Dialogue between pedagogical approaches of brazilian physical education and dance content in school context / Diálogo entre abordagens pedagógicas da educação física brasileira e conteúdos de dança no contexto escolar

Raffaelle Andressa dos Santos Araujo, Lourena Jhessica Do Nascimento Freire

Abstract


The present PIBIC High School research, CNPq quota (2019/2020), aimed to analyze the influences of many pedagogical conceptions of Physical Education in Brazil, based on the investigation of theoretical assumptions, main themes, methodological and ideological contexts, identifying what sense and meaning dance content presents in school context. In this regard, we investigated the influences of PE’s multiple pedagogical conceptions in Brazil, based on the investigation of theoretical assumptions, main themes, methodological and ideological contexts, identifying what sense and meaning dance content presents in school context in each pedagogical approach. The necessity to research this theme comes from the constant concerns regarding the development of dance as an integral part of the contents that compose PE, because it is characterized as a knowledge, a cultural manifestation of unquestionable importance in school institution. According to the objectives’ specifications, this study consists in qualitative research, which methodological proposal for its accomplishment will be developed through the combination of a bibliographic research and a review of primary literatures. As result, we identified ten pedagogical approaches in Brazilian school PE divided into two large groups focusing on teaching methodology issue: non propositive and propositive conceptions (non-systematized and systematized). We concluded that the similarity between all PE’s approaches is the search of a scientific basis to understand its object of study and, analyzing how the main approaches of Brazilian school PE understand dance’s teaching (once between its contents), we identified that there is no agreement in the propositions regarding this content’s appliance.


Keywords


physical education, dance, pedagogical conception, school.

Full Text:

PDF

References


AZEVEDO, Edson Souza de; SHIGUNOV, Viktor. Reflexão sobre as abordagens pedagógicas em educação física. In: SHIGUNOV, Viktor; SHIGUNOV NETO, Alexandre (Org.). A formação profissional e a prática pedagógica: ênfase nos professores de educação física. Londrina, PR: O Autor, 2001. p. 77-94.

BETTI, Mauro. Educação Física e sociedade. São paulo: Movimento, 1991.

_____. Ensino de primeiro e segundo graus: educação física para que? Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Maringá, PR, v. 13, n. 2, p. 282-287, jan., 1992.

_____. Valores e finalidades na educação física escolar: uma concepção sistêmica. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Santa Maria, RS, v. 16, n. 1, p. 14-21, out., 1994.

BRACHT, Valter et al. Pesquisa em ação: educação física na escola. Ijuí, RS: UNIJUÍ, 2003. (Coleção educação física).

_____. Educação física e ciência: cenas de um casamento (in)feliz. Ijuí, RS: UNIJUÍ, 1999.

CARDOSO, Carlos Luiz. Concepção de aulas abertas. In: KUNZ, Elenor (Org.). Didática da Educação Física 1. Ijuí: UNIJUÍ, 1998. p. 121-158. (Coleção educação física).

CASTELLANI FILHO, Lino. Política educacional e educação física: polêmicas do nosso tempo. Campinas: Autores Associados, 1998.

DANTAS, Mônica. Dança: o enigma do movimento. Porto Alegre: Editora da Universidade, UFRGS, 1999.

DAÓLIO, J. Educação Física e o conceito de cultura. Campinas, SP: Autores Associados, 2004. (Coleção polêmicas do nosso tempo).

_____. Cultura: educação física e futebol. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 1997.

DARIDO, Suraya Cristina. Educação Física na Escola: questões e reflexões. Araras, SP: Topázio, 1999.

FREIRE, João Batista. Educação de Corpo Inteiro. 4. ed. São Paulo: Scipione, 1994. (Coleção pensamento e ação no magistério).

FREIRE, João Batista; SCAGLIA, Alcides José. Educação como prática corporal. São Paulo: Scipione, 2003. (Coleção pensamento e ação no magistério).

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2016.

KOLYNIAK FILHO, Carol. Educação física: uma introdução. São Paulo: EDUC, 1996.

KUNZ, Elenor. Transformação didático-pedagógica do esporte. Ijuí: UNIJUÍ, 1994.

KUNZ, Elenor (Org.). Didática da Educação Física 3: futebol. Ijuí: UNIJUÍ, 2003. (Coleção educação física).

HILDEBRANDT-STRAMANN, Reiner; LAGING, Ralf. Concepções abertas no ensino da educação física. Rio de Janeiro: Ao livro técnico, 1986. (Coleção educação física; série fundamental, 10).

MACEDO, Neusa Dias de. Iniciação a pesquisa bibliográfica: guia do estudante para a fundamentação do trabalho de pesquisa. São Paulo: Loyola. 2010.

MARQUES, Isabel A. Dançando na Escola: São Paulo, Cortez, 2007.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis, RJ: Vozes, 2016.

MOREIRA, Wagner Wey. Educação Física Escolar: uma abordagem fenomenológica. 2. ed. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 1992.

ROBATTO, Lia. Dança em processo: a linguagem do indizível. Salvador: Centro Editorial e Didático da UFBA, 1994.

SANTIN, Silvino. Educação Física: uma abordagem filosófica da corporeidade. Ijuí: UNIJUÍ, 1987. (Coleção ensaios: política e filosofia; 2).

SOARES, Carmem Lúcia et. al. Metodologia do ensino de educação física: coletivo de autores. São Paulo: Cortez, 2009.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n6-099