enfermeiros e contratados aos recém-nascidos. Vol. 3, Revista Brasileira de Revista de Saúde Revista Brasileira de Revista de Saúde; 2020. pág. 9464-73.

Sousa S C de, Sales-Medino Y, Castelo-Branco-Benevides K, de-Sousa-Ibiapina A, de-Magalhães-Nogueira-Ataíde K. Fortalecimento do vínculo entre a família e o neonato prematuro. Revista de Enfermagem UFPE on line [Internet]. 2019

Chaves AC F, Santos A P, Magalhães Nogueira Ataíde KD, Bezerra Cunha KJ. Cuidado e manutenção da pele do neonato atualizado. Vol. 13, Revista de Enfermagem UFPE on line Revista de Enfermagem, UFPE Online; 2019. pág. 378.

Pereira R. M. S, Câmara T. L, Pereira N. C. S. T. Enfermagem e o manuseio do recém-nascido na unidade de terapia intensiva neonatal. Rev UNINGA [Internet]. 2019.

Da Silva C D F H et al. Humanização e cuidados de enfermagem ao recém-nascido prematuro em unidade de terapia intensiva neonatal. Revista Faculdades do Saber, v. 7, n. 14, p. 1107-1117, 2022.

Frank E do S M P, Adalgisa C M Q, Jakelinne S N da S. O cuidado de enfermagem ao recém-nascido prematuro em unidade de terapia intensiva neonatal. Journal of Specialist 1.3, 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n6-014