Disjunção de maxila com uso de aparelho disjuntor McNamara - relato de caso / Maxillary disjunction with the use of McNamara breaker device - case report

Nayana Clitênia Silva Oliveira, Maria Aparecida Ferreira Sobreiro, Priscila Xavier de Araujo, Elghislaine Xavier de Araujo

Abstract


A disjunção de palato ou expansão de maxila (ERM) é um tipo de procedimento odontológico com grande utilidade em situações ortodônticas e se tronou comum na área de ortodontia. Está indicada nos casos de deficiências maxilares reais e relativas,  estenose nasal grave , nas Classe III cirúrgica ,nas Classe III  não-cirúrgica , nas Pseudo Classe III , em  paciente com fissura de palato , nos  problemas de comprimento de arco , nos casos de boa largura onde o deslocamento anterior da maxila é desejável , nos  pacientes com respiração bucal ( associados ao palato ogival ) , nos  pacientes Classe I com mordida cruzada e desvios funcionais. Os avanços na tecnologia atualmente e o crescente interesse dos ortodontistas por esta questão trouxe técnicas e aparelhos ortopédicos como: Hyrax , Haas, McNamara, entre outros que são utilizados para o tratamento da expansão rápida da maxila. Contudo o tratamento ortodôntico inclui vários aspectos, e percebendo-se a importância de obter mais informação a área, este trabalho objetivou fazer um relato de caso sobre a disjunção maxilar com o uso de aparelho disjuntor McNamara, Após acompanhamento do paciente com o uso do aparelho disjuntor McNamara, podemos concluir que a realização de tratamento de expansão rápida da maxila com uso de aparelho disjunto McNamara, é bastante eficaz para expansão conforme visto neste relato de caso.


Keywords


expansão de maxila, aparelhos ortodônticos, McNamara.

References


ALPINER ML, BEAVERH A. Criteria for rapid maxillary expansion. J Mich Dent Ass, Chicago, 1971. v. 53, no. 2, p. 39-42, Feb.

TANAKA O, KOWALSKI RV, MELLO GS, Fontana MLSS. Efeitos colaterais benéficos da disjunção palatal na fase da dentição mista. J Bras Ortodon Ortop Facial, 2001. v.6,n.33, p.236-242,mai./jun.

FABRINE FF, GONÇALVES KJ, DALMAGRO FILHO L. Expansão rápida da maxila, sem assistência cirúrgica, utilizando Hyrax. Arquivos de Ciências da Saúde Unipar, 2006. Umuarama, v. 10, n. 3, p. 177- 180, set./dez.

TIMMS DJ. The dawn of rapid maxillary expansion. The Angle Orthodontist, 2017, São Francisco. v. 69, n. 3, p. 247-250.

RAMIRES T, MAIA RA, BARONE JR. Alterações da cavidade nasal e do padrão respiratório após expansão maxilar. Revista Bras Otorrinolaringologia, 2008. São Paulo, v. 74, n. 5, p. 763-9.

GARIB DG ET AL. Rapid Maxillary expansion-tooth tissue-borne versus tooth-borne expanders: a computed tomography evaluation of dentoskeletal effects. The Angle Orthodontist, 2005. Bauru, v. 75, n. 4, p. 548-57, jul.

FRANCHI L, BACCETTI T, MCNAMARA JA JR. Mandibular growth as related to cervical vertebral maturation and body height. Am J Orthod Dentofacial Orthop. 2000; 118:335-40.

HOPPE DPMR. ET AL. Qualidade de vida versus expansão rápida da maxila. Revista OrtodontiaSPO, 2019. São Paulo, v. 52, n. 4, p. 394-402, jul./ago.

ROSSI RRP. ET AL. Expansão Maxilar em adultos e adolescentes com maturação esquelética avançada. Revista Dental Press de Ortodontia e Ortopedia Facial, 2009. São Paulo, v. 1, n. 4, p. 43-52.

KAWAKAMI RY, HENRIQUES JRC, PINZAN A, FREITAS MR, JASON GRP. Comparação dos efeitos dentoesqueléticos, produzidos por dois tipos de disjuntores palatinos,por meio de análise cefalométrica em norma lateral. Ortodontia, 2000. São Paulo v.32,n.3,p.8-27,Set./Out./Nov./Dez.

GALON GM. Comparação Cefalométrica entre os Aparelhos de ERM Bandado e Colado com Recobrimento Oclusal . R Dental Press Ortodon Ortop Facial, 2003. Maringá, v. 8, n. 3, p. 49-59, maio/jun.

VARDAKAS MH, URSI W, CALÇADA F, QUEIROZ G, ATTA J, ALMEIDA, GA. Alterações cefalométricas verticais produzidas pelo aparelho de expansão rápida maxilar colado com cobertura oclusal, em pacientes em crescimento. R Dental Press Ortodon Ortop Facial, 2003. Maringá, v. 8, n. 5, p. 69-93, set./out.

BARRETO GM, GANDINI LG, RAVELLI DB, OLIVEIRA CA. Avaliação transversal e vertical da maxila, após expansão rápida, utilizando um método de padronização das radiografias póstero-anteriores.R Dental Press Ortodon Ortop Facial , 2005. Maringá, v. 10, n. 6, p. 91-102, nov./dez.

SCANAVINNI MA, REIS SAB, SIMÕES MM, GONÇALVES RAR. Avaliação comparativa dos efeitos maxilares da expansão rápida da maxila com os aparelhos de Haas e Hyrax. R Dental Press Ortodon Ortop Facial , 2006.Maringá, v. 11, n. 1, p. 60-71, jan./fev.

ROSA LD, MENEZES LM, RIBEIRO GLU, ROCHA R, LOCKS A. Avaliação do posicionamento mandibular imediatamente após Expansão rápida da maxila ,em indivíduos com e sem fissura lábio-palatal.J Brás Ortodon Ortop Facial, 2006. São Paulo v.11,n.61,p.39-44.

FERREIRA CMF, URSI W, ATTA JY, LYRA COM, LYRA FA. Efeitos dentais e esqueletais mediados da E.R.M. utilizando o disjuntor Hyrax.R Dental Press Ortodon Ortop Facial, 2007. Maringá, v.12, n.4, p.3648, jul./ago.

LEON APF. ET AL. Aparelho Expansor Colado com cobertura acrílica para o controle vertical, durante a expansão rápida da maxila: apresentação de um caso clínico. Rev. Dental Press Ortodon. e Ortop. Facial, 1998.Maringá, v. 3, n. 3, maio/jun.

SANTOS PINTO A, ROSSI TC, GANDINI JR LG, BARRETO GM. Avaliação da inclinação dentoalveolar e dimensões do arco superior em mordidas cruzadas posteriores tratadas com aparelho expansor removível e fixo . R Dental Press Ortodon Ortop Facial , 2006.Maringá, v. 11, n. 4, p. 91-103, jul./ago.

SILVA FILHO OG, LARA TS, SILVA HC, BERTOZ FA. Comportamento da sutura palatina mediana em crianças submetidas à expansão rápida da maxila: avaliação mediante imagem de tomografia computadorizada. R Dental Press Ortodon Ortop Facial , 2007.Maringá, v. 12, n. 3, p. 94-103, maio/jun.

COELHO CLV., NOUER PPA, NOUER DF, GARBUI IU. Posição e estabilidade dos incisivos inferiores após expansão rápida da maxila. RGO, 2009.Porto Alegre, v. 57, n.2, p. 183-186, abr./jun.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n6-223