Puerpério na atenção primária: Foco no aleitamento materno e depressão pós-parto / Puerperum in primary care: Focus on breastfeeding and postpartum depression

Maria Luiza de Barba, Beatriz Barreto Macedo, Gabriela de Moraes Farid, Lucas dos Santos Almeida, Polyana Barbosa de Alvarenga, Raíssa Barreto dos Reis, Viktor Rotgarius G. F. de O. Souza

Abstract


O puerpério é uma das áreas prioritárias para atuação da Saúde da Família, englobando o puerpério imediato, tardio e remoto. Atualmente, a terceira maior causa de morbidade do mundo é a depressão, e as gestantes e puérperas são um grupo de alto risco de desenvolver este quadro. Este estudo visou elucidar a área de pesquisa de depressão pós-parto e aleitamento materno, evidenciando a construção do conhecimento com base nas políticas públicas nacionais. Foi realizado levantamento bibliográfico com os descritores associados “aleitamento materno”, “depressão pós-parto” e “puerpério pós-parto”, sendo analisadas 101 publicações. Quando abordado fator de proteção contra o risco de desenvolvimento de depressão pós-parto, 93% dos artigos evidenciaram significância estatística do aleitamento materno exclusivo como fator de proteção. A maioria dos artigos afirmam que mulheres jovens, de minoria étnicas, e solteiras possuem maiores chances de desenvolvimento de depressão pós-parto assim como interrupção do aleitamento exclusivo em relação as mulheres em união estável. Dessa forma, mostra-se necessário o aprofundamento das discussões acerca do cuidado na atenção primária e no período puerperal, evidenciando as relações existentes entre o aleitamento materno e a depressão pós-parto.


Keywords


aleitamento materno, depressão pós-parto, puerpério pós-parto.

References


BARATIERI, Tatiane; NATAL, Sonia. Ações do programa de puerpério na atenção primária: uma revisão integrativa. Ciência & Saúde Coletiva, v. 24, n. 11, p. 4227– 4238, 2019.

BRAGA, Milayde Serra; DA SILVA GONÇALVES, Monicque; AUGUSTO, Carolina Rocha. Os benefícios do aleitamento materno para o desenvolvimento infantil. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 9, p. 70250-70261, 2020.

BARBIERI, Mayara Caroline. Aleitamento materno: orientações recebidas no pré-natal, parto e puerpério. Semina: ciências biológicas e da saúde, Londrina, v.36, n.1, supl, p. 17-24, 2015.

BARBIERI, Mayara Caroline. Aleitamento materno: orientações recebidas no pré-natal, parto e puerpério. Semina: ciências biológicas e da saúde, Londrina, v.36, n.1, supl, p. 17-24, 2015.

BRUM, Evanisa Helena Maio de. Depresión posparto: discutiendo el criterio temporal del diagnóstico. Cadernos de Pós-Graduação em Distúrbios do Desenvolvimento, v. 17, n. 2, p. 92-100, 2017.

TEIXEIRA, Mayara Gonçalves et al. Detecção precoce da depressão pós-parto na atenção básica/Early detection of postpartum depression in primary health care. Journal of Nursing and Health, v. 11, n. 2, 2021.

LEAL, Maria do Carmo et al. Nascer no Brasil: inquérito nacional sobre parto e nascimento. Rio de Janeiro: ENSP/Fiocruz, 2019.

SANTANA, Karina Rodrigues et al. Influência do aleitamento materno na depressão pós-parto: revisão sistematizada. Revista de Atenção à Saúde (ISSN 2359-4330), v. 18, n. 64, 2020.

RENNÓ JÚNIOR, Joel; ROCHA, Renan. Anormalidades comportamentais no puerpério. Femina, p. 170-174, 2019.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção a Saúde. Departamento de Atenção Básica. Cadernos de atenção básica nº13, política de atenção integral à saúde da mulher. Brasília: Ministério da Saúde, 2004.

NEGRAES, F. C.; DE BARBA, M. L. A qualidade da atenção à saúde da mulher no Brasil a partir do PMAQ-AB. Brazilian Journal of Development. v. 8, n.5, p.36346-36372, 2022.

CAMPOS, P. A.; CARNEIRO, T. F. Sou mãe: e agora? Vivências do puerpério. Acervo da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Psicologia USP. volume 32, e200211. Rio de janeiro, 2021

FUKUI, Naoki et al. Exclusive Breastfeeding Is not Associated with Maternal– Infant Bonding in Early Postpartum, Considering Depression, Anxiety, and Parity. Nutrients, v. 13, n. 4, p. 1184, 2021.

CHRZAN-DĘTKOŚ, Magdalena et al. The program of psychological and breastfeeding support" Maternity step by step": an example of effective solution for the prevention, diagnostics and treatment of prenatal and postpartum depression. Psychiatria Pol, v. 54, n. 3, p. 613-629, 2020.

GADELHA, Elida Cristina Bezerra et al. Fatores associados à duração do aleitamento materno no Município de Belém/PA/Factors associated with the duration of breastfeeding in the City of Belém/PA. Brazilian Journal of Development, v. 8, n. 3, p. 16931-16945, 2022.

