Qualidade do preparo do solo utilizando grade pesada / Quality in the mechanized harvesting corn sown at different speeds

Bruno Rocca de Oliveira, Welington Gonzaga do Vale, Rouverson Pereira da Silva, Thiago Martins Machado, Patricia de Azevedo Castelo Branco do Vale, Mariana Dias Meneses, Luciano Shozo Shiratsuchi, Luís Felipe Castelo Branco do Vale

Abstract


O preparo convencional do solo ainda é um procedimento comum na agricultura brasileira e, este contexto, o uso de grades pesadas é utilizado por diversos produtores. Assim, o conhecimento da variabilidade dos parâmetros de desempenho desta operação pode ser útil para que se possa obter melhor qualidade do processo. Desta forma, objetivou-se neste trabalho avaliar a qualidade operacional do preparo do solo realizado por meio de uma grade pesadas utilizando-se ferramentas do controle estatístico de processo. O trabalho foi desenvolvido no município de Sinop – MT, em solo de textura argilosa e apresentando teor de água no solo igual a 25,74%. A avaliação da qualidade operacional foi obtida tomando-se 33 pontos amostrais em intervalos e 1,5 minutos, utilizando-se como indicadores de qualidade da operação a rotação do motor, o consumo horário, específico e operacional, força e potência na barra de tração e consumo energético por unidade de área trabalhada. Os indicadores de qualidade relacionados ao consumo de combustível, exceto o consumo específico, apresentaram padrão de agrupamento dos dados, enquanto que os indicadores relacionados à força de tração apresentaram agrupamento e tendência. Com base nos indicadores avaliados, o processo foi considerado instável, resultando em uma operação de baixa qualidade.


Keywords


desempenho operacional, controle estatístico de processo, demanda energética.

References


GABRIEL FILHO, A.; SILVA, S. L.; MODOLO, A. J.; SILVEIRA, J. C. Desempenho de um trator operando em solo com diferentes tipos de cobertura vegetal. Engenharia Agrícola. v.24, n.3, p.781-789, 2004.

GUPTA, S.C., LARSON, W.E. Modeling soil mechanical behavior during tillage. In: American Society Of Agronomy. Predicting tillage effects on soil physical properties and processes. Madison: Soil Science Society of America, 1982. p.151-178.

LOPES, A.; LANÇAS K. P.; FURLANI, C. E. A.; NAGAOKA, A. K.; CASTRO NETO, P.; GROTTA, D. C. C. Consumo de combustível de um trator em função do tipo de pneu, da lastragem e da velocidade de trabalho. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.7, n.2, p.382-386, 2003.

MIALHE, L.G. Gerência de sistema tratorizado vs operação otimizada de tratores. Piracicaba: ESALQ/USP, 30 p. 1991.

MONTANHA, G.K.; GUERRA, S.P.S.; SANCHEZ, P.A.; CAMPOS, F.H.; LANÇAS, K.P. Consumo de combustível de um trator agrícola no preparo do solo para a cultura do algodão irrigado em função da pressão de inflação nos pneus. Revista Energia na Agricultura, v.26, n.1, 2011.

SALVADOR, N.; MION, R.L.; BENEZ, S.H. Consumo de combustível em diferentes sistemas de preparo periódico realizados antes e depois da operação de subsolagem. Ciência e Agrotecnologia. Lavras. v.33. n.3. 2009.

SOUZA, L. H.; RABELO, C. G.; CABACINHA, C. D.; PINTO, M. J. S.; MATOS, L. Consumo de combustível em trator agrícola em função da velocidade e profundidade de trabalho nas operações de aração e gradagem. Revista Engenharia na Agricultura, v. 23, p. 65, 2015.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv8n6-225