Ensino, pesquisa e extensão: as possibilidades da monitoria voluntária / Teaching, research and extension: the possibilities of volunteer monitoring

Alan França Cerioli, Christine Bouwman, Mary Anne Pasta de Amorim

Abstract


A disciplina de Anatomia Humana é fundamental no currículo dos primeiros anos do Curso de Medicina. No entanto, sua complexidade a torna um desafio de aprendizado para muitos estudantes. Neste cenário surge a monitoria acadêmica na disciplina de Anatomia Humana, a qual busca auxiliar a aprendizagem dos acadêmicos, além de possibilitar a aproximação do monitor das áreas de ensino, pesquisa e extensão. O trabalho objetiva abordar a importância da monitoria de Anatomia Humana e como ela pode contribuir para o enriquecimento na formação acadêmica dos monitores-discentes. Realizamos um relato de experiência de dois acadêmicos do Curso de Medicina na monitoria da disciplina de Anatomia Humana da Universidade de Blumenau (FURB). A prática de monitoria permite uma formação integrada do acadêmico nos três pilares da graduação: ensino, pesquisa e extensão. Por meio da monitoria foi possível o desenvolvimento de habilidades relacionadas ao ensino, com auxílio de outros acadêmicos no laboratório de anatomia, à pesquisa, pois permitiu o desenvolvimento de 23 trabalhos científicos e à extensão, com a transmissão de um pouco do aprendizado recebido na graduação para a comunidade através de visitas guiadas. Diante do exposto, se torna evidente que a monitoria contribuiu intensamente no enriquecimento da formação acadêmica dos graduandos, abrindo diversas oportunidades e auxiliando no desenvolvimento de habilidades que serão de grande importância no futuro destes profissionais.


Keywords


ensino, pesquisa, extensão, monitoria voluntária.

References


ALBUQUERQUE, M. A. C. et al. Bioquímica como sinônimo de ensino, pesquisa e extensão: um relato de experiência. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 36, n. 1, p. 137–142, mar. 2012.

ALENCAR, N.M.; ROCHA, D. P. A importância da monitoria da disciplina de anatomia humana. Editora Realize: Congresso Brasileiro de Saúde, Paraíba, p.1-6, 2015.

ALVES, M. F. S.; OTOFUJI, M.; MUNIZ, R. F. Contribuições na formação docente a partir da atuação como monitor em um museu de ciência: relatos de experiência. In: II Simpósio Nacional de Ensino de Ciências e Tecnologia, artigo número 113, 2010.

ANDRADE, E. G. R. et al. Contribution of academic tutoring for the teaching-learning process in Nursing undergraduate studies. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 71, n. suppl 4, p. 1596–1603, 2018.

ASSIS, F. et al. Programa de Monitoria Acadêmica: percepções de monitores e orientadores. Rev. Enferm. UERJ, p. 391–397, 2006.

BORSATTO, A. Z. et al. Processo de implantação e consolidação da monitoria acadêmica na UERJ e na Faculdade de Enfermagem (1985-2000). Escola Anna Nery, v. 10, n. 2, p. 187– 194, 2006.

BOTELHO, L. V. et al. Monitoria acadêmica e formação profissional em saúde: uma revisão integrativa. ABCS Health Sciences, v. 44, n. 1, p. 67–74, 2019.

BRASIL. LEI Nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelecer as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, 23 dez. 1996. Seção 5, Art. 84, p.32. CAMPOS, J. B.; CAMPOS, J. A. D. B.; ALMEIDA, R. P. DE. A Interdisciplinaridade como Projeto Acadêmico. Revista Brasileira Multidisciplinar, v. 9, n. 1, p. 167–170, 15 jan. 2005.

CHIZZOTTI, A. A pesquisa qualitativa em ciências humanas e sociais: Evolução e desafios. Revista Portuguesa de Educação, Braga, Portugal, v.16, n.002, p.221-236, 2003.

DANGELO, J. G.; FATTINI, C. C. Anatomia sistêmica e segmentar. 3.ed. São Paulo: Atheneu, 2007.

DANTAS, O. M. Monitoria: fonte de saberes à docência superior. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 95, n. 241, p. 567–589, 2014.

AZAMBUJA MONTES, M. A. DE; VIEIRA DE SOUZA, C. T. Estratégia de ensinoaprendizagem de anatomia humana para acadêmicos de medicina. Ciências & amp; Cognição, v. 15, n. 3, p. 02–12, 2010.

KRYCH, A. J. et al. Reciprocal peer teaching: Students teaching students in the gross anatomy laboratory. Clinical Anatomy, v. 18, n. 4, p. 296–301, 2005.

LINS, L. F. et al. A importância da monitoria na formação acadêmica do monitor. In: IX Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão-JEPEX. Recife, 2009.

LUNETTA, V. N. Actividades práticas no ensino da Ciência. Revista Portuguesa de Educação, Minho, v.2, n.1, p.81-90, 1991.

MANDARIM-DE-LACERDA, C. A. Breve história da anatomia (com ênfase na Anatomia cardiovascular). Rio de Janeiro, nov.2019.

MATOSO, L. M. L. A importância da monitoria na formação acadêmica do monitor: um relato de experiência. Catussaba, Revista Científica da Escola da Saúde - Universidade Potiguar-UNP, Mossoró, v. 3, n. 2, p.77-83, abr./set. 2014.

MONTES, M. A. A.; SOUZA, C. T. V.; LEMOS, E. S. Reflexões sobre as principais dificuldades enfrentadas pelos alunos de cursos de graduação da área de saúde no ensino de anatomia humana. In: I Encontro Nacional de Ensino de Biologia, p.49.Rio de Janeiro, 2005.

NOBESCHI, L. Introdução ao estudo da Anatomia Humana. Instituto de Imagem em Saúde (CIMAS).2010. NOBESCHI

RAMOS, L. A. et al. Plano de monitoria acadêmica na disciplina de anatomia humana: relato de experiência. Revista Ensino, Saúde e Ambiente, Niterói, v.5, n.3, 2012.

SCHNEIDER, M. Monitoria: instrumento para trabalhar com a diversidade de conhecimento em sala de aula. Revista Espaço Acadêmico, v. mensal, 2006.

TURNEY, B. W. Anatomy in a modern medical curriculum. Annals of the Royal College of Surgeons of England, v. 89, n. 2, p. 104–107, fed. 2007.

VICENZI, C. B. et al. A monitoria e seu papel no desenvolvimento da formação acadêmica. Revista Ciência em Extensão, v. 12, n. 3, p. 88–94, 29 jun. 2016.

OSMUNDO, M. L. F.; CASTRO FILHO, J. A. Uma metodologia para a educação superior baseada no ensino híbrido e na aprendizagem ativa. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza (CE), 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n6-140