SHUMBUSHO, Diane I.; KUCERA, Calen W.; KEYSER, Erin A. Maternity Leave Length Impact on Breastfeeding and Postpartum Depression. Military Medicine, v. 185, n. 11-12, p. 1937-1940, 2020.

VETTORAZZI, Janete et al. Sexualidade e puerpério: uma revisão da literatira. Clinical & Biomedical Research. 2013.

ANDRADE, Raquel et al. Fatores relacionados à saúde da mulher no puerpério e repercussões na saúde da criança. Escola Anna Nery Revista de Enfermagem, 19(1):181-186. 8, jun. 2014.

ZHAO, Ying; LIN, Qiping; WANG, Jing. An evaluation of a prenatal individualised mixed management intervention addressing breastfeeding outcomes and postpartum depression: A randomised controlled trial. Journal of Clinical Nursing, v. 30, n. 9-10, p. 1347-1359, 2021.

ZHAO, Ying; LIN, Qiping; WANG, Jing. An evaluation of a prenatal individualised mixed management intervention addressing breastfeeding outcomes and postpartum depression: A randomised controlled trial. Journal of Clinical Nursing, v. 30, n. 9-10, p. 1347-1359, 2021.

WOOLHOUSE, Hannah; JAMES, Jennifer; GARTLAND, Deirdre; et al. Maternal depressive symptoms at three months postpartum and breastfeeding rates at six months postpartum: Implications for primary care in a prospective cohort study of primiparous women in Australia. Women and Birth, v. 29, n. 4, p. 381–387, 2016.

COO, Soledad et al. The role of perinatal anxiety and depression in breastfeeding practices. Breastfeeding Medicine, v. 15, n. 8, p. 495-500, 2020.

NAM, Jin Young; CHOI, Young; KIM, Juyeong; et al. The synergistic effect of breastfeeding discontinuation and cesarean section delivery on postpartum depression: A nationwide population-based cohort study in Korea. Journal of Affective Disorders, v. 218, p. 53–58, 2017.

REIFSNIDER, Elizabeth; FLOWERS, Jenna; TODD, Michael; et al. The Relationship Among Breastfeeding, Postpartum Depression, and Postpartum Weight in Mexican American Women. Journal of Obstetric, Gynecologic & Neonatal Nursing, v. 45, n. 6, p. 760–771, 2016.

YUSUFF, Aza Sherin Mohamad; TANG, Li; BINNS, Colin W.; et al. Antenatal Depressive Symptoms and Breastfeeding: A Prospective Cohort Study. Breastfeeding Medicine, v. 10, n. 6, p. 300–304, 2015.

MCDONALD, Sheila W.; BENZIES, Karen M.; GALLANT, Jenna E.; et al. A Comparison Between Late Preterm and Term Infants on Breastfeeding and Maternal Mental Health. Maternal and Child Health Journal, v. 17, n. 8, p. 1468–1477, 2012.

ZANARDO, Vincenzo; GAMBINA, Irene; BEGLEY, Cecily; et al. Psychological distress and early lactation performance in mothers of late preterm infants. Early Human Development, v. 87, n. 4, p. 321–323, 2011.

AHN, Sukhee ; CORWIN, Elizabeth J. The association between breastfeeding, the stress response, inflammation, and postpartum depression during the postpartum period: Prospective cohort study. International Journal of Nursing Studies, v. 52, n.10, p.1582–1590, 2015.

BORRA, Cristina; IACOVOU, Maria ; SEVILLA, Almudena. New Evidence on Breastfeeding and Postpartum Depression: The Importance of Understanding Women’s Intentions. Maternal and Child Health Journal, v.19, n. 4, p. 897–907, 2014.

CATO, Karin et al. Antenatal depressive symptoms and early initiation of breastfeeding in association with exclusive breastfeeding six weeks postpartum: a longitudinal population-based study. BMC pregnancy and childbirth, v. 19, n. 1, p. 1-11, 2019.

MARZIEH, Akbarzadeh; SIMA, Rad; MARZIEH, Moattari; et al. Investigation of breastfeeding training based on BASNEF model on the intensity of postpartum blues. Bvsalud.org, p.830–835,2017.

KORNFEIND, Katelin R.; SIPSMA, Heather L. Exploring the link between maternity leave and postpartum depression. Women's Health Issues, v. 28, n. 4, p.321-326, 2018.

WOUK, Kathryn et al. Positive emotions during infant feeding and postpartum mental health. Journal of Women's Health, v. 28, n. 2, p. 194-202, 2019.

COOKLIN, A. R.; AMIR, L. H.; NGUYEN, C. D.; et al. Physical health, breastfeedingproblems and maternal mood in the early postpartum: a prospective cohort study. Archives ofWomen’s Mental Health, v. 21, n. 3, p. 365–374, 2017.

JUSTINO GBS, STOFEL NS, GERVASIO MG, Teixeira IMC, Salim NR. Educação sexual e reprodutiva no puerpério: questões de gênero e atenção à saúde das mulheres no contexto da Atenção Primária à Saúde. Interface. 2021.

RENNÓ JÚNIOR, JOEL; ROCHA, Renan. Anormalidades comportamentais no puerpério. Femina, p.170–174, 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n6-131