Autopercepção dos idosos em relação as condições de saúde bucal: revisão de literatura / Self-perception of elderly in relation to oral health conditions: literature review

Jessica Ferreira Souza de Oliveira, Amanda Rodriguez Tato Gama Custódio, Kylze Ikegami Sakiyama, Marcela Leticia Leal Gonçalves, Ana Paula Taboada Sobral, Gustavo Duarte Mendes, Elaine Marcílio Santos, Gabriela Traldi Zaffalon, José Cássio de Almeida Magalhães

Abstract


O envelhecimento é um processo da vida natural e gradual, que em alguns casos podem produzir limitações e alterações. Em termos o bem estar, a saúde bucal , social e mental está se tornando cada vez mais importante no dia a dia dos idosos. O objetivo deste trabalho foi realizar uma revisão de literatura sobre a autopercepção das condições de saúde bucal de idosos, por meio de uma busca nas bases de dados GOOGLE ACADÊMICO, SCIELO e LILACS. Os achados mostraram uma autopercepção em saúde oral considerada “ruim” de acordo com o índice Gohai. Então foi analisado e concluído que os cirurgiões dentistas precisam reforçar a atenção na questão para que possam fundamentar a elaboração de programas preventivos, educativos e assistenciais que valorizem a saúde bucal, esclareçam sobre o autocuidado, promovam a saúde e previnam as doenças bucais nos idosos, de modo que se possam manter as condições de saúde bucal necessárias para viver essa etapa da vida com qualidade.


Keywords


saúde oral, autoimagem, idoso, qualidade de vida

References


Barbosa LS. Atenção odontológica voltada ao atendimento do idoso. Trabalho de conclusão de curso; Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. 2020.

Siqueira CS; Ribeiro GM. Qualidade da saúde bucal dos pacientes geriátricos. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Odontologia) - Centro Universitário do Planalto Central Apparecido dos Santos, 2020.

Emmi DT et al. Autopercepção de saúde bucal por idosos marajoaras. Revista Digital da Academia Paraense de Odontologia Belém-PA, v.2, n.1, jan./jun. 2018.

Saintrain MVL, Souza EHA. Impact of tooth loss on the quality of life. Gerodontology; v.29; n.2; p.632-6; 2012

Kreve S; D’Avillas GC; Santos LO; Reis AC. Autopercepção da saúde bucal de idosos. Clin Lab Res Den. Aged; Self Concept; Oral Health. 2020.

Medeiros, MAO; Jost P; Brígido CFC. A importância da promoção, prevenção e tratamento da saúde bucal em pacientes idosos. Ver. Interd., jul. ago. set. 2016.

Castro APF; Serpa PHR; Moura AS. Autoavaliação da saúde bucal de idosos no brasil: revisão integrativa da literatura. RvAcBO, 2020.

Rocha DA, Miranda AF. Atendimento odontológico domiciliar aos idosos: uma necessidade na prática multidisciplinar em saúde: revisão de literatura. Rev Bras Geriatr e Gerontol, 2013.

Martins AMEB et al. Autopercepção da saúde bucal entre idosos brasileiros. Rev Saúde Pública, 2010.

Torquato LP; Schmidt DB. Promoção da saúde bucal e o idoso: Revisão de literatura. Revista da Faculdade de Odontologia de Porto Alegre, 2020.

Silva EMM da, Barão VAR, Santos DM, Delben JA, Ribeiro ACP, Gallo, AKG. Principais mudanças e doenças bucais que acometem o paciente geriátrico revisão de literatura. Odont 2011.

Barbosa KGN. Condições de saúde bucal em idosos: uma revisão da realidade brasileira. Odontol Clín-Cient 2011.

Araujo BG; Moraes CF; Oliveira MLC; Fonseca KA. Farmacoterapia do paciente idoso. Farmacêutico da Universidade de Brasília, discente do Programa de Pós Graduação em Gerontologia da Universidade Católica de Brasília. Docente na Faculdade LS. 2020.

Pires CB et al. Xerostomia, alteração do paladar, da saliva e da sede: Percepção dos idosos. Unimontes Científica, Montes Claros (MG), Brasil, v. 22, n.1, p. 1-15, jan./jun. 2020.

Padilha DMP; Castilhos ED; Mello ALSF. Abordagem sistemática para o atendimento odontológico em instituições geriátricas. Unimontes Científica, Montes Claros (MG), Brasil, v. 22, n.1, p. 1-15, jan./jun. 2020.

Agostinho A C, Campos M L, Silveira J L G C. Edentulismo, uso de prótese e autopercepção de saúde bucal entre idosos. Revista de Odontologia da UNESP. Mar.- Apr.; v.44; n.2; p.74-79; 2015.

Nogueira CMR, Falcão LMN, Nuto S de AS, Saintrain MV de L, Vieira-Meyer APGF. Autopercepção de saúde bucal em idosos: estudo de base domiciliar. Rev. Bras. Geriatr. Gerontol. 2017; 20 (1): 7-19.

Gilbert L. Social factors and self-assessed oral health in South Africa. Community Dent Oral Epidemiol. 1994;22(1):47-51.

Miranda F. A. et al.: A Necessidade da Odontologia Domiciliar e Cuidados Bucais em Idosos Dependentes. Revista Ciências e Odontologia, 2018;2(2)33-38.

Bulgarelli AF. Saúde bucal em idosos: queixas relatadas, Ribeirão Preto∕SP [dissertação]. Ribeirão Preto: Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto; 2006.

Haikal DS, Paula AMB, Martins AMEBL, Moreira NA, Ferreira EF. Autopercepção da saúde bucal e impacto na qualidade de vida do idoso: uma abordagem quanti-qualitativa. Ciênc Saúde Coletiva. 2011; 16(7):3317-29.

Novais CALM, Xavier SPL, Cecílio CVC, Ramalho CLG, Novais ELM, Silva PN. Influência da autopercepção em saúde bucal na qualidade de vida dos idosos: revisão integrativa. Brazilian Journal of Development Curitiba, v.8, n.2, p.9026-9050 feb.2022.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n6-063